Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. José Eduardo Campos

    Cada uma, um, sabe de si. Posto isso, cabe sempre uma palavra: bom senso. Se a mulher se sentir bem só, tudo bem. Se, no entanto, tiver um parceiro que a faça verdadeiramente feliz, tanto melhor. Que, no fim, vamos desejar que todos sejam felizes, se Deus quiser, Amém

    Responda
  2. Vitor Gomes de Almeida

    Naturalmente os seres podem se conectar para uma rela√ß√£o profunda, o problema √© que s√£o tantas informa√ß√Ķes e regras que est√° dif√≠cil o amor acontecer simplesmente

    Responda
  3. mizael dias

    Cai na conversa fiada do homem encantador, legalzinho, famosinho de rede social, dá é nisso.

    Responda
  4. ENAIDE HILSE

    Cara Andreza, a situa√ßao √© desanimadora, mas aconselhar as mulheres a aprender a se satistazer saxualmente sozinhas √© deprimente. O maior problema deve ser que no Brasil parece haver um n¬į muito maior de homens homossexuais do que de mulheres l√©sbicas. A ci√™ncia poderia resolver situa√ßao. Ap√≥s uma pesquisa, poderiam oferecer vantagens a casais que quisessem ser pais de um menino. Produzindo meninos na propor√ßao da diferen√ßa entre homossexuais e l√©sbicas haveria uma sociedade equilibrada.

    Responda
    1. Athayde Carneiro

      se analisarmos bem, sua proposta não faz sentido. sugiro verificar os casos de violência doméstica e abusos, no que concerne a quem mais os pratica, homens ou mulheres.

  5. Marcelo Innecco

    A primeira mulher que falou a respeito disso foi Rita Cadilac. √Č verdade. Ela surpreendeu muita gente, dizendo que tinha feito uma pausa de 8 anos, ficando sem se relacionar com ningu√©m antes de recome√ßar. Para as mulheres que querem engravidar, infelizmente, o tempo conta: j√° que muitos m√©dicos n√£o recomendam gesta√ß√£o depois dos 35. Ficar s√≥ √© bastante importante para desenvolver-se: ter o pr√≥prio espa√ßo.

    Responda
  6. NELSON POA

    Entramos no que se diz hoje de relacionamento t√≥xico, e relacionamentos s√£o inst√°veis porque as mulheres j√° tiveram os seus sofrimentos, as suas batalhas, as suas decep√ß√Ķes, todo mundo tem em maior ou menor intensidade. A quest√£o √© saber escolher bem o seu parceiro, em qualquer tipo de rela√ß√£o, os dois lados precisam andar lado a lado, terem afinidades que s√≥ de olhar o outro j√° sabe o que vai dizer, de que a vontade de querer ficar com o outro supera as expectativas de qualquer decis√£o.

    Responda
  7. LUIS PASSEGGI

    Quanta solid√£o , quanta tristeza no horizonte. √Č o que o fil√≥sofo chamava ¬ďpaix√Ķes tristes¬Ē. O perfil dessas mulheres √© irresist√≠vel para os predadores sexuais, tipo calvo ou careca de alguma bebida , estelionat√°rios emocionais. Darwin awards. Vida que segue.

    Responda
    1. mizael dias

      Sou careca, sou muito honesto e respeitador, e não entendi sua colocação. Seu texto, além de ser medíocre com a comparação, falta coesão de ideias.

    2. Fernando Sanches

      Até quando as mulheres decidem viver suas vidas sozinhas e com leveza aparece alguém de algum bueiro para culpar os homens de alguma coisa.

  8. Leonard Nun

    Cada pessoa tem sua história e seus traumas, não dá para generalizar o que fazer, como na matéria. Apesar de vivermos cada vez mais parecido como no livro 1984 em que as mulheres se dedicam apenas ao trabalho, contrárias ao relacionamento e aos filhos, as famílias são substituídas por uma poupança, sob efeito do "bem estar". Celebraremos a vitória do Grande Irmão.

    Responda
  9. Alexandre Pereira

    Estou no bourgeoisiesober. Isso da tendência do 0,001% da sociedade, seja qual for o gênero, em qualquer idade, já deu.

