Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. MERCEDES NAZAR CANDIDO

    Lula e seu governo neoliberal! (Abner Nazar√© C√Ęndido)

    Responda
  2. Milton Nauata

    O MEC vem "enviando esforços" ou envidando esforços, quero crer q houve erro de grafia e não de ortografia. A Folha deve cuidar melhor da sua ferramenta de trabalho, a palavra escrita.

    Responda
  3. César de Oliveira lima

    ¬ďPara emendas de parlamentares, mais subs√≠dios para empres√°rios e a gastan√ßa com juros da d√≠vida n√£o tem controle de gastos. Isso s√≥ vale para os sal√°rios dos servidores.¬Ē Vicente Machado.

    Responda
  4. JOSE CAMPOS

    Quem limita a discussão no Brasil a esquerda e direita é tão limitado quanto essa lógica simplista.

    Responda
  5. JOSE CAMPOS

    Com medo do Bolsonaro ninguém fez greve. Agora que tem um governo democrata usam e abusam de um instrumento radical. .

    Responda
  6. Mario Silveira

    Deixo aqui minha risada.

    Responda
    1. José Afonso Mota Mota

      Deixo minha curiosidade. Você deveria saber dizer do que está rindo. Quem ri sem saber do que, é bobo.

    2. José Afonso Mota Mota

      Deixo minha curiosidade. Você deveria saber dizer do que está rindo. Quem ri sem saber do que, é bobagem.

  7. Gerivaldo Nogueira da Silva Nogueira

    Os trabalhadores da educa√ß√£o foram ingnorados pelo governo de extrema direita, esperaram a chegada de lula 3, um governo de centro, para iniciar as negocia√ß√Ķes sobre perda salarial e condi√ß√Ķes de trabalho. √Č preciso ter consci√™ncia de que ser√£o quatro anos apagando inc√™ndio, a greve √© o ponto de partida? O atual governo vem se negando ao di√°logo? √Č importante essas informa√ß√Ķes, em que p√© est√£o a negocia√ß√£o?

    Responda
    1. Joao Quadros

      E , tem sempre a velha passada de pano. Com L teve greve em 2008, com a sra D em 2011 e 2014. Com Sr B n√£o teve porque n√£o quiseram, podiam ter feito isso em 2019 ou 2022, mas esperaram o sr L de novo.

    2. vicente oliveira

      E o fim das famigeradas aulas on LINE,que desde a pandemia domina a federais?se for prá dar aulas presenciais de qualidade,a greve pode até se justificar,mas se for pra continuar no enrolation da aulinhas de mentirinha on LINE, já tão recebendo salário alto demais.

  8. Tersio Gorrasi

    O amor venceu

    Responda
    1. José Afonso Mota Mota

      Esse é o nome de um livro. O sobrenome da escritora é gaspareto. Eu li e gostei. Você também deve ter lido. Faltou introdução em seu texto. Zibia Gaspareto se não me engano.

  9. Matias Santos

    Durante o DesGoverno, a √°rea da educa√ß√£o foi atacada severamente e se destacou ao defender os pilares da democracia. Por√©m, paradoxalmente, a valoriza√ß√£o concedida √†s bases do bolsonarismo n√£o foram estendidas aos servidores da Educa√ß√£o. Enquanto a PF e a PRF e receberam reestrutura√ß√£o e aumentos salariais significativos (mesmo ap√≥s bloqueios seletivos nas BRs), o mesmo n√£o ocorreu com os profissionais da educa√ß√£o. √Č importante repensar essa discrep√Ęncia e valorizar o futuro.

    Responda
    1. Mateus Santana

      Perfeito.

  10. Raymundo de Lima Lima

    Onde estavam os lideres dos professores federais no des-governo anterior bolsofrênico? Só agora vem fazer greve? Ou tem influência extremista-direita no movimento grevista? O mesmo ocorre com o MST, q só com o governo Lula-Alckimin fazem movimeto d invasão.

