Coment√°rios para:

Medicina negacionista

VER COMENT√ĀRIOS EM Lygia Maria

Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Rafael Silva

    A CFM e as CRMs s√£o uma vergonha nacional

    Responda
  2. Hercilio Silva

    √Č a turma que trocou a medicina pelo bolsonarismo.

    Responda
  3. Joao Menezes

    Parab√©ns para Lygia Maria. Antenada com a ci√™ncia, com a l√≥gica e a √©tica. Exatamente o oposto aos charlat√Ķes do CFM e ABP

    Responda
  4. Ricardo Arantes Martins

    Agora vamos ver se o Congresso se sacode. Tem que fazer uma legisla√ß√£o quanto log√≠stica da maconha, de produ√ß√£o at√© a oferta. cabe tamb√©m ao Min. da Sa√ļde atrav√©s de simples portarias estudar e dizer quais os usos terapeuticos da droga.

    Responda
  5. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    "A política de combate às drogas se torna mais uma forma pela qual expressamos o racismo". Frase do neurocientista Carl Hart. Em entrevista dada à Revista Cult ele explica: "No seu país, como no meu, há muito mais brancos que negros usando cocaína. Mas as pessoas que vão para a cadeia por causa de cocaína são negras." Sugiro ao pessoal do CFM o dossiê da Cult (295) "A utopia de um mundo sem drogas." Nunca usei drogas (só cerveja), mas sou a favor da liberação geral, em nome da paz e amor.

    Responda
  6. Amaury Kuklinski

    Calma. Um dos eixos investigados pela PF é o da pandemia. Vai ter muito médico acertando as contas futuramente. Porque o direito de prescrever não é ilimitado, e em determinado momento da pandemia já se sabia que a cloroquina não servia para nada, e existem as figuras da negligência, imperícia e imprudência, que pode responsabilizar toda essa malta mal formada.

    Responda
  7. Henrique Marinho

    Maco nheiro defende a mac onha. M√©dico a condena, por raz√Ķes √≥bvias.

    Responda
    1. Eduardo Rocha

      Frase t√£o est√ļpida quando curta. Defendo a legaliza√ß√£o das drogas e n√£o consumo nenhuma, exceto o legalizado √°lcool. Meu falecido pai, m√©dico, tamb√©m defendia a descriminaliza√ß√£o da maconha. Entre seus argumentos, dizia que n√£o se consome maconha na mesma propor√ß√£o que o tabaco e este faz um mal maior. Meu pai morreu das complica√ß√Ķes do tabaco, droga legal. Se consumisse maconha, talvez ainda estivesse vivo.

    2. Amaury Kuklinski

      Bobagem. Nunca usei nada e sou a favor, porque no enfrentamento a sociedade está perdendo. Ou não é óbvio????

  8. Fernando Bezerra de Menezes

    Sou m√©dico. A proximidade de v√°rios membros do CFM com o desgoverno bolsonaro (a min√ļscula se faz necess√°ria) fala por si. O que se pode esperar de indiv√≠duos assim?

    Responda
  9. JOAQUIM CAMINHA DE SA LEITAO NETO

    Essa qua dri lha negacionista, terraplanista, entre outras "qualidades", que domina o CFM desde a pandemia, deveria ter todos os respectivos diplomas e licenças cassados.

    Responda
  10. PETRUS JUNIOR

    Certamente o pessoal do CFM deveria estudar mais e se preocupar mais com as medicinas enganosas e profissionais incompetentes.

    Responda
    1. JOAQUIM CAMINHA DE SA LEITAO NETO

      Mais incompetentes que eles é impossível...

  11. PETRUS JUNIOR

    Certamente o pessoal do CFM deveria estudar mais e se preocupar mais com as medicinas enganosas e profissionais incompetentes.

    Responda
  12. Pablo Leite

    O CFM não é sério, e isso vem desde a pandemia.

    Responda
  13. TADEU PEREIRA

    Infelizmente o Conselho Federal de Medicina est√° com a raz√£o. As coloca√ß√Ķes da articulista n√£o √© nada razo√°vel. A jornalista n√£o tem viv√™ncia do que vem por a√≠. Alguns lugares no mundo ¬ďexecu√ß√£o sum√°ria de usu√°rios de drogas¬Ē √© uma realidade. N√£o esque√ßam do que franceses e ingleses fizeram com chineses viciando gera√ß√Ķes. Pior brandido s√£o is comunistas, o crist√£o √© bonzinho e adequado.

