Comente*

* Apenas para assinantes

comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Gregorio Amarante

    Nos comentários me impressiona ver tantas pessoas do lado errado da história. Como é possível dar razão ao opressor? Assim nasceu Hi-tler, apoiado por parte substancial da população. Absolutamente surreal!

    Responda
  2. Jorge Severo

    Um jornal, para ser sério, não pode publicar asneiras como essa. A depender de "especialistas", o exército ucraniano já, já vai cercar Vladivostok.

    Responda
  3. Manoel Cardoso

    Como a Ucrânia vai vencer essa guerra? Não entendo. Sr. Lobo (Wolf) esqueceu que Rússia é uma potência nuclear e também esqueceu que a China garante os dólares que a Rússia precisa, ou seja, o que a UE deixou de importar da Rússia a China importa e a Índia compra Commodities da Rússia e exporta para UE (Alemanha). Sr. Wolf, tá muito difícil pra Ucrânia.

    Responda
  4. Ricardo Botto

    Sr Lobo, a Ucrânia para usar as armas precisa de exército. A Rússia já destruiu 4. Quanto mais precisarão morrer para você entender? Essa mania gringa de se achar o baluarte de toda a "moral" é fake. Vide que vocês invadiram o Iraque sem que o país desse qualquer indício de ameaça. Já contou quantos morreram só para vocês "$alvarem" o Iraque? Sem contar que vocês mentiram na ONU. Menos Sr Lobo, menos.

    Responda
  5. Marcelo Souza

    A qualidade das traduções caiu bastante nas últimas semanas.

    Responda
  6. José Cardoso

    O grande risco para a Europa é o Trump ser eleito. Abandonará a Ucrânia e os russos testarão outras fronteiras como a da Estônia, onde vivem muitas pessoas de língua russa. O argumento de proteção aos nacionais (como no caso dos sudetos por parte do Hitler) é semelhante.

    Responda
  7. antonio roberto lambertucci

    A Rússia não admitirá que a Ucrânia entre na OTAN e coloque missões a poucos quilômetros de Moscou, assim como os EUA não deixaram a exURSS colocarem em CUBA. A Rússia esta se defendendo da fúria belicista dos EUA.

    Responda
    1. Gregorio Amarante

      Que absurdo seu Antonio! Você conseguiu comprar a ideia do Putin. Daqui a pouco vai falar que Kim Jong-un esta certo.

  8. GERONIMO APARECIDO DALPERIO

    Sempre que uma nação se deixa contaminar pelos conflitos políticos, se revoltando e desacreditando a classe por serem rotulados de corruptos, generalizado, sempre surge um milagroso com promessas do gosto popular e se elege. As consequências são sempre desastrosas. É o caso desse comediante, parece ainda estar no palco, a busca de holofotes, mesmo levando o país a ruína e o sofrimento de seu povo.

    Responda
  9. Rubens gonçalves

    O velho Joe vai colocar armas nucleares táticas no UK. O putin nho já disse não. Mas o putin nho não vai fazer nada até que por algum erro de cálculo a otan explode moscou e são Petersburgo.

    Responda
  10. Ernesto Pichler

    (continuando) A contradição principal da humanidade é com o imperialismo dos EUA. Uma vez essa contradição esteja resolvida, os povos da Rússia e de qualquer país devem retomar suas democracias, derrubando seus despotas e observando que democracia é incompatível com capitalismo.

    Responda
    1. Hernandez Piras

      A democracia não é incompatível com o capitalismo; é incompatível com o tipo de socialismo autoritário que você sempre defendeu. Aliás, não só a democracia, mas o verdadeiro socialismo também é incompatível com o tipo de sociedade totalitária do qual você é defensor.

  11. Ernesto Pichler

    A Rússia não deve prevalecer. Deve prevalecer a população russa do Donbass e da Crimeia, que querem se livrar dos massacres dos neo-n do Zelenski. Deve prevalecer a população ucraniana, livrando-se de sua dominação pelo State Department, que usa um comediante como títere. Deve prevalecer a paz, eliminando-se as bases "americanas" da Europa, eliminando-se as ameaças trazidas por essas bases. Todo poder aos povos. Até Putin deve ser derrubado, mas só depois que ele vencer os "americanos".

    Responda