    Responda
    1. Paulo Sérgio

      Os sindicatos n√£o fizeram greve por causa da pandemia.

  11. Paulo Sérgio

    O PT cacareja para a esquerda e bota ovos para direita. Esse cenário é a consequência direta do arcabouço fiscal, invenção do PT.

    Responda
  12. Carlos Eduardo Salles

    Foram três anos com o vampiro e outros quatro com o coisa ruim sem aumento, agora querem recuperar estes sete anos numa tacada só?

    Responda
  13. Carlos Amorim

    " A economia a gente vê depois". O depois chegou pessoal, justa ou injusta a greve, não tem dinheiro.

    Responda
    1. jose fior neto fior

      Tem dinheiro,sim, pergunte ao Arthur Lira. O centr√£o tem mais de 50 bilh√Ķes pr√° comprar votos na pr√≥xima elei√ß√£o. √Č s√≥ direcionar a verba do centr√£o para o MEC.

  14. Carlos Amorim

    O pais √© pouco produtivo. A m√£o de obra √© mal formada. Os sal√°rios p√ļblicos tem rela√ß√£o direta com o quando o governo consegue arrecadar. Os professores fazem greve e d√£o p√©ssimas aulas, com pouco compromisso com o resultado dos alunos. O pais ser√° pouco produtivo no futuro, vai faltar dinheiro pra aposentadorias e melhores sal√°rios.

    Responda
  15. Rogerio Ribeiro

    Eu eu avisei que seria assim. N√£o h√° surpresas pra mim.

    Responda
  16. Alípio Dias dos Santos Correia

    A Educa√ß√£o nunca foi prioridade em nenhum governo. Quem tiver d√ļvidas visite uma escola de "ensino fundamental", fase mais importante do aprendizado, no entanto, a menos assistida. Compare os sal√°rios e planos de carreira dos professores do fundamental e das universidades! Compare as instala√ß√Ķes, ali√°s, compare tudo! As universidades est√£o certas em seus movimentos, mas a educa√ß√£o, em todos os n√≠veis deveriam acompanhar. A Educa√ß√£o precisa de uma revolu√ß√£o, que certamente n√£o partir√° do governo.

    Responda
    1. Carlos Amorim

      Como ficou claro na pandemia, com com√©rcio, clube, hotel, est√°dio de futebol e col√īnia de f√©rias dos professores voltando presencialmente antes das escolas e das universidades.. educa√ß√£o n√£o √© prioridade nem para os professores.

    2. Alípio Dias dos Santos Correia

      *deveriam acompanh√°-la.

  17. Lucas Travassos

    Muitos comentários reclamando da greve dos professores. Ninguém com coerência para reclamar do reajuste da PRF, PF, Banco Central, Judiciário, Militares...? Onde a maioria da elite brasileira estudou? Nas federais é claro!!!

    Responda
  18. wanderley dantas

    4/5 anos sem reajustes as perdas salariais se avolumaram. Repor isso numa tacada só é difícil !!

    Responda
    1. Raymundo de Lima Lima

      Exato. Esquizito ou esquizofrênica esta greve só agora no governo Lula-Alckimn?

  19. Maria da Graça Pimentel

    Cada "argumento" do pessoal das extremas... A culpa não é totalmente deles.. foram manipulados pra pensarem exatamente como comentam aqui...

    Responda
  20. Mauricio Coelho goiato Goiato

    Vão dar um tempo na pregação do comunismo .

    Responda
    1. vicente oliveira

      Até hoje ,com esse papo de aranha? tenha dó.

    2. Pedro Nolasco de Carvalho

      N√£o teve capacidade de entrar em universidade p√ļblica e agora as odeia, t√≠pico.

    3. Marisa Oliveira

      Voc√™ n√£o estudou em uma institui√ß√£o federal, n√£o √©? Sua limita√ß√£o √© ineg√°vel ao aceitar a ideia estapaf√ļrdia de um grupo de ig no ran tes. Mas entendo sua frustra√ß√£o.

    4. Maria da Graça Pimentel

      Você aprendeu isso com quem? muskito?