    Responda
  10. Fabiano De Santana

    Sabe aquela cena de Jurassic park que o cientista explica como as femeas de dinossauro se reproduziram num ambiente sem machos -ele explica que a vida segue seu curso. Mas só que não kkkkkkkk

    Responda
  11. Felipe Ara√ļjo Braga

    Melhor assim, sobra mais macho pra mim! Kkk

    Responda
    1. Matheus Crisostomo

      Pra nós, amiga. Kkkk.

  12. Celso Augusto Coccaro Filho

    Mais uma matéria ridícula com termo inglês deslocado e pedante, boysober. Que tal este, journalisticphobia?

    Responda
  13. Emanuel Mello

    Sejam felizes, também. A minha esposa está comigo e somos felizes.

    Responda
  14. luiz lunardi

    Estamos em transição aqui no Brasil. As mulheres queriam a liberdade-igualdade porém não avaliaram os contras. As coisas vão se ajustar pois, desse jeito, todos sofrem nos relacionamentos conjugais.

    Responda
  15. Emilio Bazzani

    E vice-versa. Melhor sozinho!

    Responda
  16. Fabíola Lami Ferrari

    Pauta do dia: como falar mal dos homens? Ah...as héteros...como lacrar? Vamos falar sobre mulheres que "optaram" pela ausência masculina! Queria ver como cada uma delas recusaria uma noite, apenas uma que fosse, com um homem maravilhosamente sensual e interessante. Zero chance disso acontecer. Normalizar um problema não resolve o problema. E não é problema buscar um homem e um amor, o problema costuma ser não consegui-lo. Melhor encarar a realidade do que inventar mentiras tolas.

    Responda
  17. Eduardo Rocha

    A pr√≥pria Folha traz a solu√ß√£o na mat√©ria seguinte. Fa√ßa como o homem que casou com um holograma. N√£o tem preconceitos, problemas pessoais, contradi√ß√Ķes, nem sequer respira e solta gases!

    Responda
  18. Angela Rabello

    Em resumo:"antes só do que mal acompanhado " e isso vale para qualquer gênero

    Responda
  19. José Eduardo Ribeiro Moretzsohn

    "Boysober" será melhor traduzido como "não dependente de homens". "Sóbria de homens" = "não dependente de homens".

    Responda
  20. Ana Paula Amaral

    Que qualquer pessoa tem a liberdade, isto é óbvio, mas a misandria descarada continua.

    Responda
  21. Gabo Franca

    Que gente es tranha em festa es quisita!

    Responda
  22. Ana Paula Arendt

    Acho ruim generalizar m√°s experi√™ncias com homens como justificativa para inviabilizar relacionamentos futuros. √Č preciso se reparar, a fim de falar em uma livre escolha. Por√©m se v√™, pelo inc√īmodo dos homens com essas mulheres, que existe um √≥dio, sim, √†s mulheres que preferem ficar sem um homem, do que viver insatisfeita com um deles: advindo de estere√≥tipos. Igual dignidade haver√°, quando uma mulher optando seguir dispon√≠vel seja t√£o admirada quanto os solteir√Ķes... Caminhemos nesse rumo!

    Responda
    1. Fabíola Lami Ferrari

      Solteir√Ķes nunca foram admirados. Pelo contr√°rio: s√£o olhados com desconfian√ßa socialmente. Homens e mulheres sofrem, de maneira diferente, com os julgamentos sociais.

  23. Marilena marques salvati

    Lendo os coment√°rios me senti provocada! Bem inegavelmente as mudan√ßas relacionais, comportamentais entre homens e mulheres, sobrepujaram um hiato consider√°vel. Para os dois lados, para n√≥s mulheres que atrav√©s da hist√≥ria e da luta das mulheres anteriores, gozamos de nossa liberdade dentre outras coisas e para os homens que percebem que o antigo ¬Ďpapel¬í do homem, n√£o interessa mais nas rela√ß√Ķes amorosas sobretudo. E portanto, n√£o √© guerra entre ambos, mas escolhas reais, aproveitemos.

    Responda
    1. Edgar Alves

      O "antigo" papel do homem n√£o interessa at√© a p√°gina 02 do livro. Quando a mulher n√£o consegue abrir um pote de palmito, trocar uma tomada ou a resist√™ncia do chuveiro, trocar o pneu do carro no meio da estrada.. Sem contar servi√ßos tipicamente masculinos como as for√ßas de seguran√ßa (mulheres n√£o v√£o pro confronto), descarregar caminh√£o, trabalhar com plataformas de petr√≥leo, pedreiros... Esse discurso que papel do homem n√£o existe √© a maior mentira. √Č um discurso contra a realidade.

