Comente*

* Apenas para assinantes

comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. JOSE PADILHA SIQUEIRA NETO

    Israel hoje usa as taticas de desinformação típicas da extrema direita. Tentam confundir as pessoas dizendo que quem defende os palestinos está defendendo o Hamas. Os maiores apoiadores do Hamas foram os israelenses justamente para enfraquecer os palestinos opondo-os a ANP. Mas as ações terroristas de Israel fortificam ainda mais o Hamas pois os palestinos passam a identifica-los como os únicos que os defendem incondicionalmente. A causa é a dos palestinos não do Hamas.

    Responda
  2. fauzi salmem

    Ele falou como agente de I. Não poderia ter sido diferente, claro.

    Responda
  3. Marina Gutierrez

    Com parte da dose diária de propaganda pro I. o jornal publica o relançamento de um livro escrito em dois mil e dez, por um individuo praticamente desconhecido.

    Responda
  4. Marina Gutierrez

    Antes de ser recrutado como agente, o filho do hmas foi presso pleos recrutadores por tres meses, interrogaddo e torturado, mas nessa entrevista ele omitiu tudo isso.

    Responda
  5. frankklim alencar figueiredo

    Esse filho do Ha mas, continuando sendo um gue rrei ro do ha mas. A arma dele é Descapitalizar o "cio Nismo". Tá ficando rico o rapas, vai poder financiar o ha mas com grana do próprio "cio Nismo". Muito esperto o garoto.

    Responda
  6. Marina Gutierrez

    Em entrevista dada no ano de dois mil e dez a uma radio publica dos states, na epoca do lancamento do seu livro, o autor afirmou que o livro se inicia em mil novecentos e noventa e seis, quaando foi presso por tres meses, interrogaddo e torturado pelas autoridades e logo em seguida recrutado pelas mesmas autoridades. O que ele fez para ser presso? Ele xplica isso no seu livro?

    Responda
  7. frankklim alencar figueiredo

    Não se pode nem escrever as palavras Is Rael, Ju de us e nem "Cio NIsmo" na imprensa ocidental. Esses jornais padecem de muito medo desse movimento.

    Responda
  8. frankklim alencar figueiredo

    Semitas são cristãos, ju de us e árabes - Não é monopólio dos ju de us. A base da fé dessas três grandes religiões é a linhagem de Sem, filho de Noé. Fato. O "Cio Nismo" é contra essas três religiões, quem um Estado Supremacista Branco de origem europeia e pra isso, quem "desinfectar" a região como falavam seus criadores.

    Responda
  9. frankklim alencar figueiredo

    Cristão (por adoção pela fé em Abraão) Árabes e Ju de us - Todos são Semi tas. Semi ta não é monopólio dos Ju de us - Quando Is Rael bombardeia Ga za matando crianças pa les ti nas, estão praticando antissetismo tb.

    Responda
  10. Marina Gutierrez

    Alguem que leu o livro original na lingua inglesa sabe porque o autor foi presso aos dezoi.to anos, interrrogado e tortuuurado pelo mesmo estado que depois o recrutou como agente?

    Responda
  11. Marina Gutierrez

    Sou persistente, ja enviei esse comentario e foi engavetado, mas tento novamente. Em 2010, quando o livro foi lançado nos Eua. o autor afirmou que quando tinha dezoito anos foi presso, torturado e interrrogado pela policcia do estado oprressor, ficou presso tres anos e foi recrutado como agente.

    Responda
  12. Marina Gutierrez

    Algum censurou cinco comentários meus sobre esse assunto.

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Acima leia-se :alguem.

  13. Marina Gutierrez

    Censuroram meu comentário das 15.05 de hoje ( 29/11/23) eu denunciei e a minha denúncia tambem foi censurada!!!

    Responda
  14. Marina Gutierrez

    Acabei de enviar um comentário sobre o autor e seu livro (as 15.04 do dia 29/11 e o mesmo foi para a moderação.

    Responda
  15. Marina Gutierrez

    Em 2010 essa pessoa deu uma intrevista ao NPR, Radio Público Nacional dos States, onde afirmou que "o livro se inicia em 1996, com a prisão de Yousef, de 18 anos, pela polícia israelense. “Fui torturado pelos israelenses em um dos centros de interrogatório mais assustadores que você pode imaginar e fiquei detido lá por três meses”. Durante esse tempo na prisão o Shin Bet o recrutou para ser um colaborador e ele concordou, com a intenção de ser um agente duplo. continua...

