Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. MARIO LUCIO CAMARGOS

    Metas universais demandam int√©rpretes universais. Os artistas do mundo inteiro devem ter lugar privilegiado nessas discuss√Ķes.

    Responda
  2. Petr√īnio Alves Filho

    A mídia deveria divulgar bastante essas propostas e fazer campanha para que ela seja abraçada pelos governantes. Mas... Será que interessa...

    Responda
  3. MARCELO SA DA SILVA

    Obrigado, cara Ilona, pelo artigo. Salvar o mundo e a humanidade é missão de todos nós. Lá em cima, nos altos níveis governamentais ,como aqui em família, somos convidados a impkementar medidas baseadas em princípios e valores, assegurando que cada cidadão seja peça de efetiva transformação.

    Responda
  4. Marcos Benassi

    Orra, car√≠ssima, coisa fina, hein? Nada como ter ambi√ß√Ķes avantajadas no que diz respeito √† Humanidade: quer falemos da esp√©cie, quer da palavra como qualificativo positivo, que permeie as rela√ß√Ķes e as metas de desenvolvimento, esse foi um belo quadro. Embora pare√ßa meio evolu√≠do demais pro nosso estado constante de tosqueira, ainda mais aprimorado nas √ļltimas d√©cadas, √© lindo ver gente que batalha por sua constru√ß√£o. √Č n√≥is, vamo que vamo: capaz de, nesse contexto, sairmos do ber√ßo espl√™ndido.

    Responda
  5. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    "A quarta é apoiar uma transição digital justa, com a criação de uma Comissão Global para Digitalização Justa e Sustentável e a definição de princípios de governança de dados." Cara Ilona Szabó, parabéns por sua participação... super importante, mas não sei porque eu acredito q a quarta mudança transformadora deveria ser a primeira. Pode parecer maniqueísmo, mas penso q estamos longe de uma "Digitalização Justa e Sustentável" e "princípios governança de dados". Sigo...

    Responda
  6. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Continuo: o digital √© bem mais veloz do que nossa capacidade de orient√°-lo. A meu ver ele hoje, sem controle, √© a causa da degrada√ß√£o do trabalho em todos os setores (desde o mais simples trabalho at√© mesmo o fazer art√≠stico e cultural) e de in√ļmeras outras mazelas ao redor do mundo. Temos de "fortalecer o sistema multilateral", e entendo que o desafio principal √© o controle das redes digitais para bem estar das democracias e da geopol√≠tica.

    Responda