Coment√°rios para:

Democracia sob ataque

VER COMENT√ĀRIOS EM Lygia Maria

Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Jo√£o Paulo Zizas

    Lygia Maria aponta ofensas a membros do STF proferidas pelo deputado Silveira e transcreve frases hostis √†quela Corte e ao Congresso Nacional ditas por radicais de esquerda. As manifesta√ß√Ķes dos comunistas certamente s√£o piores devido a haver nelas algo nefasto: a caracteriza√ß√£o daquelas institui√ß√Ķes como parte de um suposto poder burgu√™s, postura consonante com as deturpadas vis√Ķes de mundo deles, sempre baseadas na cren√ßa bizarra de que a "luta de classes" √© onipresente na sociedade.

    Responda
  2. JOSÃ EDUARDO FEROLLA

    Pelos coment√°rios d√° para notar que o manique√≠smo pol√≠tico que comanda as opini√Ķes, n√£o √© o melhor conselheiro para temas da liberdade de opini√£o. Quest√£o do privil√©gio da posse dos valores ideais vai depender da postura ideol√≥gica. Certo e o errado, inj√ļrias e ofensas est√£o sujeitos a marcadores pol√≠ticos. Justifica√ß√Ķes doutrin√°rias e muta√ß√Ķes perigosas que servem para definir o que √© e o que n√£o √© democracia. (Claudia F.)

    Responda
  3. FRANCISCO Eduardo de CARVALHO VIOLA

    Lygia eh ponderada. Há que se refletir sobre o caso. Um deputado tem imunidade, mas tbem tem maior peso em sua pregação. Ele tinha que ser penalizado pelos exageros, portanto. O STF fez um bom trabalho. Mas deveria, como já fez antes, ter entregue a bomba para o congresso. Levantaram a bola pro Bozo cortar. E eles sabiam disso. Veremos no próximo datafolha quem estava com a razão.

    Responda
  4. ROBERTO KEN NAKAYAMA

    O extremismo foge do debate p√ļblico, o bolsonaro talvez ir√° ao debate s√≥ porque est√° atr√°s nas pesquisas, mas o medo dele √© ser confrontado com a verdade, a falta de preparo do pseudo presidente √© evidente, o que poderia ver num eventual debate, seria s√≥ agressividade, pois n√£o tem conte√ļdo de fato para nenhum problema que o pa√≠s enfrenta.

    Responda
  5. Jihan Arar

    Segundo a tua teoria, se no passado dois protagonistas de ataques √† democracia n√£o foram punidos, ent√£o o STF n√£o pode julgar e condenar Daniel Silveira? E que houve exagero? Bom, erros do passado devem ser corrigidos e, no atual momento de tentativas de golpes contra a democracia e o Estado de Direito, todo o cuidado √© pouco! Pode ter havido exagero? Sim! Mas isso n√£o anula as amea√ßas e ataques √†s institui√ß√Ķes e aos seus representantes! Esperava mais do teu artigo!

    Responda
  6. Fabio Mendes

    Por falar nisso, cadê o debate de projeto de Brasil? Vamos ficar na mesma lambança de sempre?

    Responda
    1. Carlos Maurício

      Por enquanto fica engavetado porque n√£o estamos no prazo das elei√ß√Ķes. Qualquer candidato que tentar fazer algo do tipo ser√° punido.

  7. Roberto Freire

    Parabéns, Lygia. E segura a onda que os "apaixonados" de qualquer dos lados são muito parecidos. Pena que caímos nesse buraco...

    Responda
  8. Gil Almeida

    Todo mundo tem o direito de amar ou odiar. O deputado é um maluco como o é o Bozo. O que interessa agora é derrotar o Bozo nas urnas e libertar o Brasil dessa praga autoritária. O resto é fazer o jogo do confronto do Bozo.

    Responda
  9. José Cardoso

    O caso ilustra bem o que o Adam Smith falou sobre o peso desproporcional que damos ao que nos afeta de modo mais pr√≥ximo. O que pesou a√≠ n√£o foi a gravidade do crime mas o fato de que os julgadores eram os ofendidos. √Č s√≥ comparar com a recusa em extraditar o Battisti, apesar de ser condenado por assassinato em um pa√≠s democr√°tico. Os parentes e amigos das v√≠timas estavam longe demais para impressionar o julgamento dos ministros. Ali√°s o atual ministro Barroso foi advogado do italiano.