    Responda
  14. Mauricio Borborema de Medeiros

    Quando comecei no of√≠cio tinha orgulho do CFM e dos CRMs. Achava que eram os guardi√Ķes da √©tica e da reflex√£o filos√≥fica sobre o exerc√≠cio da Medicina. Hoje tenho vergonha dos colegas. √Č uma grande irresponsabilidade colocar cabe√ßas-ocas -- ou pior, cheias de zerda -- em um √≥rg√£o que deveria zelar por um of√≠cio importante para toda a sociedade. Atualmente pago o CRM a contragosto, e semana passada, n√£o me animei nem para votar. O bolsonarismo mais rasteiro dominou todas as chapas.

    Responda
  15. Michal Gejer

    O que poderia-se esperar de um Conselho Federal de Medicina, bolsonarista raíz, que admite uso de ivermectina e cloroquina para tratamento de covid com a justificativa de que "cabe ao médico a escolha do tratamento"? Entre os vários tipos de ignorantes, pior ignorante é aquele que não sabe que é ignorante, e se acha muito inteligente. Mas os psiquiatras? Devem ser os que aprovam lobotomia. Sugiro a eles auto-lobotomia.

    Responda
  16. Paulo Silva Barbosa

    A mat√©ria defende a descriminaliza√ß√£o da maconha traz v√°rias consequ√™ncias, muitas imprevis√≠veis , basta ver no estado norte-americano da Calif√≥rnia , onde a viol√™ncia aumentou e a inseguran√ßa nas vias p√ļblicas das grandes cidades √© um fato palp√°vel e concreto .

    Responda
    1. Eduardo Rocha

      Na Califórnia a droga é liberada. A Califórnia teve onda de violência recentemente. Conclusão de um típico bolsomínion: a maconha aumenta a violência. Fico feliz em informar, não há relação causal. Há um artigo recente aqui na fsp, de 22 de julho, que trata a situação com menos pressa que sua conclusão. E a maconha não aparece como vilã.

    2. Cíntia Amaral

      Confesso que nunca vi algu√©m que usou maconha agredir ningu√©m, pelo contr√°rio, o mais comum √© a sensa√ß√£o de letargia. A ignor√Ęncia sobre os benef√≠cios do uso da subst√Ęncia benificia a ind√ļstria farmac√™utica, que fatura quantias obscenas, al√©m de muitos p√©ssimos profissionais da √°rea da sa√ļde que s√£o patrocinados por essa mesma ind√ļstria.

  17. Ney Fernando

    O conselho federal de medicina era só corporativista, mas tornou-se terrivelmente bolsonárico e acha que vacina faz mal e que só pode liberar cloroquina, e deve estar tentando tornar obrigatório o seu uso diário por toda a população.

    Responda
  18. Ricardo Valle Aleixo

    Fosse s√≥ a ignor√Ęncia demonstrada pelas entidades ainda v√° l√°, mas o que impede a descriminaliza√ß√£o s√£o interesses que v√£o al√©m do tr√°fico, como quem financia, os advogados, o sistema judici√°rio e prisional que lucram com o o crime.

    Responda
  19. José Fernando Marques

    A colunista tem raz√£o. A descriminaliza√ß√£o envolve riscos e quest√Ķes, mas a experi√™ncia evidencia que a criminaliza√ß√£o, esta sim, acarreta problemas muito graves. O tr√°fico e o combate ao tr√°fico, com a viol√™ncia que os acompanha, estar√£o em grande parte desativados com a libera√ß√£o ou descriminaliza√ß√£o da maconha. √Č importante que se crie ao mesmo tempo um amplo programa de emprego voltado para as comunidades, para que o "desemprego" com a diminui√ß√£o do tr√°fico n√£o traga novos problemas.

    Responda
  20. armando moura

    Para o cfm cloroquina pode para curar covid Deviam analisar com cuidado as escolas de medicina que diplomas os membros do cfm e fecha las. S√£o um enorme risco a sa√ļde e a vida .

    Responda
  21. PAULO TAUFI MALUF JUNIOR

    A depend√™ncia est√° ligada a fatores vari√°veis entre grupos estudados. A concentra√ß√£o de THC √© um deles, e n√£o √© a mesma para todas as folhas. O in√≠cio de uso na adolesc√™ncia √© outro determinante, que leva jovens √† depend√™ncia 4 vezes mais que em outras fases, idem quanto √† indu√ß√£o de dist√ļrbios psic√≥ticos. O NIH estipula que cerca de 3 em 10 usu√°rios podem adquirir disfun√ß√Ķes decorrentes da droga.

    Responda
  22. Luis Henrique Fellin

    Essa coluna é a prova de que uma liberal, tal qual um relógio quebrado, eventualmente também acerta.

    Responda
    1. paulo werner

      Foi a primeira coisa q pensei!