  24. Gabriel França

    Que gente estranha...

    Responda
    1. Celso Augusto Coccaro Filho

      Nem diga. Lembra aquele filme ¬ďInvasores de Corpos¬Ē. Que medo.

  25. george abib

    Ser ou n√£o ser, eis a questao.

    Responda
    1. jarbas cabral

      Só sei que nada sei.

  26. Alberto Bianco

    Não quer relacionamento, não tenha, de mentira o mundo tá cheio, se quer se enganar, azar o seu mas não desconte no sexo oposto sua frustração, o erro é seu, de mais ninguém, isso vale pros dois lados, afinal, quem escolhe é você!

    Responda
  27. Edgar Alves

    Mais uma mat√©ria desconstruindo q figura masculina e exaltando a feminina, sem nenhuma raz√£o. √Č um discurso de √≥dio disfar√ßado, assim como outras in√ļmeras mat√©rias semelhantes ao longo dos anos. Com narrativas falsas, distorcidas e manipuladas v√£o conseguindo aumentar os privil√©gios femininos e punindo cada vez mais os homens por serem.. homens. A culpa nunca √© delas. Escolhem mal o parceiro, tendem a escolher o mais disfuncional na maioria das vezes e depois reclamam como se todos fossem iguais

    Responda
    1. Fernando Sanches

      E se um homem decidi discordar de alguma coisa, com argumentação e educação, ainda corre o risco de ser chamado de machista.

    2. Celso Augusto Coccaro Filho

      Edgard, não se abata. Faça detox total de Andrezas de Oliveira, há mulheres legais às pencas

  28. Nelson Franco Jobim

    Se ler livros e maratonar séries são privilégios, há algo errado no relacionamento. Homens e mulheres têm de ser mais adultos nos relacionamentos e deixar claro o que pretendem, o que os faz felizes e de que não gostam. A regra agora é de igualdade. Os homens têm de aceitar isso e as mulheres precisam se impor sem querer dominar a relação, sem inverter os papéis do passado.

    Responda
  29. Renato Faccioly de Aguiar

    O mesmo discurso das mulheres mal amadas de sempre.

    Responda
  30. Felipe Vasconcelos

    Os homens precisam recusar a ideia de que as mulheres possuem a hegemonia a respeito dos discursos sobre a afetividade na pós-modernidade. Não há uma superioridade moral que as coloquem nessa posição de privilégio.

    Responda
    1. Chiara Gonçalves

      Boa!

  31. Luis Nunez

    O título não precisava trazer o termo "heterosexuais".

    Responda
  32. Gustavo Mendes

    Sinto por elas e por suas experiências. Já as 4 mulheres da minha vida me amam, sentem minha falta quando estou fora, e estão sempre sorrindo quando estou por perto. A recíproca é verdadeira. Por isso, sinto, mesmo, pelas mulheres retratadas na matéria.

    Responda
    1. Gustavo Mendes

      N√£o preciso, obrigado. O amor delas por mim me basta, n√£o preciso de rancores e ressentimentos de uma desconhecida. √ďtimo domingo para ti.

    2. Larissa Alves da Silva

      Toma o seu biscoito.

  33. Marcelo Galvao de Oliveira

    Que sorte dos homens ficarem a salvo dessas mulheres. Uma benção. Livramento que se diz né?

    Responda
  34. Gustavo Ferreira

    Pra ganhar na internet tem que inventar algo exótico. Não recrimino, é trabalho.

    Responda
  35. alessandro souza

    PL√°gio da repill...rs

    Responda
    1. Felipe Vasconcelos

      A mídia trata os redpill como doentes mentais perigosíssimos, que propagam o ódio à mulher. Já com as senhoritas dessa reportagem a abordagem é positiva. Querem fugir de homens tóxicos, querem um tempo para si, para se curar, querem liberdade e por aí vai.

    2. Gustavo Ferreira

      sim. impressionante.

