Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Raul Cunningham

    N√£o concordo com a proposta de o BNDEs financiar obras no exterior, ainda que sua execu√ß√£o caiba a empresas brasileiras, porquanto sendo escassos os recursos, como sempre o s√£o, por isso triste a natureza da ci√™ncia econ√īmica, e muitas as necessidades do territ√≥rio brasileiro, a prioridade √© √≥bvia. A explora√ß√£o de g√°s em territ√≥rio brasileiro, por exemplo, traria muito mais vantagens ao Brasil, que o patroc√≠nio de gasoduto na Argentina.

    Responda
  2. Eiron Nunes da silva Neto

    Acho que a crítica é pertinente; penso também que lula deve intensificar a comunicação e a mídia ajudar no combate a desinformação, pois o entendimento geral é o "recorte bolsonarista" desinformativo que chega no zap. O BNDES tem um papel muito maior do que contemplar apenas economia doméstica; e o Brasil tem potencial pra ser referência em exportação de valor agregado - o mercado e a geopolítica devem andar juntas. Desenvolvimento por espontaneidade do mercado é utopia.

    Responda
  3. armando moura

    O colunista recorre a simetria lula bolsonaro que não existe, para justificar a ação do BNDES e ficar bem com seus pares. Não existe simetria, apenas poucas coincidências como financiamento dos avioes. O objetivo de Lula e vender serviços de alto valor agregado como engenharia. Assim um gasoduto ligando Argentina ao Brasil teria projeto brasileiro. Estas coisas sempre tem conotação política, porque sao transnacionais, envolve o Itamaraty, se acha que não deve ter, então não acontece.

    Responda
  4. Vera Maria da Costa Dias

    Sou bastante cr√≠tica e √†s vezes erro querendo acertar, √†s vezes acerto sem querer, v√° saber... Parece ser o caso do articulista. Muitas informa√ß√Ķes na coluna, deve ter sido trabalhoso verificar cada uma delas, mas a gente fica sem conhecer afinal a opini√£o do escriba. Eu acho que sei a minha: Lula √© um estadista, ele d√° o rumo, ele est√° certo. O resto da trabalho √© dos especialistas do Banco.

    Responda
  5. MARIA STELA C MORATO

    Tá certo. Se pretende ser um governo sustentável, material fóssil tá fora.

    Responda
  6. Rodrigo Andrade

    Resumo da notícia, Lula continua o mesmo, colocando a ideologia antes dos interesses do país. Entre os muitos exemplos dados pelo autor do artigo, para justificar a atuação internacional do BNDES, não vi nenhum oriundo de país em desenvolvimento, que tem enormes carências de infraestrutura como o nosso.

    Responda
  7. Rodrigo Andrade

    A minha pergunta √© simples, e foi inclusive colocada v√°rias vezes por um dos candidatos na √ļltima elei√ß√£o presidencial: "est√° certo que Belo Horizonte n√£o tenha metr√ī, mas que o BNDES tenha financiado o de Caracas"? Os recursos para o desenvolvimento NACIONAL (que √© o "N" e o "D" de BNDES) n√£o deveriam ser todos voltados ao Brasil at√© que a nossa infraestrutura seja satisfat√≥ria e nesse momento, o Banco se voltaria para o exterior?

    Responda
  8. Vitor Oliveira

    Errou, apesar de ter errado. O cara é o pica das galáxias e escreve isso.

    Responda