    Responda
  16. Marina Gutierrez

    Essa entidade que patrocinou o relançamento do livro do sujeito, tem como objetivo promover e defender o estado opressor., é a filial em São Paulo de uma ong de Los Angeles e esse livro foi escrito em 2010.

    Responda
    1. Cintia Klein

      Um best seller super bem avaliado no Amazon. Isso te incomoda? Nota 4,7 de 5

  17. Marina Gutierrez

    Essa entidade que pagou pelo relançamento da autobiografia do "O FIlho do h." tem como objetivo promover a propaganda pro estado de I., é a filial do Brasil de uma ONG norte-americana. O livro foi escrito em 2010.

    Responda
  18. Adriana Ferreira

    Esse cara ainda?? Ele passou por Montreal e Toronto aqui no Canadá em 2011 (!!) Casa lotada (especialmente por ju de us orto d@xos) em todos os lugares por onde passou. Vendeu milhoes em livros. É o "queridinho" (o "token arab", como dizem aqui) da comunidade. Com certeza deve estar ganhando milhoes.

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Confesso que nunca ouvi falar do sujeito e tive que fazer uma pesquisa "online" para aprender quem é, etc.! Onde ele vendeu milhoes de livros? Nos USA e Europa? Interessante essa entidade pagar pelo relançamento do livro em Portugues apenas agora, ja que o livro foi publicado em 2010.

  19. SUSANNE WALKER

    Pelo amor, a Folha agora quer mediar a palavra dos rabinos. Afffe.

    Responda
  20. SUSANNE WALKER

    Alguém da Folha pode me explicar porque a palavra de muitos rabinos que se colocam contra a Guerra com a Palestina está sendo censurada?

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Porque a Folha é um jornal tendencioso SImples assim. Centenas de organizações judaicas no mundo estao protestando o massacre mas esse jornal dá espaço para ma ongs norte americano e pro I. divulgar sua narrativa. Alem disso nao publica comentarios legitimos de seus leitores. Deveriam se envergonhar.

  21. wilson kfouri

    Traidor da pior espécie comprado pelos cionistas

    Responda
  22. frankklim alencar figueiredo

    Os Hebreus nunca foram brancos -a parte embranquecida do judaísmo Europeu criaram o Estado de Is Rael como paraíso branco e para isso, querem a expulsão de todos que não sejam brancos - Nada a ver com judaísmo e sim supremacistas brancos.

    Responda
    1. frankklim alencar figueiredo

      Minha cara Marina - São dos ju deus reformistas europeus que partiram essa ideia supremacista. Senhores industriais de guerras são os mentores disso.

    2. Marina Gutierrez

      Esses rabiinos que a Susanne Walker mencionou pertencem ao grupo Neturei Karta, eles tem a convicção religiosa de que o estado de i. não pode existir antes do messias retornar e defendem a causa paleestina.

    3. frankklim alencar figueiredo

      É Suzanbe - A ignorância está levando o Povo a loucura. Esse projeto supremacista tem que ser repudiado por todos - Nada a ver com religião. O que não conseguiram na Alemanha nazista estão tentando e conseguindo agora em Is Rael - Os mesmos, ou herdeiros do projeto.

    4. SUSANNE WALKER

      Há, inclusive, inúmeras rabinos que falam claramente que a Torá está em desacordo com o que o sionismo de Israel faz. Eles deixam claro que não se trata de uma guerra religiosa, nem tampouco étnica, mas sim uma guerra por território. Esses rabinos dão uma aula de religião e história e condenam o que Bibi está promovendo. Vida longa aos rabinos!!! Vida longa a Torá! Meu respeito total por eles!

  23. frankklim alencar figueiredo

    A prova que o "Cio NIsmo" é de supremacista branco é que os ju deus negros em Is Rael são descriminados como os árabes.

    Responda
  24. frankklim alencar figueiredo

    "Cio Nionismo é pratica de supremacistas europeus, nada a ver com Ju de us. Ju de us, negros, árabes e todos que não sejam brancos serão vistos como inimigos do atual Is Rael.

    Responda
  25. frankklim alencar figueiredo

    Ufa, a FSP achou alguém que é contra qualquer coisa árabe. Ufa. Esse vai ser endeusado como o Joaquim Barbosa, Moro e outras porcarias mais foram.

    Responda
  26. Marina Gutierrez

    Muitos dos “colaboradores “ do regime opressor fazem isso pois sao chantageados, ex. alguém da família necessita tratamento fora, uma cirurgia por ex. e em troca de poder sair e regressar , passam a colaborar .

