Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. MERCEDES NAZAR CANDIDO

    E brincadeira achar que isto √© poss√≠vel no mundo capitalista! (Abner Nazar√© C√Ęndido)

    Responda
  2. José Bernardo

    Nada a acrescentar. Cumprimentos pela lucidez e seriedade de sempre.

    Responda
  3. Benedicto Ismael Dutra

    Se precisa regulamento para tudo algo está errado, basta um pouco de lucidez para perceber o que é nefasto para a natureza e planeta. Sistemas, governança em rede, pactos, tudo meio contaminado pelas cobiças. O problema está no homem que acha que pode tudo porque tem dinheiro, controla o dinheiro, cria dinheiro, mas a riqueza real vem da natureza que organizou o lar da Criação para que a espécie humana pudesse evoluir como tudo o mais na natureza, mas se tornou perigosa e danosa.

    Responda
  4. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    √Č sobre isso... e mais um "tanto" de coisa que todos n√≥s, todos mesmo: empres√°rios, pol√≠ticos, gente da cultura, artistas, intelectuais e demais... "Um pacto pelas pessoas"... mas quais pessoas?

    Responda
  5. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Cara Ilona Szab√≥, leio a sua coluna e leio tamb√©m as q de alguma forma fazem algum contraponto. Li no dia 3 de maio ¬ďNada √© integralmente sustent√°vel¬Ē do Rodrigo Tavares. N√£o concordei com tudo q ele escreveu, no entanto, entre outras coisas ele trouxe informa√ß√£o q me fez refletir e q entendo deve ser considerada por quem quer ¬ďUm Pacto pelas pessoas...¬Ē. Olha s√≥: O carro el√©trico vai exigir minerais espec√≠ficos, o q pressup√Ķe minera√ß√£o, e l√≥gico, tudo o q ela acarreta de bem e de mal. Sigo...

    Responda
  6. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Veja o q escreveu Rodrigo: ¬ďO Brasil, por exemplo, tem como objetivo a neutralidade carb√īnica at√© 2050. Essas metas s√≥ ser√£o atingidas com fortes investimentos em energias renov√°veis e eletrifica√ß√£o de autom√≥veis. Mas a tecnologia subjacente a essa transforma√ß√£o depende da extra√ß√£o de min√©rios.¬Ē Lembrei-me das ¬ďpessoas¬Ē de Brumadinho e Mariana. A indeniza√ß√£o da Vale (+ de 30 bi) vai servir para construir um Rodonoanel!?

    Responda
  7. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Li aqui tamb√©m na Folha a entrevista do economista Timoth√©e Parrique q prega entre outras coisas o ¬ďdecrescimento econ√īmico¬Ē, e critica ¬ďa primazia do PIB¬Ē e o crescimento sustent√°vel (para ele uma fal√°cia) em seu livro ¬ďDecoupling debunked¬Ē. Vale a pena ler. Disse ainda: ¬ď√Č imposs√≠vel produzir qualquer coisa sem energia e materiais.¬Ē Portanto a tal economia verde √© puro marketing quando o PIB se torna obsess√£o via incentivo ao consumo.

    Responda
  8. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Vi a fala de Lula em Paris sobre o ¬ďNovo Pacto de Financiamento Global¬Ē. Quando ele disse q ¬ďmuita gente fala da Amaz√īnia, mas a maioria n√£o conhece¬Ē ou sabe como √© de fato. Tudo que ele disse em s√≠ntese vai de encontro com o que disse Timoth√©e, que defende o decrescimento dos pa√≠s ricos. Afinal, como conciliar sustentabilidade com crescimento, emprego, renda, alimento demandados pelos pa√≠ses pobres, se os ricos n√£o querem parar de crescer?

    Responda
  9. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Uma analogia aqui dentro da nossa casa: Qual pessoa q tem uma condi√ß√£o especial (rica) neste nosso pa√≠s com tanta pobreza, est√° disposta a parar de acumular + uma SUV. Isso serve para todos os setores, desde o empresariado rico/abastado do ¬ďvil metal¬Ē e at√© mesmo para o pessoal da nossa elite cultural (j√° rica) q arranca o couro do incauto f√£ cobrando ingressos absurdos para shows e eventos. Quem √© que vai abrir a m√£o?

    Responda
  10. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    No bojo ou banquete da teoria da ¬ďsutentabilidade¬Ē, Vale o lema global que sustenta a l√≥gica da nossa hipocrisia de cada dia: ¬ďfarinha pouca meu pir√£o primeiro¬Ē. Porque quem patrocina o teatro dos vampiros tira a riqueza da natureza. Isso √© insustent√°vel. Desculpe Ilona, sabe que sou seu f√£, mas tinha que me alongar e escrever tudo isso escrevi, porque mexe muito comigo.

    Responda
  11. Jo√£o Leite Leite

    Falta cidadãos inteligentes o suficiente para administrar o mundo pensando no bem estar e a felicidade de todos. Os administradores só criam uma casta de muito ricos e criam métodos de distribuir de pequenos auxílios que é tirado dos pobres trabalhadores para manter uma massa de paupérrimos que servem de alicerce para eleger políticos incompetentes e corruptos.

    Responda
  12. Eduardo Giuliani

    As pessoas precisam entender que a reencarna√ß√£o √© a mais prov√°vel verdade sobre o caminho da alma. Se a Terra n√£o estiver apta a nos receber no retorno teremos problemas. Neste contexto, pensar que n√£o estaremos aqui quando a situa√ß√£o se agravar √© simples ignor√Ęncia sobre a nossa exist√™ncia, por falta de uso do m√©todo cient√≠fico na busca da Verdade.

    Responda
  13. Paulo Targa

    Excelente divulgação! Obrigado à articulista.

    Responda