Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Mozart Cabral

    Para essa gente n√£o existe Direitos Humanos, Civis, Crimes de Guerra, a Humanidade, mas apenas eles e a expans√£o do seu Estado teocr√°tico e racial.

    Responda
  2. Tadêu Santos

    O que est√° acontecendo com a Humanidade, a R√ļssia invade brutalmente a Ucr√Ęnia e o Hamas ataca Israel matando e sequestrando e o Israel do Netanyaru invade Gaza matando mais de 35 mil palestinos, de forma intensamente brutal e o mundo assiste como se fosse um filme sendo exibido nas m√≠dias. O Conselho de Seguran√ßa da ONU n√£o tem l√≥gica operante como tamb√©m o Tribunal de Haia, que acusa Netanyahu e tr√™s comandantes do Hamas e pede pris√£o dos "4 macabros terroristas". "DECAD√äNCIA GLOBAL"

    Responda
  3. Orasil coelho pina

    Criar um Estado Palestino somente diante de um sério compromisso com o fim das três atividades de terroristas da região, e uma forma de impedir que qualquer país pudesse financiar tais atividades ilegais! OrasilSefarditas!

    Responda
    1. Marcus Machado

      Ideia ridícula.

    2. Leonilda Pereira Simoes

      Só o fato de existir um Estado Palestino já haveria uma chance para a paz, algo que Netanyahu nunca quis entender, porque é contra a paz. Não seria preciso se insurgir contra um governo israelense, já que a população palestina seria tratada como seres humanos de verdade, teriam respeito. Um país palestino independente bastaria para a paz, algo que os governos israelenses, em especial o atual, nunca quiseram.

  4. Nilton Silva

    Só um governo linha dura é capaz de dar aos terroristas o que eles merecem. Quem usa a própria gente como escudo não merece clemência. Fica, Bibi!

    Responda
    1. Leonilda Pereira Simoes

      Se fosse para ficar a população não faria passeatas contra ele por meses seguidos até o ataque do Hamas. Ele não é persona grata para grande parte da sociedade, que preferia que ele deixasse o poder, o que já passou muito do tempo. Ele também usa sua população como escudo e massa de manobra. A sociedade percebeu tarde demais, agora está refém de sua falta de humanidade.

  5. Joao Cantarelli

    "Os partidos de extrema direita que comp√Ķem a coaliz√£o governista n√£o apenas s√£o veementemente contr√°rios ao Estado palestino como ainda querem anexar a Cisjord√Ęnia e Gaza. √Č uma posi√ß√£o francamente delirante.", diz H. Schwartsman. Ser√° mesmo delirante? Qual a probabilidade da Cisjord√Ęnia sem qualquer controle de Israel mergulhar de cabe√ßa na zona de influ√™ncia do chamado 'eixo das ditaduras' e se tornar de imediato uma amea√ßa existencial ao povo israelense? Como tal risco seria mitigado?

    Responda
    1. José Cardoso

      Jo√£o, exatamente. Esses 2 milh√Ķes de √°rabes vivendo l√° s√£o a Gaza que deu certo.

    2. Joao Cantarelli

      Jo√£o Verg√≠lio pergunta: "Voc√™ tem ideia de como podemos mitigar o risco existencial ao povo pales tino? Este n√£o √© uma probabilidade, percebe? Est√° acontecendo diante de nossos olhos." R: O risco √© m√≠nimo para n√£o dizer desprez√≠vel. Cerca de 2.000.000 de √°rabes e palestinos vivem em Israel (e n√£o estou contando a popula√ß√£o de Gaza/Cisjord√Ęnia). Trabalham, estudam, empreendem, inclusive ocupam altos cargos executivos no pa√≠s, vivem suas vidas.

    3. Bento Brito Teixeira

      Sr. Cantaga:o. Então Rah El tem tem que partir para a solução final e a paz será garantida. Faltará combinar com os mais de um bilhão de muçulmanos asiáticos.

