Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. sergio ribeiro

    Mesmo com estes problemas, acredito que viver em Portugal deve ser melhor que continuar no Brasil. Independente de quem seja eleito aqui, as perspectivas de melhora de qualidade de vida n√£o s√£o muito boas. Pelo menos, eu n√£o acredito nisso.

    Responda
  2. Pedro Machado

    Um pouco dram√°tico o √ļltimo par√°grafo. As migra√ß√Ķes sempre foram assim em todo o lado, uns t√™m sorte, outros nem tanto. √Č simplista, mas √© a realidade. Me recordo bem do tempo (no in√≠cio do s√©culo) em que muito portugueses como eu viajaram para o Brasil para viver e a verdade √© que a maioria acabou por regressar.

    Responda
  3. Marcos Ant√īnio

    A política de um filho ou não ter filho, provocou o decréscimo populacional português. Escolas fecharam por falta de jovens e crianças, precisaram estimular a imigração para completar a força de trabalho.

    Responda
  4. Marcos Ant√īnio

    Outros países da Europa e Japão também passam pelo problema do decréscimo populacional e recorrem aos filhos de descendentes que emigraram no passado e necessitam da mão de obra de estrangeiros vindos de diversos e distantes locais.

    Responda
  5. VITOR LUIS AIDAR SANTOS

    Em todo lugar há oportunidades, mas é preciso planejamento. Não vejo qualidade de vida em Portugal só para "famosos" e tenho amigos de classe média (vide artigo) que para lá se mudaram, buscaram a integração, adaptaram-se e estão satisfeitos sem previsão de voltar, mesmo agora. Agora, só não erra quem não faz. O risco faz parte do negócio.

    Responda
    1. Jove Bernardes

      √Č isso a√≠. Boa vontade n√£o determina nada. Quem emigra n√£o est√° condenado ao sucesso.

  6. Anna Amélia Meule

    Se for artista com muito dindin no bolso, sim. Veja os famosos que lá vivem, como Luana Piovani, por exemplo. Se for para trabalhar, vai se ferrar feio. Fique por cá, ou busque outros países.

    Responda