Comente*

* Apenas para assinantes

comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. CARLOS EDUARDO DO SANTOS BALASTEGHIN

    Você acha que Celso Amorim quer o Brasil como pária? O outro é adepto do falecido filósofo. Não tem comparação

    Responda
  2. Rodrigo Negrão

    Um país é invadido, pessoas mortas, cidades tomadas, crianças roubadas e a Monica sempre aqui para passar pano. Ótimo termos nos livrados do nazismo, mas ainda temos um governo que apóia a violência...

    Responda
    1. Neli de Faria

      O governo lula ainda está no tempo da guerra fria. Um País invadido e o Brasil sendo subalterno ao invasor. E tem gente que ao digitar o voto, deletou o censo crítico e o bom senso e acha que procuração em branco para o eleito. Votei para lula, mas, não deletei o meu pensamento, senso crítico e bom senso.

    2. armando moura

      na visão da russia isto iria acontecer com ele se deixassem os paises da nato (entenda USA e UK) dominarem a Ucrania. Linhas de fornecimento de gas e petroleo seriam interrompidas como vinham sendo. Não há certo e errado na geopolitica, apenas interesses, claro QIdealface. Vamos julgar os EUA e UK pela centenas de milhares de mortos no Iraque?

  3. Wilton silva

    co n mu nista

    Responda
  4. bruno silva

    O Brasil está amarrado até o pescoço como um escravo preso na corda no navio rumo à Bahia no sec. 16. O Brasil é dependente da Rússia para fertilizar nossa agricultura. O Brasil não tem tecnologia para criar e produzir fertilizantes para nosso mercado interno. A realidade bate na nossa cara: somos seremos eternamente subdesenvolvidos. Está no nosso DNA. A China faz tratados econômicos com exigência de transferência de tecnologia. Ela Acabou com a fome em 20 anos. Enquanto o Brasil…

    Responda
  5. SILVIA TAHAMTANI

    O maior "problema" dos EUA é que prá eles só existem 2 opiniões: a deles e a errada.

    Responda
  6. Evandro Cruz

    Dizer que a Ukrania é culpada por ser invadida é o mesmo que diz o estuprador que acha que a culpa é da mulher que o provocou e portanto justifica o seu ataque covarde. O Lula em uma semana conseguiu fazer o Brasil passar mais vexame do que o Bozo com suas trapalhadas em quatro anos.

    Responda
    1. FRANCISCO Eduardo de CARVALHO VIOLA

      Sua opinião Cruz, credo.

    2. armando moura

      Lula nunca disse que a Ucrania é culpada pela invasão e condenou a invasão, lula critica a não disposiçaõ de encerrar o fogo e proteger vidas levando a questão a uma mesa com intermediadores. Lula foi recebido pelo presidente frances, chanceler alemão, parlamento europeu (do qual o reino unido não participa), primeiro ministro espanhos antes de assumir, presidente chines, apos cancelar a visita, todos os presidentes sulamericanos, presidente portugues, não há nada parecido na historia deste país

  7. Wilton silva

    mais um con mu nista

    Responda
    1. armando moura

      isto é a fotografia do seguidor do editores da folha. uma melda total.

  8. Antonio Catigero Oliveira

    A Paz e o multilateralismo é o que interessa à nossa terra, por respeito à soberania de todas as nações. Precisamos de união pela paz. Pode ser ingênuo ou simplório, mas o que ganharemos 'castigando' a Rússia? Os EUA já estão ganhando, vendendo armamentos bilionários, uma de suas maiores bases econômica$. Reativar o clima de guerra fria só interessa aos EUA. Aos brasileiros e mesmo aos europeus, interessa a Paz e um mundo multipolar, como disse o Celso Amorim.

    Responda
  9. José Eduardo Oliveira De Vincenzo

    Celso Amorim tomou um baile dos entrevistadores da GloboNews, não conseguindo arrumar as falhas de Lula, acho melhor o Alckmin mandar lavar o terno da posse, pois está cheirando impeachment chegando.

    Responda
    1. armando moura

      perdeu mané, sem chances do brasil virar um novo peru.

  10. João Baptista Jacobs Jacobs

    “Não somos obrigados a seguir as políticas dos EUA”. Há muito não ouvia sons tão próprios oriundas da chancelaria brasileira acostumada à reles submissão às políticas europeias e dos EUA. Aquelas nações habituadas ao servilismo latino-americano não gostaram. Que pena!