    Responda
  10. Hamilton Octavio de Souza

    Os grupos democr√°ticos, progressistas e de esquerda devem saber que n√£o se combate a direita bolsonarista com fanatismo, mas com racionalidade. E n√£o se contrap√Ķe ao autoritarismo com pol√≠ticos condenados por corrup√ß√£o, discursos demag√≥gicos e alian√ßas com as mais atrasadas oligarquias. A luta contra a direita bolsonarista imp√Ķe amplo programa de desenvolvimento social, transpar√™ncia nas rela√ß√Ķes econ√īmicas, vis√£o cr√≠tica das institui√ß√Ķes da Rep√ļblica e com atores pol√≠ticos s√©rios e honestos.

    Responda
    1. Hamilton Octavio de Souza

      O STF sempre foi a favor das classes dominantes. Ganhou alguma credibilidade p√ļblica no mensal√£o e no apoio √† Lava Jato. Ap√≥s a m√≠dia divulgar que esposas de alguns ministros estavam nos relat√≥rios do COAF por movimenta√ß√£o at√≠pica, o STF ficou pirado, perdeu coer√™ncia, derrubou decis√Ķes do Judici√°rio e desprezou a Constitui√ß√£o e a Lei da Ficha Limpa para livrar da pris√£o pol√≠ticos condenados por corrup√ß√£o. √Č respons√°vel pelo caos atual e por fortalecer a pior direita que surgiu no Brasil.

  11. M√°rcia Meireles

    Compara√ß√£o esdr√ļxula, Jones Manoel e Mauro Iasi n√£o s√£o funcion√°rios p√ļblicos, n√£o foram eleitos e n√£o est√£o sob as regras do decoro parlamentar. Daniel Silveira n√£o s√≥ xingou e amea√ßou o STF como descumpriu ordens do judici√°rio mais de uma vez al√©m de utilizar o pr√©dio do parlamento para se esconder da justi√ßa. Os textos de Lygia sempre usam essa artimanha, nunca critica a direita sem bater tamb√©m na esquerda, nas entrelinhas a defesa envergonhada do bolsonarismo.

    Responda
    1. Roberto Freire

      Penso que a falta de isenção e a parcialidade estão mais em você que em Lygia.

  12. José Roberto Franco Reis

    A burguesia brasileira n√£o vale um vint√©m furado (de um modo geral, claro que sempre h√° exce√ß√Ķes), apoiou o bozo e mesmo depois de tanta destrui√ß√£o apoiar√° de novo. N√£o que deva ser combatida a bala. No entanto, as compara√ß√Ķes entre um discurso gen√©rico e uma amea√ßa f√≠sica efetiva a uma pessoa que integra um dos poderes da Rep√ļblica s√£o coisas bem diferentes. Interessante observar como a direita brasileira acaba sempre defendendo a extrema direita, fa√ßa chuva ou fa√ßa sol. Caso dessa colunista.

    Responda
  13. Marco A Moreira

    Excelente an√°lise. Sugiro aos que classifiquem a colunista como apoiadora do atual regime que contra-argumentem os t√≥picos expostos por ela. Isso chama-se debate! Onde ela errou? Exp√īs alguma mentira?

    Responda
    1. Marcos de Toledo Benassi

      Eu tentei. O automatismo sen√ßurotr√īnico do formul√°rio n√£o deixou. Vamo que vamo.

    2. Carlos Pinheiro

      Debater com uma pedra? Ainda n√£o me permiti tal liberdade!

  14. Carlos Pinheiro

    Tosca¬Ö

    Responda
  15. Marcos de Toledo Benassi

    B√£o, minha cara Lygia, creio que c√™ tem que pelear a√≠ dentro pra que a chat√≠ssima, irritante, bbbuurrra, controversa e 'tom√°tica sen√ßura da f√īia termine. J√° existe o mecanismo do X9, a denuncia por pares, que permite an√°lise e remo√ß√£o do ofensivo/brutal. Veja, edulcoradamente, escreve-se o tangente ao palavr√£o - por que obrigar humanos a ficar sentenciando coment√°rios? Agora, se meu coment√°rio "on-topic" passar, debater-se-√° o fulcro de seu artigo, como gostaria o Temer.

    Responda
  16. Marcos de Toledo Benassi

    Bem, minha cara, se voc√™ desconsidera o contexto, as falas do Bozo em prol do Ustra - no congresso, durante um voto, televisionada - contra a Maria do Carmo e sua presen√ßa num ato golpista feito por milicos, tamb√©m n√£o s√£o n√°degas. O professor, o sindicalista, o pai de fam√≠lia, falando a portas fechadas, √© uma coisa; jjjuumento gravando v√≠deo no iut√ļbe, reiteradamente, desobedecendo ordem judicial - reiteradamente, idem - KHagando e andando de4, por √≥bvio, √© outra. √Č zurro, n√£o √© fala.