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Antes de obter informações sobre esse autor, eu escrevi embaixo que "Outra forma de obrigar alguém a colaborar com o regime é prender algum membro da família e depois oferecer libertar a pessoa em troca de informações." Depois disso eu li e pesquisei sobre o sujeito e fiquei sabendo que quando ele tinha 18 anos foi presso, interrogaado e torturaado pela policia de I. que depois o recrutou como agente.

    2. Marina Gutierrez

      Acabei de ler uma entrevista que o autor deu em 2010, quando o livro foi publicado onde ele diz que que quando ele tinha 18 anos foi preso pela policia de I. foi interrogado e torturaado, preso por 3 meses e recrutado pelo servico de espionagem de I.

    3. Cintia Klein

      Filho de um xeique. Precisa muito !

    4. Marina Gutierrez

      Outra forma de obrigar alguém a colaborar com o regime é prender algum membro da família e depois oferecer libertar a pessoa em troca de informações.

  27. Dermival Pereira de Macedo

    Escolhido a dedo

    Responda
  28. riad akl

    Sujeito bem pago para falar mal do Hamas. Propaganda barata sionista, por um fracassado. Não sou simpático ao Hamas, mas não se pode ignorar que é resultado do sufoco, discriminação , apartheid e isolamento sem qualquer esperança de melhora pela entidade sionista. O único responsável pela criação do Hamas é o estado sionista com o isolamento por terra, ar e mar ao território. Surgirão outro movimentos de resistência enquanto os palestinos não tiverem seu estado.

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Riad AkL. interessante o jornal publicar seu comentário e censurar os meus.

  29. PAULO CURY

    não existe mau caracter maior que ser um trânsfuga

    Responda
  30. LUIZ LEAL

    Na nova carreira, a de traidor da causa pales, ele deve estar ganhando muito bem.

    Responda
  31. Marcos Gandelsman

    prestados à Hebraica

    Responda
  32. Marcos Gandelsman

    serviços escusos?

    Responda
  33. Marcos Gandelsman

    Um espião que se coloca publicamente como tal, serve pra que? Isso é auto promoção de um sabidão e prestação de serviços à Hebraica.

    Responda
  34. Andréa Haddad Gaspar

    A verdade é que 7srael está desesperado. Aquele véu que encobria a verdade caiu por terra. A guerra já foi perdida. Já temos um vencedor incontestável. Agora o mundo sabe o que é Is ra, como agem, como mentem e manipulam. Né Folha?

    Responda
    1. Andréa Haddad Gaspar

      Completando meu raciocínio, sai vencedor o povo palestino (nunca o Hamas, o que fizeram no dia 7 de outubro é indefensável). Ocorre que existe sim um MAS porque toda a crueldade e desumanização imposta por IsRaRel não começou dia 7. E isso o mundo desconhecia! Está exposto o grau de barbárie que Isarel pode chegar. Triste demais.

  35. Jose Roberto X de Oliveira

    Essa Organização Stan widhus parece ser defensora de interesses de gente bem esquisita como uns Donald Trump e extrema direita de Isr.a.el. Confiabilidade abaixo de zero.

    Responda
  36. ISAIAS DA SILVA

    Eu acompanho o André Lajst. Acho um cara ponderado, que merece ser escutado. Concordo muito com ele, e obviamente discordo também. Achei que a saída fácil de "tirada do contexto" foi covarde da parte de algúem tão preparado como ele.

    Responda
    1. Andréa Haddad Gaspar

      Sinceramente, o Lasjt não pode ter qualquer credibilidade apenas pelo fato de ser moderado. Eu vi e ouvi com meus olhos e ouvidos ele dizer, com a cara mais lavada desse mundo, que não existe apartheid do povo palestino em Israel. Foi no debate com Saleem Nasser. Busquem no YouTube, ele sim vale ser ouvido e respeitado.

    2. Jose Roberto X de Oliveira

      Ponderado? O sujeito atacou todos os Estados Árabes de forma vil em vídeo. Ele é um extremista com sinal trocado. A Palestina não deveria existir? Milhares de crianças assassinadas outras desmembradas outras cegas. As pessoas vivendo num cemitério a céu aberto. Esse pessoal não tem exército. Ponderado? É bem o contrário.

  37. Mariano Aparecido

    Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

    1. Claudio Goldman

      Você se refere aos ju d eus ?

