Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Marcos Benassi

    Ai, Ilona, que tristeza, que agonia! E a tosqueira Bozofr√™nica negando o evidente, contribuindo com o inaceit√°vel, doutrinando pro indecente! Justa que Latiu, ou conseguimos exrirpar o c√Ęncer, ou a met√°stase ser√° incoerc√≠vel. Hoje mesmo, aqui na folha, tem o tiozinho da Unimed falando em "pulso", tamb√©m. Mas √© a galinha covarde de quem n√£o tem esse compromisso seu, bl√° bl√° bl√° de DumB√£o. Na hora do vamuv√™, sabemos bem quem faz o qu√™, como a d√ļzia de "empres√°rios" eixcrotos do Zap Bozol√≥ide.

    Responda
  2. Sérgio Guimarães Thomé

    Parabéns Ilona. Brilhante texto !

    Responda
  3. Sérgio Pombo

    √Č verdade. O agroneg√≥cio est√° secando tamb√©m o Yang Tse na China, o rio Colorado n√≥s EUA, o Sena, T√Ęmisa, Nilo e muitos outros em todos os continentes. √Č melhor n√≥s acabarmos com o agroneg√≥cio brasileiro.

    Responda
    1. Marcos Benassi

      O Ogroneg√≥cio, n√©, caro S√©rgio? D√° pra plantar commodity e ganhar dinheiro de modo civilizado e cidad√£o. √Č s√≥ olhar fora do umbigo.