    Responda
  17. EDUARDO DE CARVALHO

    "A ingenuidade é inaceitável num adulto".

    Responda
  18. Jair R Maria Maria

    Como pode uma jornalista ser tão míope

    Responda
  19. Luciana Pazito

    Querida, deixe eu lhe explicar uma coisa: existe uma diferença entre se falar no abstrato ("a gente"), ou seja, sem especificar pessoas e ameaças diretas de uma pessoa para a outra. Essa Folha de São Paulo tem aparelhado demais.

    Responda
    1. Luciana Pazito

      Quis dizer "tem amarelado demais".

  20. Tadeu Lima

    A Senhora falou bobagem. Já sofreu ameaças. Sabe de na menina!!!!

    Responda
  21. Tadeu Lima

    Nada a ver sanha punitiva do judiciário. A senhora já se posicionou. Talvez fosse a mais terrível evangélica do supremo. Ainda bem que foi Mendonça.

    Responda
  22. Tadeu Lima

    Isso n√£o tem nada a ver com qualquer coisa que seja. √Č deprimente a gente tanta ignor√Ęncia. Em caso de amea√ßa fortuita pedimos uma medida projetiva. A√≠ vem um idiota, troglodita, com amparo de uns milicicianos ....

    Responda
  23. Helio Cardoso

    Dra. Lygia, ponha-se no lugar do ministro. Você está lá e... do nada... recebe uma mensagem: "sei onde é a escola onde seus filhos estudam". Estarrecedor, pense no desespero de um pai ou uma mãe! Isso é liberdade de expressão? Um cara desses merece indulto? Dar uma "graça" para um cara desses tem que ser pior que ele!

    Responda
  24. Luiz Barbosa

    Compara√ß√£o esdr√ļxula! Criptobolsonarista detectada!

    Responda
  25. Roniere Pereira

    Agora sobre liberdade de express√£o. Eu tbm defendo lib de express√£o mais robusta, mas desse jeito? Falar em "debate p√ļblico" √© um pouco ing√™nuo. Como se debate com Silveira? Como se refuta insultos e amea√ßas? Xingando de volta? Do jeito que a articulista fala, parece que √© poss√≠vel um "debate" com o deputado que grava v√≠deo com amea√ßas, difama√ß√Ķes e cal√ļnias.

    Responda
  26. ADONAY ANTHONY EVANS

    Eu queria saber onde a Folha achou essa Lygia Maria. Parece que a folha cultiva um ranário de onde, de vez em quando pesca uma prá saltitar nas colunas. Já tava difícil de aguentar o Narloch. Agora formou-se um casal. Espero que não procriem

    Responda
    1. Marcos de Toledo Benassi

      Uai, car√≠ssimo, o Narloch ainda pubrica aqui? Meu "cancelamento mental" ter√° sido t√£o efetivo e funcional que n√£o enxergo seus artigos? O Pond√©, Poi Z√©, n√£o leio,as percebo. Narloquinho, nem o √ļltimo?

    2. Luciana Pazito

      Esse jornal caiu muito..

    3. Luciana Pazito

      Esse jornal caiu muito..

  27. Roniere Pereira

    Vou objetar esse artigo, com dois tipos de argumento. Primeiro, no √Ęmbito no Direito. N√£o concordo com a compara√ß√£o que a articulista fez entre Silveira e as duas figuras do PCB. Iasi e Manoel s√£o dois bravateiros de um partido que n√£o elege nem vereador. Nas cita√ß√Ķes que vc colocou a√≠, eles fazem ataques gen√©ricos. Silveira, por outro lado, citou ministros nominalmente e fez amea√ßas expl√≠citas, atribuiu crimes aos alvos de seus ataques. Por exemplo, o apelido Xand√£o do PCC √© calunioso.

    Responda
  28. Andre Rypl

    Ah, então tá. Em suma, franquiam-se os instrumentos da democracia aos liberticidas de toda espécie, claro. Afinal, eles terão toda a preocupação em assegurar a liberdade de expressão quando tomarem o poder, não é mesmo? Digamos que a análise da articulista é ótima... no mundo da fantasia acadêmica. A história mostra que não se pode permitir que os instrumentos da democracia sirvam de escudo para aqueles que lutam precisamente contra ela. Simples assim.

    Responda
  29. Matheus de Magalh√£es Battistoni

    Análise perfeita. Caso contrário vão começar a queimar os livros de Marx e Trotsky, a censurar filmes violentos, etc. Não se pode tratar as pessoas como idiotas que não podem ouvir um discurso de ódio sem praticar violência. Por mais repulsivo que seja o discurso, ele deve ser tolerado e respondido com palavras, nunca com cadeia.