  36. Jane Medeiros

    Na era das "rela√ß√Ķes l√≠quidas" express√£o cunhada por Bauman, mulheres devem exercer seu direito de escolha livremente, sem se submeter √† modelos! Construam sua autonomia econ√īmica e emocional e invistam no autoconhecimento. A felicidade √© uma constru√ß√£o individual! Mirando pro lado e encontrando um parceiro √† altura, fiquem e desfrutem!

    Responda
  37. Eduardo Vianna

    Por que homens precisam palpitar em tudo?...o texto é sobre mulheres que escolheram um dar um tempo de relacionamentos heteros. Amigo leitor sua opinião sobre o que você faz com sua vida sexual, como se relaciona atualmente, o que pensa da geração atual ou de rede social ninguém está interessado, entenda, o mundo não gira em torno de sua masculinidade e auto estima, vai jogar bolo com os brothers vai.....

    Responda
    1. Alexandre Pereira

      Se chama espa√ßo p√ļblico, camarada, aceite que d√≥i menos.

    2. luiz lunardi

      O problema é que a dificuldade de relacionamento afetivo entre homens e mulheres afeta todos.

    3. Gustavo Mendes

      Surreal a pretens√£o autorit√°ria no coment√°rio.

    4. Gustavo Ferreira

      Em todas matérias aparecem i% d i %o% t a s censuradores... isso é mesmo uma democracia?

    5. Geraldo Couto

      O direito dos outros opinarem é o mesmo seu. O mundo está perdido com os esquerdistas que se fazem de defensores de quem não precisa da defesa deles. Puro gosto de aparecer. Seu nome é de homem e você também está dando palpite. Para te ser sincero, também não estou interessado na sua opinião

  38. Gustavo Michelin

    Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

  39. Andre Lou

    Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

    1. Andre Lou

      Ha ha ha! Gustavo Mendes, patético é quem acredita na minha piada e não entende meu sarcasmo com esse tipo de burrice enlatada como o do artigo em questão. A pessoa que escreveu aquele (e quem fica repetindo e batendo palma) artigo é desonesta e nunca vai se "detox" da verdadeira fonte da mazela: ela mesma!

    2. Gustavo Mendes

      Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

  40. Rodolfo Rodrigues

    E pensar que eu ainda pago para ler essas asneiras. O tonto aqui sou eu.

    Responda
  41. Leila de oliveira

    Me incluo nessa estatística. Estou, conforme ouvi de um amigo, "casada com a maternidade". E feliz.

    Responda
    1. Mariano Guimar√£es Portela

      Quando n√£o curte o sexo (n√£o d√° prazer por N motivos) ou vc comete suicidio (talvez algum homem tenha feito mesmo) ou vc vai atr√°s de outros prazeres¬Ö facil

  42. CID MAROCCI GONCALVES SILVA

    Deve ser a resposta ao red pill.

    Responda
    1. João Vergílio

      Vão acabar se apaixonando. Almas gêmeas. [Comentário curto submetido aos censores da FSP]

  43. Ana Rodrigues

    N√£o sei porque demoraram tanto para entender o √≥bvio. O que √© bom n√£o precisa a ¬ďsociedade¬Ē obrigar ningu√©m a fazer. Quando existe muita press√£o e cobran√ßa √© porque querem te empurrar para uma fria. Agora que a mulher n√£o precisa ser dependente financeiramente de ningu√©m, n√£o existe desculpa para ela n√£o buscar a felicidade poss√≠vel, mesmo que isso signifique ficar sozinha. Principalmente enquanto a viol√™ncia dom√©stica, a tripla jornada e a supremacia do instinto forem uma realidade.

    Responda
    1. luiz lunardi

      Dificuldade de conviver com a pluralidade. Pregar o isolacionismo √© a p√° de cal sobre nossa intoler√Ęncia pelas diferen√ßas.

    2. luiz lunardi

      Dificuldade de conviver com a pluralidade. Pregar o isolacionismo √© a p√° de cal sobre nossa intoler√Ęncia pelas diferen√ßas.

    3. Joao Quadros

      Parabens Ana, no meio de tanta coisa louca, uma opini√£o bem sensata. As pessoas podem ser felizes sozinhas, com outros, de bem com a vida, sem precisarem provar nada a ninguem, nem a si mesmas.

  44. Licia Aihara

    Hilarios, os comentarios!