    5. Lucas Carniel

      Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

  21. Daniel Nunes Guimar√£es

    Reajuste mixuruca. E ainda dividido em três anos. A defasam deve chegar aos 40%. E basta ver os reajustes que tiveram a PF, as Forças Armadas e o Poder Judiciário. Só podem ser professores esquerdistas que comandam essas greves e não querem incomodar o governo do amor.

    Responda
    1. Matias Santos

      Não é reajuste. Na verdade, é uma micro recomposição que não reflete as perdas de quase 40% dos anos anteriores.

  22. Cristiano Braune Wiik

    Lula... você é o campeão do insisto mas desisto. Que pena.

    Responda
  23. Jose Edmar de Lira

    O governo Lula não tem comparação com o anterior, golpista, negacionistta. Agora precisamos de reposição salarial!!!! tá faltando dinheiro e sobrando dias no mês. A UFAL ..... universidade de Alagoas deverá entrar, também, em greve. sou professor titular com pós doutorado e ganho igual ao nível médio da justiça. tem jeito isso...........não que eles estejam ganhando bem, somos nós que estamos na miséria.........

    Responda
  24. Tito Bernardi

    O "amor" venceu... mas o "amor" custa caro...

    Responda
    1. Maria da Graça Pimentel

      Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

    2. Tito Bernardi

      O "amor" de Lule pelo ensino p√ļblico e gratuito. As universidade federais sem verbas, sal√°rios achatados, tadinhos... acreditaram non "amor"...

    3. Lucas Carniel

      Amor de quem? Eu só tenho ódio e nojo, especialmente de bolsonarista

  25. rosana gaio

    Como fica o Aposentado Estatutario??? Alguem sabe que esse SER existiu???? Tudo desgoverno. Brincam com a educacao e a ciencia. Mto desanimador.

    Responda
    1. Maria da Graça Pimentel

      Herança maledita

  26. Marcos Longaresi Carvalh√£es

    N√£o estou entendendo mais nada, a maioria dos diret√≥rios acad√™micos e dos professores e funcion√°rios das universidades p√ļblicas s√£o militantes e eleitores da esquerda, fazer greve para que. Chupa que √© de uva, senta que √© de menta.

    Responda
    1. Ana Maria Rocco

      Quantas inverdades no que escreve. Seria bom ter algum conhecimento no assunto antes de sair escrevendo em jornal de grande circula√ß√£o. Veja quantas patentes por brasileiros s√£o depositadas no INPI com autores de universidades p√ļblicas. At√© onde consta, patentes n√£o s√£o depositadas por qualquer "Z√© Man√©". A "alucina√ß√£o do comunismo" habita mentes menos produtivas.

    2. Fernando Nascimento

      O li xo Bolsonarista não entende que quando um candidato que votamos ganhar temos é que cobrar dele, e não ficar idolatrando cegamente como fazem com o mi to .

    3. Mateus Santana

      Como se o desgoverno Bozo fosse melhor¬Ö

    4. Maria Desirée Diniz Miranda

      Ser de esquerda e apoiar o governo da situa√ß√£o n√£o significa concordar com tudo e achar que est√° tudo √≥timo. Sem d√ļvidas, melhor que na gest√£o passada. Justamente porque √© um governo democr√°tico, h√° espa√ßo para que sejam feitas as justas reivindica√ß√Ķes pelos trabalhadores da educa√ß√£o, administrativos e docentes , cujos sal√°rios est√£o bastante defasados.

    5. Larissa Alves da Silva

      Pior que a resposta pra sua d√ļvida tava no segundo par√°grafo, mas entendo que ler n√£o √© pra todo mundo n√©...

  27. paulo machado

    Curioso ver este sindicato propondo greve por conta do sucateamento das universidades no governo Bolsonaro. Onde estavam estes "lideres " traíras quando isto aconteceu? Ficaram em silencio conivente. Nem piaram em greve . O que estavam ganhando para ficarem quietinhos com o desmonte e a demonização do ensino superior pelas extrema direita ? Respondam pelegos ?

