Comente*

* Apenas para assinantes

comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Gabriela Torres

    Acho que a manchete poderia ser outra "Polícia do estado agride estudantes" ou "Estudantes em protesto legítimo são agredidos fisicamente pela polícia e juridicamente pelo estado". Onde está nossa democracia já tão fragilizada?...

    Responda
  2. Vitor Heisenberg

    Milico é burro por natureza. Só sabem pintar meio fio e olhar com ajuda de antolhos.

    Responda
  3. Flávio Taylor

    Qual o problema de escolas civico-militares? Qualquer coisa que tire nossas crianças do caminho óbvio do Brasil de hoje, drogas e violência, é válido. Disciplina, respeito aos mais velhos, educação, tudo isso se perdeu, porque a esquerda não preza nada disso, até porque não preza sequer a família. Essas crianças de 18 anos acham que vão partir pra cima da polícia e ganhar algodão doce? Não, serão detidas. O mundo não funciona de outra forma. Quem procura acha.

    Responda
    1. Vitor Heisenberg

      Acha o fascismo e a ditadura militar espreitando atrás da porta.

  4. Douglas Garcia

    Eles vão ensinar o que ? Matemática, física, língua portuguesa. São formados para isso ? A política sempre contra o povo.

    Responda
    1. Vitor Heisenberg

      O ensino deverá ser o ler mein kampf.

    2. Nelson Vidal Gomes

      Está dito com clareza solar na matéria que a função dos militares será exclusivamente disciplinar e completar sem interferência curricular nenhuma, absolutamente nenhuma. Ser contra isso não é ser de direita nem de esquerda, é ser a favor de interesses pessoais e da manutenção e perpetuação no poder, ao estilo Pebista de governar. PEB- Partido das Empreiteiras e dos Banqueiros (nome fantasia PT). Que Deus nos ilumine a todos e abraços fraternos em agnósticos e ateus! Namastê!

  5. silvia ramos

    Vamos ver se haverá aceitação desses indiciamentos pelo juízo. Risíveis essas acusações.

    Responda
  6. LUCIANO LAZARO

    É a PM do Tarcísio dando uma amostra grátis de toda a "pedagogia e didática" com que irá cuidar dos jovens paulistas nas escolas cívico-militares.

    Responda
  7. Lourdes Barros

    Projeto sem qualquer respaldo na LDB, esses militares terão formação pedagógica? Porque isso é o mínimo necessário para quem atua na educação. E onde estão os relatórios que demonstram que essa modalidade de ensino é tão eficiente quanto a tradicional? O tratamento dispensado aos estudantes em desacordo com o projeto já dá uma amostra de como será, na prática, o controle dessas escolas-quartel. Que escolha desastrosa essa dos paulistas.

    Responda
  8. Marcelo Campos

    Lastimável. São Paulo indo ladeira abaixo...

    Responda
  9. Mauricio Coelho goiato Goiato

    Faltou o crime de atos anti democráticos . Lugar de estudante não é na escola?

    Responda
    1. silvia ramos

      E se estudarem em meio-período, não podem protestar nas horas vagas? Hein, hein, hein?! Observações tão rasas exigem ironias rasas. Tal grau de reacionarismo combina com a Argentina de Milei. Ou pode ser a Hungria.

  10. MARCELO Cunha de Souza

    E por acaso os poliça que espancaram os jovens estudantes não devem responder por 3 desses 5 crimes imputados aos manifestantes? Tarcísio, o huno, é dissimulado, golpista e muito perigoso

    Responda
  11. MARCELO Cunha de Souza

    Pelo fim da polícia militar

    Responda
    1. silvia ramos

      A categoria sempre foi muito mal formada, um bando de desqualificados, que passavam num concurso mambembe, chefiados por meia dúzia de oficiais, esses, sim, formados em Academia, porém absolutamente doutrinados. Já deveriam ter decretado a fakência dessa corporação e a substituição por carreira civil, com amplas exigências na qualificação.