    Responda
    1. Ricardo Ferreira

      Claro que não é obrigado, mas no caso específico, há uma agressão de uma superpotência militar, que é uma ditadura, contra um país muito menor e militarmente mais fraco. Isso é fato, e opiniões não podem desmentir fatos. Também entendo que o Brasil deve buscar uma atuação independente no cenário internacional, mas é muito preocupante criticar os EUA e Europa (que não são mocinhos) mas são democracias, e isso faz uma enorme diferença.

  11. Luiz Alberto Monteiro Medeiros

    Celso Amorim é o Ernesto Araújo do governo Lula.

    Responda
    1. armando moura

      Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

  12. FRANCISCO CARLOS ALVES DE DEUS

    Falar de improviso vai ser mais um dos grande desastre desse governo. Está começando muito mal a política externa que o presidente está tentando implantar no seu governo. Tudo que não precisamos nesse momento é outro falastrão interferindo negativamente no dólar e na bolsa.

    Responda
    1. armando moura

      traz o bolsonaro de volta, pelo amor, entre os efeitos do brasil vira lata, o bolsonaro fez o brasil importar etanol, feito de milho, para agradar ao trump. Vão a melda, qisdealfaces.

  13. Luiz Alberto Monteiro Medeiros

    Celso Amorim é o Ernesto Araújo do governo Lula.

    Responda
  14. PAULO CURY

    a vanguarda do atraso ataca novamente, comparar invasão da Ucrânia ao tratado de versalhes eh muita criatividade histórica, nada em comum, ninguem quer humilhar a russia ou tampouco impor sansões , quer apenas que ela retorne suas tropas para dentro do seu território e deixa a Ucrânia ser livre e vivar a vida deles

    Responda
  15. ANTONIO AD LIO BELMONTE FERREIRA DE CARVALHO

    Em termos de grandeza não vejo superioridade de Rússia e Estados Unidos sobre o Brasil. A Rússia tem potencial econômico tanto quanto o Brasil e o mesmo sucede com os USA. A China, porém, possui espectro econômico bem maior do que Rússia e USA, sendo o Brasil provedor de matéria-prima para a China. O que devemos ter interna externamente é moralidade política e preservar e incentivar a nossa indústria, fonte de empregos, e não termos a China com fornecedor de produtos de produzimos melhor.

    Responda
  16. PEDRO LUIZ DA MOTTA VEIGA

    Esse cara é muito esperto e um cinico incorrigível. Acha mesmo que vamos para um mundo multipolar? Já é bipolar há alguns anos e será cada vez mais nos próximos. Celso Amorim é um daqueles esquerdistas alimentados basicamente pelo anti-americanismo: "não temos que seguir os americanos em tudo". E quem disse que tem? Mas ser papagaio do Xijiping e trazer o chanceler russo para dar aula no Rio Branco é demonstrar que se está de um lado, é um não-não alinhamento.

    Responda
    1. Neli de Faria

      Perfeito! Mas, o bovídeo segue o boiadeiro!

    2. PEDRO LUIZ DA MOTTA VEIGA

      Croche more or less?

    3. MARIA LUCIA CROCHEMORE

      coloca um chapeuzinho do Mickey e vai pra Orlando ...

  17. David Silva

    Não somos obrigados, mas fechar a boca na hora certa ajuda muito!

    Responda
  18. RINALDO SOUZA COELHO

    Correto. E nem a opinião da Chine, nem Rússia, Cuba ou outro país qualquer. O Brasil é soberano e deve continuar assim sem se curvar diante de qualquer que for a superpotência ou micro de qualquer lugar que for.

    Responda
  19. Fábio Dinamarco

    Essa situação da guerra é uma daquelas situações maniquístas em que há o totalmente certo e o totalmente errado. Invadir um país soberano para tomar território é expressamente proibido pela Carta Constitutiva da ONU e também pelo mais rasteiro bom senso. Qualquer forma de apoio ao agressor é moralmente repulsivo e custará caro ao Brasil. Infelizmente o atual presidente tem um encanto por todas as ditaduras do mundo.

    Responda
    1. armando moura

      voce está errado sob o ponto de vistas dos russos. eles viram o movimento da ucrania como um tentativa de cerco do territorio deles. agora seu qidealface está descobrindo que há diferentes pontos de vistas e diferente formas de medições. A Russia tem na história a tentativa de invasão dos britanicos, criméia, de napoleão e dos nazistas. A democracia americana aniquilou milhões no extremo oriente e no iraque. A russia não hesitou em massacres na polonia e até na ucrania. Interesses só isto.