    Responda
    1. Tito Bernardi

      N√£o fizeram greve nos governos anteriores e ir√£o fazer agora? Sinal que o atual governo est√° realmente indo muito mal...

    2. Maria da Graça Pimentel

      Vossa excelência não usou máscara nem fez isolamento nem trabalhou remotamente durante a pandemia?... Quantos morreram por conta disso?

    3. Mateus Santana

      Queria greve durante a pandemia?

  28. Rubia Celina

    Estranho, estudantes e professores firam impulsionadores de voto do PT, os campus e campis principalmebte das federais eram verdadeiros comitês eleitorais desse governo desastroso, mesmo passar pelos 2 anos do temer + 4 do governo Bolsonaro sem nem falar em greve. Qual a vantagem desse governo para a educação?

    Responda
    1. Maria Desirée Diniz Miranda

      Lula, em governos passados, foi responsável pela modernização das federais, pela capilaridade do ensino superior nos interiores, pela criação de benefícios estudantis. Fui aluna de uma federal antes de Lula, quando nem papel higiênico nos wc havia e fui aluna novamente, depois de Lula, onde encontrei Novos blocos , ar condicionado, projetores multimídia, etc. Sei bem do que estou falando…

  29. Francisco Barbosa

    Quatro anos de um governo que congelou verbas obrigat√≥rias, atentou contra a autonomia universit√°ria nomeando seus parceiros como reitores, perseguiu professores com processos administrativos, negou a ci√™ncia e a pesquisa, e os professores universit√°rios n√£o fizeram uma √ļnica greve, ao contr√°rio, ficaram pianos no ensino remoto. Greve para ficar em casa e abandonar os campi √© retrocesso. No in√≠cio de um novo governo que respeita a educa√ß√£o: √© oportunismo e denota covardia.

    Responda
    1. Francisco Barbosa

      O ensino remoto em uma universidade √© contraproducente, pois a universidade n√£o √© apenas aula, √© pesquisa, extens√£o, uso das bibliotecas, laborat√≥rios, etc. A forma d√≥cil com que os professores das federais aderiram ao ensino remoto traz preju√≠zos at√© hoje, com os campi esvaziados, bancas e reuni√Ķes online, pouca presen√ßa docente e de servidores nos espa√ßos f√≠sicos. Fazer greve para continuar a preencher o Lattes em casa √© uma ilus√£o. E pode tornar ainda menos atrativa a vida discente nos campi.

    2. Mateus Santana

      Como seria possível fazer greve na pandemia.

  30. Rodrigo Izquierda

    As negocia√ß√Ķes j√° est√£o em andamento. Os professores universit√°rios tiveram aumento em 2023, ap√≥s anos sem aumentos do desgoverno passado.

    Responda
    1. rosana gaio

      Aumento???? Foi para vale refeicao e creche. O aposentado ficou com uma reposicao de inflacao. Hoje existe o servidor ativo e o inativo estatutario, esse esquecido totalmente.

  31. Fernando Martins

    Falta a informação sobre a UFMG!

    Responda
    1. Fabiana Menezes

      Medicina, Direito, Letras, Engenharias n√£o se mobilizaram¬Ö

  32. Mateus Santana

    Quem é contra a greve dos técnicos e docentes dos institutos e universidades federais desconhece a falta de recursos e a defasagem dos salários que vem ocorrendo desde o governo Temer. Bozo piorou ainda mais a situação. A greve acontece em um governo do do qual justamente se espera melhor tratamento com a educação, pesquisa e ciência.

    Responda
  33. Rafael Silva

    Onde estavam esses sindicatos pelegos na era Bolsonaro?

    Responda
    1. Graciela Carvalho

      Esses sindicatos estavam na rua lutando contrrao Teto de Gastos, lutando em defesa da educação e da ciência, combatendo a PEC da reforma administrativa....é fácil criticar sentado no sofá

    2. Alexandre Fonseca Junior Matos

      Mateus não é plena verdade.