    Responda
    1. Carlos Jardim

      dos com nome masculino? a maioria deve ter escrito sem pensar ou bateu sincericídio ou é burrice mesmo

  45. Darci de Oliveira

    Lendo esse artigo sobre o boysober me convenci definitivamente : nós os homens somos uma aberração da natureza. O mundo deveria ter só mulheres, com reprodução por partenogênese ...

    Responda
    1. Darci de Oliveira

      Denise um pouco de mim : Sou casado há 57 anos com a mesma mulher e temos um convívio muito feliz ( com algumas saudáveis "brigas" eventuais ) porque sempre soubemos respeitar as diferenças e necessidades um do outro. Com relação à matéria da articulista, acho que as mulheres devem combater o machismo e não os homens, como acabas generalizando no teu post, salvo erro.

    2. Denise Souza

      √Č uma pena que talvez voc√™ esteja certo, mas em vez de cobrarem dos amigos que sejam pais mais presentes, que parem de abandonar a m√£e de seus filhos, que paguem pens√£o, que parem de estuprar e matar, que parem de assistir pornografia... n√£o, sempre jogam nas nossas costas, n√≥s que sempre somos o problema, autorresponsabilidade zero, n√≥s que temos que pedir, explicar, fazer... cansa

    3. Darci de Oliveira

      Acho que o João Garcia não sabe o que é uma ironia... Ou é tonga mesmo ...rsrsrs

    4. Jo√£o Garcia

      Você aceitou de bom grado toda essa narrativa que demoniza os homens. Te fará um bem enorme valorizar e se orgulhar da sua masculinidade.

  46. Araguaci Faustino da Silva

    De novo, a culpa √© dos homens. Quando as mulheres pararem de culpar os outros pelos seus problemas, eles e elas estar√£o prontos para conversar. Mas essa de jogar a culpa em n√≥s, j√° deu. E esse papo de "sozinha vivo melhor", tenho minhas d√ļvidas.

    Responda
    1. Anderson Francisco

      Quando leio comentários como o do senhor, entendo porquê as mulheres preferem ficar sozinhas.

  47. victor hugo teixeira

    Em breve vao lançar o dextox de amigos (friendsober) e dps dextox de familia (familysober). Dps o movimento eu sou uma ilha auto suficiente. Mas por que nao lançam o dextox de rede social (instasober)? Que tal? Sintomático de uma época em que o neoliberalismo se aprofunda e toma conta da alma humana. Em vez de incentivar procurar relacionamentos saudáveis e com pessoas boas, incentivam o isolacionismo que vai gerar mais depressao e ansiedade. Cada dia o neoliberalismo inventa uma modinha nova.

    Responda
    1. José Davi

      Teixeira, coment√°rio perfeito.

  48. victor hugo teixeira

    Em breve vao lanchar o dextox de amigos (friendsober) e dps dextox de familia (familysober). Dps o movimento eu sou uma ilha auto suficiente. Mas por que nao lancham o dextox de rede social (instasober)? Que tal? Sintomático de uma época em que o neoliberalismo se aprofunda e toma conta da alma humana. Em vez de incentivar procurar relacionamentos saudáveis e com pessoas boas, incentivam o isolacionismo que vai gerar mais depressao e ansiedade. Cada dia o neoliberalismo inventa uma modinha nova.

    Responda
    1. victor hugo teixeira

      lançar

  49. RINALDO SOUZA COELHO

    Triste gera√ß√£o. Espremida entre seus pais e seus filhos. Sem identidade e cobrada por uma ideologia tir√Ęnica que prega a felicidade e a liberdade acima de qualquer coisa, at√© da pr√≥pria vida. N√£o surpreende que √≠ndices de suic√≠dio crescem em todos os lugares, em especial pa√≠ses mais desenvolvidos e classes sociais mais altas, tamanho √© a necessidade de se libertar de si mesmo sem saber bem para onde ir. O ressentimento, a m√°goa e o desamor s√£o as marcas dos tempos de hoje.

    Responda
  50. GILBERTO SILVA RAMOS

    Acho que não é nada demais....somente uma opção de cada mulher !! O mais importante é que sejam felizes com a opção que tomaram. Sobre esse papo de machismo.....a meu ver isso deveria ter ficado em um passado distante....mas.....

    Responda