    2. Rubens gonçalves

      ele nao apoiou o busch na guerra contra o iraque

  20. GERALDELI DA COSTA ROFINO

    Muito bom, não somos vassalos, de nenhum ator global.

    Responda
  21. Fernando Teixeira

    Todas não, mas as que defendem direitos e a democracia somos obrigados sim. E dizer que a Ucrânia é tão culpada quanto a Rússia pela guerra é ato de conivência, já que não foi a Ucrânia quem usurpou a Criméia da Rússia nem foi a Ucrânia quem invadiu, bombardeou, destruiu cidades da Rússia. Essa posição desnuda o caráter ditatorial da estratégia política do pt e de sua coesão com o comunismo. Espero que nossos militares não se vendam como os da Venezuela fizeram.

    Responda
  22. bruno silva

    Quem é amigo de todo mundo não é amigo de ninguém. O Brasil não pode agradar a Gregos e Troianos. O Brasil não tem uma política externa, tem sim relações diplomáticas. O Brasil quer a paz mas diz que a Ucrânia é culpada e recebe esse diplomata russo. Isso não é sério. O que o Brasil faz é um alinhamento que nos rebaixa promovendo um antiamericanismo primário e sem vergonha. Tudo é bom para o Brasil/PT mas só quando somos contra as posições políticas dos EUA. Será que um dia a gente vai crescer?

    Responda
  23. Max Morel

    Ou seja, nosso presidente não tem nenhum interesse em viajar á Ucrânia, mesmo convidado pelo presidente de lá. Talvez a Ucrânia não tenha nenhum hotel 7 estrelas para o casal presidencial.

    Responda
  24. maria eloisa montero miguez

    Multipolar ou Bipolar? Com as críticas dirigidas aos Estados Unidos e CE e elogios à China e Rússia, parece que o Brasil já disse que mundo deseja: Bipolar!

    Responda
  25. maria eloisa montero miguez

    Multipolar ou Bipolar? Com as críticas dirigidas aos Estados Unidos e CE e elogios à China e Rússia, parece que o Brasil já disse que mundo deseja: Bipolar!

    Responda
  26. bruno silva

    É verdade, não duvidamos mas o Brasil não precisa ser tornar um vira-latas da Rússia e da China aliando-se sem crítica aos dois piores ditadores da face da terra. O Brasil deve se dar mais ao respeito e parar de mentir ao povo brasileiro e parar de brincar de política na esfera internacional. O presidente Lula tem muitas competências mas não sabe de nada de política internacional. Ser contra o EUA não é política mas antiamericanismo baixo.

    Responda
    1. Rubens gonçalves

      anti americanismo voce diz. o brasil precisa deixar de ser latrina deles.

    2. armando moura

      caro qidealface, na geopolitica nao existe certo ou errado, existem interesses. quem é o maior parceiro comercial dos EUA?

    3. Fábio Dinamarco

      Perfeito!

  27. MARIA F LUPORINI

    Além de 99% do povo brasileiro se achar quintal dos americanos e europeus, ainda temos graves problemas internos. Acredito que falte ao grande Celso Amorim entender que a hora não é essa de se meter em polêmicas, o problema é o timing, porque aqui dentro ainda temos a casa muito desarrumada.

    Responda
    1. ENNIO BALDUR HAMMES SCHNEIDER

      Apoiado! A entrevista do genial Celso Amorim teve como objetivo principal de dar um ajuste nas declarações infelizes do Lula. Tenho certeza que o discurso dele não se coaduna com a realidade posta. Se fosse tão fácil, já teria sido resolvido. O impasse permanece!

  28. Marco A Moreira

    Entendo que o Sr.Celso Amorim tem que tentar defender o presidente , seu amigo, mas nós não somos beócios. O Sr.Presidente criticou os EUA e a Europa por estarem armando a Ucrânia, disse que eles não querem a paz, culpou Putin e Zelensky pela Guerra, é favorável a paz mantendo a Crimeia e talvez mais alguns territórios com a Rússia. Não é esse o pensamento do presidente? Basta assumir a posição e as consequências. É ou não favorável a pauta Russa? Sim ou não sr. Amorim?