    3. Mateus Santana

      Sobrevivendo a uma pandemia, Rafael.

  34. luiz alfredo Rezende

    Façam o L kkkkkkkk

    Responda
    1. IVAN MATHIAS FILHO

      Seu ex-presidente queria acabar com a educa√ß√£o p√ļblica!!! Tens massa cinzenta debaixo do cabelo?

    2. IVAN MATHIAS FILHO

      Está rindo do quê?

  35. José Sovierzoski

    Quanta mentira, disseminam Fake News, o Presidente Lula investiu trilh√Ķes na educa√ß√£o, aumentou o sal√°rio dos professores, melhorou a infraestrutura, construiu 100 novas universidades, contratou centenas de milhares de professores o Brazil est√° no rumo, rumo ao abismo.*LOVE WON!*

    Responda
  36. Florentino Fernandes Junior

    A tchurminha estava com saudades de uma grevinha remunerada. Tudo pela educaçao

    Responda
  37. Renata Godoy Barros

    Falta os instituto federal de S√£o Paulo e a ufscar

    Responda
    1. Vitor Heisenberg

      Tomara que parem. Os índices de qualidade de ensino se devem em grande parte a profissionais corretamente remunerados, uma vez que a falta de incentivo financeiro por parte do empregador causa descontentamento e os alunos devem ser prejudicados com a ausência de professores e verbas de incentivo à iniciação científica e manutenção do equipamento de ensino.

    2. Ana Maria Correia Miranda

      Tomara que n√£o parem. Agora que o calend√°rio estava se equilibrando, depois que eles ficaram parados um semestre inteiro, achando que a pandemia seria passageira¬Ö se pararem, v√£o novamente prejudicar os alunos. Greve √© um direito sem d√ļvida, mas negociar √© um dever.

  38. Cristiano Braune Wiik

    Por que n√£o fizeram isso no governo Jair Bolsonaro? Medo?

    Responda
    1. Mateus Santana

      Porque existia uma pandemia.

    2. marcos fernando dauner

      porque a maioria dos professores s√£o bolsomitas militantes .

    3. cayo honorato

      A pessoa se esqueceu da pandemia. Deve ser covid longa.

  39. jose ferreira

    Nossa! Vai fazer uma falta nada.

    Responda
    1. jose ferreira

      USA

    2. Angelo Guilherme Grassi Scomazzon

      Aprendeu como? Sozinho? Ou rodou no vestibular da federal e recalcou?

    3. jose ferreira

      Electrical engineer and master in business administration.

    4. Gabo Franca

      Pra quem n√£o estuda n√£o faz falta...

  40. vicente machado

    Essa é a mesa nacional da enrolação. Quando houve interesse duas mesas funcionaram rapidamente(polícia federal e receita federal). As demais, já instaladas, estão paralisadas. Somente agora com o início da greve de funcionários e com a ameaça da greve dos professores o Governo tenta uma proposta. Para emendas de parlamentares, mais subsídios para empresários e a gastança com juros da dívida não tem controle de gastos. Isso só vale para os salários dos servidores .

    Responda
    1. César de Oliveira lima

      Permita-me replicar a parte final do seu comentário pois resumiu certeiramente a realidade do Orçamento Federal brasileiro.

  41. Vitor Heisenberg

    A luta continua.

    Responda
  42. Carlos Reis

    Os prejudicados de sempre: os alunos e a Educação.

    Responda
    1. MARCIO CARNEIRO DE ALBUQUERQUE

      Por qual razão um Professor doutor, possuidor de um currículo invejável, a maioria com fluência em dois ou mais idiomas, permaneceria sendo docente, se o salário não for atrativo... Se há uma defasagem salarial real, tal defasagem é atentatória a qualidade do ensino e restringe a produção cientifica e tecnológica do país. Greve sim. Um Auditor fiscal em inicio de carreira ganha R$22.000,00 um Professor Federal ganha R$8.000,00. GREVE SIM.