Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Benedicto Ismael Dutra

    Talvez, melhor seria buscar conte√ļdo antes de 2020. Talvez v√° dar no mesmo. H√° s√©culos tudo foi contaminado dando ao falso apar√™ncia de verdade.

    Responda
  2. Benedicto Ismael Dutra

    As pessoas se deixaram envolver pela indol√™ncia. O tempo dispon√≠vel se torna cada vez mais curto. O que fazer com esse contingente humano? Como mant√™-lo ocupado para que n√£o crie confus√£o? As apar√™ncias v√£o mudando e segurando, mas algo est√° em forma√ß√£o. De um lado homens de direita e de esquerda buscando assar o bolo do comando √ļnico e central, de outro de forma invis√≠vel a Intelig√™ncia Natural, movimentada pelas leis c√≥smicas, fazendo o bolo com os ingredientes fornecidos pela humanidade.

    Responda
  3. Geraldo Mour√£o

    Inclusive este texto foi gerado por IA ,bem como este coment√°rio.!

    Responda
  4. Ney Fernando

    O perigo é essa IA se tornar consciente um dia e decidir eliminar aqueles que ameaçam destruir o planeta (nós, os humanos).

    Responda
  5. ROBERTO CEZAR BIANCHINI

    "Um estudo do Instituto de Estudos do Futuro de Copenhague prev√™ que 99% do conte√ļdo que ser√° postado na internet em 5 anos ser√° gerado por intelig√™ncia artificial." √ďtimo, isto ser√° o verdadeiro ouroboros. J√° h√° estudos provando que estes modelos de IA Generativa degradam muito r√°pido quando treinados com exemplos gerados por eles mesmos. As empresas que roubam conte√ļdo protegido e se fingem de bobas n√£o v√£o mais conseguir gerar conte√ļdo descente.

    Responda
  6. Fernando Alves

    Sintom√°tico que um dos maiores investidores em IA generativa esteja filtrando conte√ļdo posteriores √† populariza√ß√£o dela por ser lixxo. Gastam bilh√Ķes e bilh√Ķes e o resultado √© cria√ß√£o de lixxo. O Sam Altman queria capitalizar sua empresa em trilh√Ķes cujo maior prop√≥sito √© gerar lixxo. Em tempo, a IA vai bem. O que n√£o vai bem s√£o os ca√ßa-clique cem porcento curvados a uma tecnologia geradora de lixxo e trabalhando semana sim semana tamb√©m como departamento de marketing de empresas de TI.

    Responda
  7. Vito Algirdas Sukys

    Dario Amodei que trabalhou com IA no GPT um, dois e tr√™s, trabalha agora com a Claude3, cem mil vezes mais poderosa do que a GPT1. O crescimento √© exponencial, para treinar esses modelos j√° se requer de cinco a dez bilh√Ķes de d√≥lares; s√≥ grandes empresas e governos podem investir. O que se previa para vinte ou trinta anos, est√° acontecendo entre dois e cinco anos.

    Responda
  8. márcia corrêa

    Bem lembrados os conceitos do Dr. Nicolelis a respeito, mas... chame-se inteligência ou não, está iludindo, enganando e dominando pouco a pouco nossas vidas, de forma que realidade e mentira se confundem perigosamente.

    Responda
  9. José Cardoso

    Acredito que √† medida em que as pessoas percebem isso, o valor do conte√ļdo diminui para elas. Por exemplo: grande parte dos emails, mensagens e mesmo telefonemas hoje em dia s√£o publicidade ou at√© tentativas de golpe. Nos acostumamos a isso, descartando rapidamente quase todos eles. √Č como a infla√ß√£o, em que o valor da moeda cai com o excesso de volume de dinheiro em circula√ß√£o.

    Responda
  10. Sérgio Silva

    Somíria mora na Suméria.

    Responda
  11. Tv Forense

    O Professor Lemos está coberto de razão, nossa geração foi privilegiada com uma internet verdadeira e interessante. Hoje podemos estar assistindo um noticiário apresentado por uma repórter fake criada por inteligência artificial tão perfeita que custa crer que de fato "Ela não existe".

    Responda
  12. Helano Timbó

    A geração bocó. Muita tecnologia e bastante ansiedade.

    Responda
  13. Mauricio Costa

    Humanos e actantes não humanos. Como sempre foi na história. Bruno Latour: Jamais fomos modernos.

    Responda
  14. Jorge Peregrino Braga

    Na verdade os humanos s√£o m√°quinas biol√≥gicas, que usam energia qu√≠mica para funcional, e que s√£o programados (aprendem profiss√Ķes) e tomam decis√Ķes, baseadas em conhecimento passado (experi√™ncia de vida) e desse conhecimento acumulado fazem julgamentos para fatos n√£o conhecidos (discernimento). Do mesmo modo, os androides, poderam funcionar com outro tipo de energia e ser√£o ensinados a tomar decis√Ķes n√£o programadas. Isso √© apenas quest√£o de tempo! Vejam as sondas espaciais!

    Responda
  15. Reinaldo da Silva

    "N√£o s√£o as m√°quinas que est√£o ficando cada vez parecidas com os humanos, mas s√£o os humanos que est√£o cada vez mais parecidos com m√°quinas. A intelig√™ncia √© uma caracter√≠stica de estruturas org√Ęnicas. M√°quinas s√£o estrutura inorg√Ęnicas, n√£o s√£o dotadas de intelig√™ncia, e o aprendizado de m√°quina est√° baseado no acumulo de dados do passado. A intelig√™ncia artificial n√£o √© inteligente e nem artificial. Foi uma jogada de marketing que criou esse nome". Ler e ver v√≠deos de Miguel Nicolelis.

    Responda
    1. Raymundo de Lima Lima

      IA parece que, no fundo, autoriza o plágio sem vergonha ou desrespeita direitos autorais. Ninguém questiona a falta de ética da IA? Ou a tal Liberdade d Expressão é um vale-tudo, inclusive o roubo de ideias e etc.

    2. Luiz Alberto Brettas

      Muito bem lembrado, Reinaldo...!

    3. Reinaldo da Silva

      Em tempo: N√£o que Nicolelis detenha a suprema verdade do conhecimento da futura tecnologia. Muito do que presenciamos no presente foi uma fic√ß√£o no passado. Mas os del√≠rios contidos no livro do Yuval Harari, Homo Deus, com compara√ß√Ķes hist√≥ricas sem maiores explica√ß√Ķes e media√ß√Ķes, adotando um modelo de darwinismo que levar√° a humanidade a imortalidade e a felicidade, beira a uma fantasia extremista de cunho religioso e comercial, que ele tanto ironiza.

  16. Marcel Santiago

    Boa Ronaldo! Interessante texto que destaca a urg√™ncia de detectores de rob√ī na rede. Talvez, as pr√≥prias FAANGs n√£o queiram encontrar esses rob√īs, que, economicamente, impulsionam seus resultados com IA. Surge a√≠ o conflito de interesse para sustentar uma ¬ďnternet humana¬Ē justifica a interven√ß√£o dos governos para tentar alinhar mais esse interesse nas pessoas na grande rede.

    Responda