Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Ricardo Arantes Martins

    "Como somos √ļnicos, n√≥s trabalhamos aquele progresso junto com aquele que divide conosco as mesmas ideias, a mesma moral, os mesmos sentimentos¬Ē. (o livro dos esp√≠ritos - Kardec) Portanto, as almas afins dizem respeito √†queles esp√≠ritos que compartilham uma mesma frequ√™ncia energ√©tica, os mesmos valores, a mesma sintonia. Nos sentimos bem com o par, terceiros e at√© mesmo estranhos quando estamos na mesma faixa, lei da atra√ß√£o (ou repuls√£o) ou afinidade das almas.

    Responda
  2. andiara mari parada

    Sou casada a 36 anos e n√£o me vejo longe de meu marido e ele tamb√©m n√£o se v√™ longe de mim, constru√≠mos uma vida juntos, em meio a muitas turbul√™ncias da vida, sempre seguimos firmes com a certeza que o amor supera qualquer desafio que a vida nos imp√Ķe ! O que est√° faltando nesse planeta √© amor e resili√™ncia!!

    Responda
  3. Celso Augusto Coccaro Filho

    O fato de não serem ambos neuróticos ajuda a manter a união. As expectativas também devem ser realistas.

    Responda
  4. JOSE EDUARDO MARINHO CARDOSO

    A ess√™ncia do problema humano b√°sico √© que as pessoas vivem uma vida substituta. A partir de sua necessidade humana b√°sica de prote√ß√£o, seguran√ßa e conforto, elas fazem uso de todo tipo de subterf√ļgios para evitar lidar com a vida como ela √©. Da√≠ parecerem com cad√°veres ambulantes que preenchem o seu vazio existencial pelo consumismo, conquistas de todo tipo, sexo, trabalho, lazer etc., al√©m de acreditar que merecem uma biografia.

    Responda
    1. JOSE EDUARDO MARINHO CARDOSO

      Essa vida substituta √© feita de muitas constru√ß√Ķes diferentes: identidades, autoimagens, conceitos do que √© a vida, opini√Ķes e julgamentos, expectativas, exig√™ncias. Todas essas cren√ßas firmemente arraigadas s√£o tomadas como realidade, acabando por formar uma imagem do real baseada no pensamento. Quanto mais elas acreditam nesta vida artificial, mais se afastam da ¬ďvida como ela √©¬Ē, embora por vezes retornem ao frescor do agora quando levam um tapa da realidade.

  5. JOSE EDUARDO MARINHO CARDOSO

    Eloquentes ou nulos tendem a ser os silêncios e os diálogos entre as pessoas já que são baseados nas imagens que cada uma faz da outra. Assim, cada dito e cada silêncio esconde lembranças, desejos, temores e expectativas, sem ignorarmos que tudo que é dito é atravessado pelo não dito.

    Responda
    1. Mirian Goldenberg

      O não dito que é dito no silêncio

  6. Nilton Silva

    Pra mim, com quase 30 de casado, mais importante que a felicidade é termos paz. Paz com voz, porque paz sem voz é medo, como diria o poeta.

    Responda
    1. Mirian Goldenberg

      Paz

  7. JOSE EDUARDO MARINHO CARDOSO

    Conversas est√£o permeadas de sil√™ncios e de comunica√ß√£o n√£o verbal - gestos, express√Ķes faciais, tom de voz, contato visual (ou n√£o), proximidade f√≠sica, postura. H√° momentos que o que √© dito est√° em desacordo com o que expressado, outros n√£o. Mas a comunica√ß√£o seria imposs√≠vel sem momentos de sil√™ncio. √Äs vezes, fala-se demais quando o melhor seria o sil√™ncio. Noutras vezes, silencia-se quando falar algo seria bom. Logo, a sabedoria resulta em distinguir bem quando silenciar ou quando falar.

    Responda
    1. Mirian Goldenberg

      Quando calar e quando falar

  8. Catia Matsuo

    Querida Mirian, é sempre um prazer lê-la! Conheci meu esposo por intermédio de um grande amigo que me prometeu: no mínimo, uma boa conversa. E conversas abundam em 10 anos de relacionamento. Desejo-lhe também boas conversas pelo seu caminho, como têm sido suas colunas para mim. Abraços!