  23. angelim pilati

    Já deixei de consultar alguns médicos bozolentos por adotar a linha do curandeirismo, hj a primeira erguera q faço as médicos q consulto se e bolsonarista , se sim, pulo fora dele

    Responda
  24. Carla C Oliveira

    O CFM é presidido pelo Queiroga?

    Responda
  25. Nasemar Hipólito

    O CFM mostra-se cada vez mais como um antro de atraso, arrog√Ęncia, elitismo e conservadorismo burro. E, o pior, dominado por bolsonaristas: "m√©dicos" que durante a pandemia abra√ßaram a cloroquina, ivermectina, etc, por raz√Ķes de puro fanatismo ideol√≥gico.

    Responda
  26. José Cardoso

    O congresso deveria legalizar a maconha, submetendo-a √†s mesmas restri√ß√Ķes do tabaco. Mas o assunto n√£o √© certamente da al√ßada do STF, que n√£o √© poder legislativo.

    Responda
    1. Eduardo Rocha

      Se a associação de álcool com futebol pode ser absurda, que tal cigarro com futebol. Já tivemos propagande de cigarro por jogador de futebol e hoje isso seria impensável. Em minha humilde opinião, podem liberar a p* toda. Só não liberem a propaganda.

    2. Eduardo Rocha

      De acordo! Incluindo também os limites aplicados ao álcool, como direção.

    3. Ricardo Arantes Martins

      Bem por ae Cardoso. tinha dito sobre a propaganda em refer√™ncia a sua observa√ß√£o de submeter as restri√ß√Ķes do tabaco.

    4. José Cardoso

      Ricardo, também acho que a propaganda de bebidas alcoólicas devia ser proibida. A associação do futebol com cerveja por exemplo é tão banal como absurda, porque uma coisa nada a tem a ver com a outra.

    5. Ricardo Arantes Martins

      Veja que com a mera proibi√ß√£o da propaganda o uso do tabaco diminui de cerca de28%da pop. para cerca de9%. Se fiz√©ssemos o mesmo em rela√ß√£o ao √°lcool Deus sabe qual seria o resultado. Veja que o √°lcool √© a droga que mais mata e maior parte dos homic√≠dios a pessoa est√° sob influ√™ncia dessa subst√Ęncia. O mesmo se diga aos atropelamentos, acidentes dom√©sticos, de trabalho e de tr√Ęnsito. Fora o SUS lotado ante as sequelas. Quanto ao uso, cada um usa o que quer. n√£o √© problema de ningu√©m.

  27. Florentino Fernandes Junior

    O q nao dá é esse frankstein inventado pelo stf

    Responda
  28. Florentino Fernandes Junior

    Esse assunto é complexo mas vou me posicionar pela legalizaçao

    Responda
    1. Ricardo Arantes Martins

      Descriminalizar é uma coisa e legalizar é outra. Mas dar força de lei ao uso medicinal seria uma boa medida.

  29. Ricardo Arantes Martins

    A questão é de ordem prática. Descriminalização é uma coisa e outra é seu uso medicinal. A1ªnação do mundo a proibir o consumo de drogas foi os EUA na famosa lei seca que englobava outras drogas. Dado ao consuetudinário a lei não vinga, mais antes criou um mercado ilegal fazendo nascer o crime organizado. O álcool e a maconha são um fato. Devemos é proibir sua Propaganda. O álcool é a droga que mais mata em brigas, acidentes de toda ordem, mais da metade dos homicídios e doenças.

    Responda
  30. Marcos Benassi

    Xiiiiiii, prezada Lygia, esse Cfm √© o C√£o Fumando Marofa, faz tempo: no Ziriguidum da covid, com gente morrendo que nem mosca flitada, apoiava o Bozo e seu kit macumba... Pe√ßoau dessa jestaum n√£o deve ser levado a s√©rio. Ali√°s, tem que dar uma olhada na autoria dessas baboseiras: quem √© que as cria? Passou em alguma reuni√£o de s√≠ntese ou consulta interna, pra ser "artigo de posi√ß√£o" de uma entidade representativa de classe? √Č estranho, bem estranho.

    Responda
    1. Marcos Benassi

      Minha Clara Chiara, só posso baixar o rabo... Hahahah!

    2. Chiara Gonçalves

      P√ī, Bena, desmereceu o kit macumba, vou ter que interceder. O combo de prato feito, cacha√ßa e charuto, ambientado por velas, aromatizado por ervas, √© oferenda pra orix√°s muito dos porreta, n√£o serve a um coisa ruim desse, n√£o.

  31. anderson ruas

    Uma entidade e toda uma classe a serviço dos laboratórios químicos!

    Responda
  32. Leandro Eust√°quio da Silva

    Só vejo maconheiro(a) e traficante comemorando.

    Responda
    1. Alberto Henrique

      Traficante nunca vai comemorar legalização da maconha.