    Responda
    1. Marcos de Toledo Benassi

      Tá difícil: como relinchar ou ornejar de volta? Por falta do necessário rebaixamento linguístico, dá não. E balir, ninguém vai.

  30. Henrique Marinho

    Aspas: agarre o Alexandre de Moraes pelo colarinho e sacuda a cabeça de ovo dele. Fecha aspas. Não creio que isso dá oito anos de prisão para um deputado, com imunidade de opinião e palavra. No mínimo, seria engraçado se ocorresse. O dito supremo referendou o asilo ao assassino confesso Battisti, hoje em prisão perpétua na Itália. Dois pesos, duas medidas.

    Responda
  31. HENRIQUE FERREIRA PACINI

    Educandos do Ensino Fundamental têm mais qualidade argumentativa do que este vergonhoso "se eles podem eu também posso".

    Responda
  32. Valter Junior

    Defesa infantil do indefensável. Ele também me mostrou a língua. Ela me bateu primeiro. O presidente e seus simpatizantes querem transformar o país em uma anarquia. Faroeste. A Folha é conivente ao permitir a divulgação destas ideias anti civilizatorias e anti democráticas.

    Responda
    1. Marcos de Toledo Benassi

      Então, caro Valter, isso daqui é o chamado debate. O resto é que é dureza.

  33. RODRIGO NAFTAL

    A liberdade de express√£o deve ser ampla, mas n√£o ilimitada. Quanto maior o poder e a sua influ√™ncia, maior a responsabilidade em exerc√™-la. √Č leg√≠timo ao deputado realizar as mais duras cr√≠ticas ao STF. A partir do momento em que incentiv o seu p√ļblico a violentar ministros, n√£o se trata mais de liberdade e sim de crime. Os atos n√£o s√£o isolados, mas miram uma estrat√©gia para constranger o Tribunal at√© a ruptura democr√°tica. Venezuela e Hungria s√£o os exemplos que inspiram nosso presidente

    Responda
  34. niemeyer franco

    Em quem confiar menos? Fernandinho Beira Mar, Marcola ou Bolsonaro? Ou, nenhuma das alternativas anteriores.

    Responda
  35. Iraia Galindo

    Quer ir de encontro a decis√£o do STF? Quer defender o indulto? Tenha coragem e o fa√ßa, mas n√£o estabele√ßa essa compara√ß√£o t√£o descabida. Esses dois a quem a sra se refere, se disseram o q/ disse, n√£o foram eleitos p/ voto, n√£o divulgaram v√≠deos nas redes sociais, regularmente, para amea√ßar as institui√ß√Ķes, n√£o sugeriram que os Ministros do Supremo fossem surrados na rua, etc.,etc e etc., nem s√£o parlamentares em exerc√≠cio. . Diga logo a que veio.

    Responda
  36. Marcelo Magalh√£es

    Comparou um deputado que representa o seu eleitorado a dois líderes sem mandato. Comparou ataques a genéricos com ameaças nominais pessoais. Não há defesa para qualquer espécie de discurso beligerante, mas também não há defesa para o artigo planetário.

    Responda
    1. Marcelo Magalh√£es

      *panflet√°rio

  37. Robson Sim√Ķes

    Lygia e seus textos encomendados pelos Frias ... Arghh...

    Responda
    1. Hermogenes Moussallem

      Encomenda do M√ĀRIO Frias.

  38. RICARDO BATISTA

    Muito bom esse texto! Extremista pra tudo quanto é lado, e a gente no meio desse tiroteio. Esperto é o Elon Musk.

    Responda
  39. Miltino de sousa ferraz

    Quero agradece-la pela coragem, determinação em suas palavras a favor da Democracia. Eu sou retrato vivo dela e, conheço como muitos na minha idade os malefícios de ir contra como faz o representante maior J.B. eu não o reconheço como meu Presidente.

    Responda
  40. Helano Timbó

    Perfeito.

    Responda
  41. Jo√£o Ramos de Souza

    Professora Lygia, de fato, a democracia est√° sob ataque. A quest√£o √© saber se, entre n√≥s, ela j√° tem maturidade suficiente para suportar, sem traumas institucionais, as agress√Ķes que lhe s√£o endere√ßadas pelos incendi√°rios da extrema direita, inspirados e a servi√ßo do capit√£o do Planalto. N√£o entro na quest√£o da dosimetria; se foi exagerada ou suficiente. Mas √© evidente que prega√ß√Ķes odiosas, como a desse deputado, atentam contra a democracia, que √© inspirada pelo pluralismo pol√≠tico.

    Responda
    1. Ary Dantas oliveira Junior

      so' a dire...ita tem incen...di√°rios??????