Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Augusto Marrafon

    Deve-se ter cuidado com a dissemina√ß√£o da informa√ß√£o da ¬ďmaconha medicinal¬Ē , uma vez que nem sempre √© primeira linha no tratamento de condi√ß√Ķes neurol√≥gicas , a exemplo a pr√≥pria doen√ßa de parkinson, onde existe um arsenal terap√™utico bem enfasado na literatura em que n√£o consta o canabidiol como padr√£o ouro .

    Responda
  2. Jo√£o B De Souza

    A libera√ß√£o, mesmo parcial, da maconha n√£o interessa a quem se beneficia do crime. Os "cidad√£os de bem" n√£o querem nem debater com seriedade, nem responder: onde est√° o dinheiro do tr√°fico? Na mis√©ria da favela onde jovens estreiam no crime vendendo drogas e acabam presos ou mortos ou nas mans√Ķes dos grandes traficantes poderosos e amigos dos donos do poder? Se houver libera√ß√£o n√£o haver√° crime. O Estado pode economizar recursos que gasta para prender preto, pobre e perif√©rico.

    Responda
  3. Paolo Valerio Caporuscio

    maluco, mst plantar?? n√£o vai dar certo.

    Responda
  4. Luiz Reichmann

    kkkk sim, vamos exportar para Tailandia, alguns brasileiros tem tentado, mas agora vai, todos unidos o Brasil jamais sera vencido! Quanto a sa√ļde p√ļblica..., deixe pra la, pra que sa√ļde se temos dinheiro. No Brasil antes rico com sa√ļde do que pobre doente!

    Responda
    1. Luiz Reichmann

      Medicinal e Recreativo kkkk (na lancheira da escola), vamos ver ent√£o! a "CLT" devera incluir essa nova profiss√£o a ser regulamentada!

  5. Florentino Fernandes Junior

    Serio. ? Blow in the wind

    Responda
  6. Caubi Maciel da Nóbrega

    Engra√ßado ver como o pessoal que apoia a libera√ß√£o da maconha nunca diz que puxou todos, a vida inteira. Sempre foi uma vezinha s√≥. Uma ocasi√£o √ļnica. Quando jovem e apenas para experimento. E n√£o pensem que √© por medo de serem punidos, n√£o. √Č porque eles n√£o querem enfrentar o crivo da opini√£o p√ļblica. Agora imagino o MST com planta√ß√Ķes de maconha abertas para o uso da mocidade alegre e expostas para furto ou comercializa√ß√£o com traficantes. S√≥ ele.

    Responda
    1. Eduardo Vasconcellos Oliveira

      Esse deve ser mais um boboca bolsonarista, gente de bem.

    2. Franco Oliveira

      Que comentário preconceituoso! Os traficantes adoram quando comentários assim deturpam a visão dos benefícios da liberação da maconha para uso medicinal e recreativo. Para os traficantes é muito bom ter mais gente presa para incluir no crime organizado.

  7. Nilton Silva

    O Suplicy está muito à frente do seu tempo.

    Responda
  8. cesar baldon

    Infelizmente o Brasil ainda não está preparado para este debate, a direita é contra e não sabe o porquê.

    Responda
  9. Enos Mendes

    Fumou a vida toda isso pelo jeito só pra falar ashneira...

    Responda
    1. Eduardo Vasconcellos Oliveira

      Esse é mais um boboca bolsonarista mugindo.

    2. Alberto Henrique

      Não sabia que bolsonaro é maco;nheiro. Hahahahaha

  10. MARCO ANTONIO POLISELI

    Vai ser uma festa!!!

    Responda
  11. antonio brito

    Um exemplo vivo do efeito colateral da cannabis: o Suplício. Plantar feijão, a vinte reais o quilo, o MST não quer, mas maconha mano tudo bem.

    Responda
    1. Eduardo Vasconcellos Oliveira

      Mais um boboca bolsonarista mugindo.

  12. ARY OLIVEIRA

    Um ou outro cigarro de marijuana deputado??

    Responda