  38. Humberto Giovine

    A maior e mais perigosa é a guerra da propaganda. E esta Israel ou a comunidade judaica vence de "lavada".

    Responda
    1. Cintia Klein

      Será que o senhor conhece bem a comunidade judaica, Sr. Humberto Giovine? Sua acusação é baseada em fatos sobre a comunidade judaica?

  39. Maria jose dos santos

    Muito positivo conhecer o Hamas por uma pessoa que foi criado por ele.Uma coisa eu sei .O ódio nao constrói so destrói.e as crianças e que estão pagando a conta.

    Responda
  40. Alberto Melis Bianconi

    Este é o assunto com maior censura na Folha! Curioso, né não?

    Responda
    1. Andréa Haddad Gaspar

      Meu comentário não foi publicado. Gente... Folha... fui censurada. Que absurdo... estou indignada. Não usei qualquer palavra que fosse censurável. Mas minha crítica foi contumaz. Então tá, Folha.

  41. Jorge Luiz

    É estranhíssimo que um suposto ex espião circule por aí dando várias e várias entrevistas.. Aí tem..

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Sim, alguem pagou para o sujeito vir ao Brasil, dar entrevistas, expor sua narrativa e a entidade que o convidou financiou a publicação do livro dele em Portugues.

  42. Alberto Melis Bianconi

    Criticar Israel não pode, né?

    Responda
  43. Alberto Melis Bianconi

    A questão é que a guerra de Israel não é contra o Hamas, é uma guerra de ocupação da Palestina. O Hamas é a desculpa de que Israel usa e abusa.

    Responda
    1. Marcos de Almeida

      07 de outubro de 2023.

  44. Noel Neves

    Entrevista "fora do contexto"! Ou no lugar e hora errada.

    Responda
  45. Adriano Ferreira

    Affff.. Já estou com saudades da Taylor Marca de Quitute....

    Responda
  46. José Bueno

    Este infeliz veio 'atiçar guerra' bem no nosso Brasil, onde j u de us e m uç ulm anos convivem em grande maioria como bons brasileiros, em paz. Não podemos cair na sua conversa. Esta pode reacender posturas an t i sem itas e também an t is lam icas, acarretando um ambiente de ameaças e medo para o quotidiano de nosso povo.

    Responda
    1. Hamilton Magalhaes

      Não são os diretamente envolvidos que serão atiçados, mas os que já estão em guerra ideológica é que estão incomodados e não querem ouvir o que ele tem a dizer.

  47. Felipe Vasconcelos

    Perfeito, os palestinos merecem solidariedade, o Ha mas, não.

    Responda
    1. Alberto Melis Bianconi

      E mais censura!

    2. Alberto Melis Bianconi

      As vítimas do Hamas merecem solidariedade, o Estado de Israel não.

  48. Edmilson Oliveira

    Achei interessante essa ação. Convida-se um espião pago pelo governo de Israel para tentar de alguma forma passar pano nas atrocidades cometidas pelo Netanyahu contra o povo palestino. Cinco mil crianças mortas por bombas, despejadas de forma cruel sobre umas das áreas mais densamente povoada do mundo. Não creio que as pessoas que criticam essas atrocidades o façam porque simpatizam com o Hamas ou defendam atos terroristas por eles cometidos contra cidadãos israelenses.

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      O Edmilson Oliveira acertou na mosca.

    2. Alberto Melis Bianconi

      E mais censura.

    3. Alberto Melis Bianconi

      Acharam um para patrocinar, enquanto é muito mais fácil encontrar judeus criticando o Estado cujo nome está interditado pelo jornal! Como o professor Michel Gherman.

    4. Cintia Klein

      Colocaram uma arma na cabeça dele, coagiram a sair do Ha mas, romper com o pai e a escrever um livro biográfico. "Só" faltam as evidências desse arranjo criminoso.

    5. Geraldo Couto

      Simplista, né? Como se o grupo que provocou isso se importasse aí com o próprio povo. Para criar uma narrativa, não se importa de sacrificar vidas dos dois lados.

  49. Vanderlei Nogueira

    Foi um ataque muito ingênuo do Hamas, será que não foi um plano para tirar a atenção da Guerra Rússia x Ucrânia?

    Responda
    1. Alberto Melis Bianconi

      E mais censura!

    2. Alberto Melis Bianconi

      Será? Primeiro que a principal vítima do Hamas é o povo palestina. Mas, a esse preço absurdo, essa guerra está deslegitimando internacionalmente Israel com muita força. Vai acabar sendo abandonado até pelo governo americano.