Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. jurandyr silvestre

    escrevo depois da final e vejo que o articulista estava certo . se tivesse lido antes do jogo eu diria o mesmo

    Responda
  2. Lucas Brito

    Eu acho perigoso e leviano ficar comentando sobre algo que nem aconteceu ainda. Isso realmente √© plantar crise e contribuir com um clima pesado. A imprensa acaba cumprindo um papel importante no clima insustent√°vel que leva os t√©cnicos a serem demitidos t√£o rapidamente. O engra√ßado que depois os mesmos personagens v√£o meter malho na "cultura nacional do futebol" que demite t√£o r√°pido. Est√° faltando a tal da autocr√≠tica que tanto se cobra para l√° e para c√°. Melhor deixar as adivinha√ß√Ķes para l√°.

    Responda
  3. Leandro Cunha

    O jogo ainda nem come√ßou e esses pseudo-comentaristas que se dizem os arautos do futebol j√° est√£o plantando crise. Pelo amor de Deus, falem sobre algo que realmente valha a pena e parem de plantar crises e demiss√Ķes. Voc√™s s√£o as mesmas pessoas que dizem ¬ďtemos que mudar a mentalidade, parar de demitir t√©cnico, etc etc¬Ē e me vem com ¬ďo time que perder cair√° em uma crise sem precedentes¬Ē¬Ö tenha santa paci√™ncia¬Ö enfim, a hipocrisia

    Responda
  4. PAULA FARIA

    Os gringos mais velhos v√£o se lembrar de Fittipaldi, Piquet e Senna e n√£o v√£o estranhar. J√° os mais novos realmente podem ter um estranhamento.

    Responda
  5. Emilio Duque Bugs

    Sandro, a própria imprensa esportiva é responsável por colocar lenha na fogueira. O Juca, por exemplo, tece pesadas críticas a Abel a cada derrota do Palmeiras. O mesmo ocorre com o Renato no Flamengo - e os mesmos críticos são aqueles que malham o futebol brasileiro quando algum técnico é demitido, contraditório né?

    Responda