    Responda
    1. armando moura

      qidealface.

  29. MARIA F LUPORINI

    Lula só falou o que o Macron pensa, o Olof pensa, o Xi Jinping pensa, o Kissinger pensa, a Merckel pensa. O problema é um país quintal falar. Disso tenho medo. Somos colônia e quintal há tanto tempo que o povo brasileiro se convenceu disso. E isso nos enfraquece diante do mundo e por isso eu gostaria que Lula não se metesse mais. Deixa pitbull brigar sozinho.

    Responda
    1. PEDRO LUIZ DA MOTTA VEIGA

      Ele pode pensar o que quiser. Sendo presidente tem que prestar atenção no que fala. Os outros citados podem até pensar o mesmo que Lula, mas ficam de bico calado

  30. Daniel Goncalves

    Sensato.

    Responda
  31. armando moura

    o brasil não é o vira lata esperando os EUA atirar o osso. Macron deixou claro que a França nao se alinha automaticamente nem aos EUA nem a China, Não somos o paraguai e nem a coreia do norte. Com relaçao a guerra, Lula condenou a invasão mas o ponto agora é cessar fogo, proteger vidas e negociar, os dois lados tem que querer. O Brasil, por muito tempo, não será mais do que é, exportador de commodites e a China é quem compra mais. Na geopolitica não há certo ou errado, há interesses.

    Responda
    1. MARIA F LUPORINI

      Infelizmente 2016 mostrou que não é bem assim. Tem que latir mais baixo porque o cachorro grande ainda manda. Por que o poodle vai latir? Celso Amorin precisa fazer análise de riscos da estratégia brasileira. É fio da navalha, porque aqui é muita aculturação.

  32. Juliano Danilo

    Praticamente uma aula de geopolítica.

    Responda
    1. PEDRO LUIZ DA MOTTA VEIGA

      Praticamente. Deve ter sido a mesma aula que o Lavrov deu ontem no instituto Rio Branco para os futuros diplomatas brasileiros.

  33. irzair correa

    Quandio invadiram o Iraque pressionaram FHC e depois Lula a declarar apoio a "guerra ao terror" e agora querem que declare apoio ao invadido e não deixando margem para pensamento de qualquer outro matiz. Ou seja, quando os EUA mata, o mundo deve aplaudir, quando não é o Tio Sam o mundo deve condenar? Terra da liberdade hein?

    Responda
  34. Marcelo Galvao de Oliveira

    O ex morador dó Airbnb de Curitiba se tornou Papagaio do Putin.

    Responda
  35. Paolo Valerio Caporuscio

    Mera demagogia de membros de todos os governos, e na hora do vamos ver amarela.

    Responda
  36. João Leite Leite

    O Brasil não é obrigado a nada. O problema são as falas do Lula que são comprometedoras.

    Responda
    1. MARIA F LUPORINI

      O problema é presidente de quintal dos Eua e de colônia de exploração falar. Gente do G7 fala o que quer. É óbvio que Lula não está de lado nenhum e é óbvio que um mundo em que todos os países tenham voz e não apenas Sete é muito melhor para nós. Mas, se até a Europa é vassala, como nos atrevermos. É melhor ficar quieto mesmo. Celso Amorim esquece disso. Aqui é quintal,porque nosso povo pensa assim. Fato.

  37. PAULO CURY

    se eu fosse o governo americano eu cancelava o vistos destes esquerdistas todos, chega de brincar com o mickey, tomar coca cola e passear em new york (haddad), a gritaria ia ser tanta de esposa e filhos que o governo não iria durar uma semana.

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Paulo Cury: que comentário tão profundo!

    2. Rubens gonçalves

      eu acho que o velho Joe vai nao deixar os brasileiros irem a Disney o Orlando. imagina a gritaria da classe media.

    3. Marina Gutierrez

      Paulo Cury: que comentário tão profundo!

    4. irzair correa

      Se fosse qualquer coisa o mundo estaria perdido em sua mesquinharia, sua posição de estadista deve ser a mesma do bozo, pequena e megalomaníaca. Deve ser por isso que é um ilustre nada. Se for porteiro de prédio já ia querer proibir morador de entrar. Vai estudar um pouco Gury

    5. MARIA F LUPORINI

      Hummm, capaz de eu ter um infarto. Quero meu país grande, o dos outros também. E quero paz no mundo.