    2. Marcos Benassi

      Ah, as más companhias com as quais você anda, hein? Não se denuncie dessa forma...

  33. Marcelo Magalh√£es

    Belo texto! A classe m√©dica se perdeu muito na medida em que virou intermedi√°ria do complexo m√©dico financeiro. √Č triste, mas √© verdade.

    Responda
  34. Jo√£o Melo

    Esse CFM reflete a limitação dos seus associados, infelizmente. Essa representação prestou desserviço na pandemia, tem visão privatista da medicina, é contra o SUS e o programa Mais Médicos. Em suma, são a vanguarda do atraso.

    Responda
  35. MARCIO OLIVEIRA

    São conservadores até a medula, não da pra esperar nada dessa gente patética. Apenas ignorem.

    Responda
  36. Dario Lima

    Vergonhoso, a quase, disse quase totalidade dos m√©dicos brasileiros s√£o bolsonaristas, negacionistas, contra o SUS e contra melhoria do atendimento p√ļblico da sa√ļde, ou seja, a extrema direita. Descriminaliza√ß√£o urgente da maconha e do aborto,dois pontos importantes pra sair da religiosidade hip√≥crita que assola o Brasil com a chegada do bolsonarismo.

    Responda
  37. Carlos Victor Muzzi Filho

    A colunista talvez n√£o saiba que o STF n√£o liberou a venda de maconha. A discuss√£o se prende √† libera√ß√£o do uso. Em termos simplificados: a colunista poder√° comprar a maconha dela; mas o vendedor n√£o poder√° vender, porque estar√° praticando o crime de tr√°fico. Ser√° que isso ¬ďenfraquece¬Ē o crime organizado? Haja ingenuidade¬Ö

    Responda
  38. José Duarte

    Se o conselho da classe tem essa limitação acadêmica, imaginemos o outro extremo, os formadores e formandos dessa casta, importantíssima, mas com muitas laranjas podres.

    Responda
  39. KATIA LOPES PINTO

    CFM Q NEGA VACINA , NEGA QUALQUER ESTUDO S√ČRIO . N√£o passam de pelegos lambedores de botas sujas de sangue . Fazendo do conselho cabide de emprego . O q h√° de pior na categoria ! Por isso tenho tanto medo dos m√©dicos . Q enxergam pacientes como caixas registradoras . N√£o passam de desinformados , tanto q comparam a liberam do delta 9 tetra hidrocanabiol com o tabaco . Bando de ignorantes

    Responda
    1. SILVIA KLEIN DE BARROS

      Digo exce√ß√Ķes

    2. SILVIA KLEIN DE BARROS

      Espet√°culo de coment√°rio, Katia. Com sua licen√ßa, fa√ßo minhas as suas. E mais: fui casada com um cirurgi√£o por mais de uma d√©cada. O modo como todos eles se referem aos pacientes quando longe deles √© o que mais me faz temer os m√©dicos. √Č claro que deve haver excess√Ķes...

  40. Isabella Andrade Guimaraes

    Qualquer pessoa interessada em se informar (a revelia de seus preconceitos, limita√ß√Ķes e mal-caratismo) descobre rapidamente que a proibi√ß√£o tem efeitos piores do que a legaliza√ß√£o e que a cannabis possui in√ļmeros efeitos medicinais ben√©ficos.

    Responda
  41. Ant√īnio Alencar

    Capit√£ Maconha. Nem Bolsonaro foi t√£o negacionista. Demais disso, ela, confiando na ignor√Ęncia dos leitores, deturpa os sentidos dos artigos citados.

    Responda
    1. Miguel Gossn

      Explica aí, para os ignorantes leitores, os verdadeiros sentidos (?!?) dos artigos citados.

  42. julio alves

    √Č o que se espera de um CFM que foi omisso durante do Genocida recrutando cloroquina!

    Responda
  43. Giovani Ferreira Vargas

    Petezada sempre a favor do vício.

    Responda
    1. Alberto Henrique

      K gando pela boca,só podia ser Bolsonarista. Rsrsrsrsrs

    2. Miguel Gossn

      Bozominion bozolino bozoloide sempre demonstrando estupidez, que √© a √ļnica coisa que consegue.

    3. Marcos Benassi

      Não se esqueça do sofrimento e morte: o pt nunca quis que tomassem vacinas, ninguém tomou, expulsou quem o fez. Quem quis ficar no partido, tatuou "I lóvi cloroquina" na testa. Esse Bilete é verdade!

    4. Joaquim Rocha

      Minions sempre demonstrando a propria falta de neur√īnios. Pat√©tico.

    5. julio alves

      Bozaiada sempre a favor do obscurantismo.