Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Orasil coelho pina

    Este modelo se chama Cinzeiro Meiófilo! OrasilParaná!

    Responda
  2. SILVIA MARCONDES BOLIVAR

    Que mistério o cinzeiro entrar no meio de suas meias. Adoro sua coluna. Devia ser diária.

    Responda
  3. Gilberto P Santos

    O Algonquin estreou em 1902 em uma vizinhança de notáveis, tornando-se ¨ um ímã para literatos atraídos para um dos melhores hotéis de luxo nas proximidades da Times Square¨. Por lá passaram, também, Gertrude Stein, William Faulkner, os Barrymore e a multifacetada Maya Angelou, escritora, dançarina, cantora, atriz, professora e ativista política. Em ambiente tão memorável, o check-out é seguido, inadvertidamente, pela companhia insuspeita de um souvenir. Não mais que de repente, não é Ruy?

    Responda
  4. Jaqueline Mendes de Oliveira

    Como √© boa a nostalgia que bate quando abrimos um livro e encontramos um bilhete de despedida, um convite ou um t√≠quete de metr√ī. Se calhar, d√° pra escrever um cap√≠tulo inteiro da nossa autobiografia. Aconteceu comigo, recentemente.

    Responda
  5. Carla C Oliveira

    Muito bom!

    Responda
  6. Marcos Benassi

    Putz, que foto linda da Helo√≠sa, Mr. Castro! √ďia, eu sabia dessa hist√≥ria da empalmada s√≥ cinzeiro do Algonquin, que c√™ j√° havia expelido em p√ļblico, e se c√™ n√£o contasse, eu ia repetir aqui m√™mo. Mas √© que nem um colega, que lamentou n√£o poder distribuir um artigo do Conrado H√ľbner: ora, desobedi√™ncia civil ao Copyright, com altos cuidado e parcim√īnia, p√ī, d√° p√©. Que nem afanar um cinzeiro do Algonquin. E viva seus muitos anos nas costas, car√≠ssimo Ruy! Transpiram pelos miolos, Zeus seja louvad

    Responda
  7. Ramaral Amaral

    Ruy , parece que faz parte dos fatos acontecidos à algum tempo essa natureza de irrealidade ... comprovados por uma foto , um bilhete ou um ingresso ! Mas é bom !

    Responda
  8. MARIA STELA C MORATO

    O circulo vicioso pra ser mais preciso.

    Responda
  9. Joel Domingos

    Al Hirschfeld, criador do "cartoon" que emoldura o artigo, foi um dos melhores caricaturistas que já pisou na face da Terra, também judeu por etnia. Como em todas as outras áreas do saber humano e da arte, da ciência ao humor, se destacam: fazem o melhor.

    Responda
    1. Hermes Yaly

      Quase metade dos pr√™mios Nobel tem ascend√™ncia judaica, total ou parcial. Longe de ser um sinal de supremacia de um povo (ideia horr√≠vel sobretudo a eles), o seu alto n√≠vel de instru√ß√£o √© um dos fatores que explicam esses n√ļmeros. Praticamente n√£o h√° judeus analfabetos pois a cerim√īnia de Bar (ou Bat) Mitzvah obriga que o rapaz (ou a mo√ßa) leia em p√ļblico um trecho da Tor√°. Um grau de instru√ß√£o que o nosso sofrido Brasil ainda est√° longe de alcan√ßar.

  10. José Cardoso

    Quem guarda tem. Inclusive memórias preciosas como essa.

    Responda
    1. Marcos Benassi

      Hahahahah! Desculpa a confa aqui embaixo, José!

    2. Hermes Yaly

      Benassi: inguinorança minha.

    3. Marcos Benassi

      Hermes, não cometa tal erro: foi teletransporte, ele não se moveu até a mala, materializou-se lá. Ou transubstanciação, menos midiática, mas mais misteriosa: transformado em cueca, entrou; reconvertido cinzeiro, saiu! Hahahahah!

    4. Hermes Yaly

      Você está insinuando que, além das memórias, o cinzeiro também foi guardado por Ruy Castro? Envergonhe-se, Cardoso, você nunca ouviu falar em telecinese?