    Responda
    1. Mirian Goldenberg

      Que lindo, Catia. Amei

  9. JOSE EDUARDO MARINHO CARDOSO

    Acredito que a comunicação é um excelente indicador da longevidade de um relacionamento seja este familiar, de amizade, profissional, amoroso ou social. Conversar é uma arte na qual é preciso abertura para escutar sem interromper, ter disposição para aprender, participar e aceitar diferenças e assim por diante. Isso já mostra o grau de dificuldade dessa prática na qual podem ser regadas as sementes da humildade, gentileza, bondade amorosa e compaixão.

    Responda
    1. Mirian Goldenberg

      Verdade

  10. Galdino Formiga

    Conversar é excelente e possível, já o bom humor é difícil.

    Responda
  11. CESAR MONTEZUMA CARVALHO

    Se a conversa for o que segura um casamento por muito tempo, essa gera√ß√£o do celular, se casar, n√£o vai durar muito tempo. Imposs√≠vel competir com o ¬ďmundo fascinante¬Ē das redes sociais

    Responda
    1. Mirian Goldenberg

      Difícil mesmo

  12. ANTONIO CARLOS Vely Mendonça

    Acredito que casais de mais idade se separam por que chegou a hora de ficar s√≥ os dois, os filhos se foram, diminui-se o ritmo do trabalho, amadureceram, descobriram que o tempo que lhes restam vale ouro e n√£o dinheiro. N√£o tem mais pra onde fugir. Agora √© a hora do cara a cara. Tornar-se inimigos mortais √© f√°cil: patrim√īnio dividido, sensa√ß√£o de frustra√ß√£o, de engana√ß√£o por longo per√≠odo de tempo. Permanecerem felizes para sempre est√° relacionado a sorte de encontrar a cara metade ( √© real).

    Responda
    1. Mirian Goldenberg

      Sorte e muito trabalho

    2. ANTONIO CARLOS Vely Mendonça

      Tudo indica que esses casais acertaram na primeira tentativa: Bono Vox e Ali Hewson. Klaus Meine e Gabi Meine. Jon Bom Jovi e Dorothea Hurley Ozzy e Sharon Osbourne Tony Ramos e Lidiane Celi Minati Tarcísio e Glória Xororó e Noely Carlos Drummond de Andrade e Dolores Dutra de Morais . Josés e Marias…… Eu acertei na segunda tentativa…..espero que minha esposa também.. rsrsrs

  13. Francisco do Amaral Menezes

    Lendo a coluna tive uma lembrança de meus falecidos avós, quando já estavam em idade avançada continuavam conversando sempre. Uma tarde observando o que conversavam fiquei surpreso, ele contava algumas histórias antigas e ela falava sobre coisas do dia-a-dia. A simplicidade, alegria e carinho que ambos nutriam um pelo outro talvez explique a longevidade da relação.

    Responda
    1. QUIRINO DE OLIVEIRA MINOSSI

      Sem d√ļvida!! Perfeita a reflex√£o a meu ver!! Hj com a Internet as pessoas praticamente n√£o se falam!! A√≠ reside a dificuldade!!

    2. Mirian Goldenberg

      Que lindo Francisco

  14. VITOR LUIS AIDAR SANTOS

    Outra perfei√ß√£o! Hist√≥rias de vida mescladas com explica√ß√Ķes razo√°veis para vidas que d√£o certo e outras nem tanto... E que cada um de n√≥s possa encontrar, ASAP, seu Ruy ou sua Hel√ī!

    Responda
    1. Mirian Goldenberg

      Ainda tenho esperança no amor maduro

  15. Marcus Acquaviva

    Ele fez uma compilação chamada "O amor de mau humor". Tão boa e imperdível quanto outra sua, "O melhor do mau humor".

    Responda
    1. Mirian Goldenberg

      E biografias maravilhosas