    4. João Vergílio

      Você tem ideia de como podemos mitigar o risco existencial ao povo pales tino? Este não é uma probabilidade, percebe? Está acontecendo diante de nossos olhos. Is real, tal como foi concebido, não tem a menor perspectiva de subsistir sem um regime de a par taide e o plano de ex pulsão e, no limite, de ex ter mination do povo peá ele eé se tino. (A censura sempre tem um resultado um pouco ri di culo, não tem?)

  6. José Cardoso

    'Faz√™-lo seria perenizar uma situa√ß√£o de apartheid.' H√° controv√©rsias. Os turcos dominaram a regi√£o por s√©culos, e o fato dos demais 'povos do livro' estarem socialmente abaixo dos mu√ßulmanos n√£o significava que n√£o pudessem viver e prosperar. Outro exemplo √© a √ćndia, em que a hegemonia hindu n√£o significa que a minoria mu√ßulmana seja oprimida no pa√≠s.

    Responda
  7. Sam Duart

    O que incomoda é o silêncio ensurdecedor do povo de Isra el. Devem saber muito bem que quem cala. Consente.

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Sam, a maioria dos israelenses apoia a colonização e a limpeza étnica do povo nativo.

  8. Josue Oliveira

    A guerra não é contra o Ramas, e sim contra o povo palestino para poder consolidar os condomínios dos lnvasores, gr!Ielros-posselros. A prova é que bom bar deam os prédios residenciais e forçam marchas mortais como fez a T urquia com os ar mênios.

    Responda
    1. Raymundo de Lima Lima

      ...Turquia com os curdos.

    2. ciro lauschner

      Teve 5 tratados de paz, todos eles reconhecendo a independência da Palestina, bastava só o reconhecimento de Israel pelos palestinos.Nos 5 os palestinos refugaram.Vocês acham que palestino quer terra ou acordo de paz ?

  9. João Vergílio

    O outro coment√°rio foi censurado. Aqui vai um telegrama cifrado. O que fazer com os refugiados? E com as fontes de √°gua pot√°vel? E com a descontinuidade territorial? E com os colonos? N√£o tem mais volta. Is Real tornou-se um enclave americano no qual o a par taide (Solange Hernandez) √© uma necessidade. A √ļnica sa√≠da √© a mand√©lica-tutu. Transi√ß√£o negociada, um estado, cada pessoa um voto. (Nem na ditadura havia censura como h√° hoje.)

    Responda
  10. gilberto schoncer

    mandaria ele p ser julgado pelos palestinos...

    Responda
  11. Ricardo Ferreira

    Para Israel ter paz, primeiro tem que parar de roubar terras palestinas. Para os palestinos terem paz, primeiro tem que encarar a realidade de que Israel não vai desaparecer do mapa, pois que os egípcios, sírios, iraquianos e jordanianos juntos não conseguiram, não vai ser a população palestina que vai conseguir.

    Responda
  12. José Bernardo

    Escrito h√° seis meses, este artigo teria outro sentido e credibilidade. Agora, depois de tudo o que aconteceu, centralizar toda a culpa ou responsabilidade em Netanyahu parece manobra diversionista; algo como colocar na chuva toda a culpa pelo que acontece no RS...

    Responda
    1. Luiz dos Santos

      O que te falta é um pouco de história

  13. Felipe Ara√ļjo Braga

    Por que diabos chamam a Arábia Saudita de moderada? A Arábia Saudita é uma monarquia absolutista que aplica como lei uma visão fundamentalista e extremada do Islam! Os críticos são chicoteados e as mulheres não têm quase direitos. O Irã dos aiatolás é bem mais avançado que ela (inclusive permite que pessoas trans façam transição de gênero). Em qual mundo esse pessoal vive?

    Responda
    1. Jorge Alberto Neves

      Olá, Felipe! Fazem essa distinção, meio torta, digamos, pelo simples fato de que a Arábia Saudita é aliada norte-americana, ao passo que o Irã não o é; pelo contrário! Ou seja: pura hiprocrisia...!

  14. Marina Gutierrez

    Que solução genial ! Então é só puxar o tapete sob os pés do primeiro ministro e o problema está resolvido. Só que não.

    Responda
  15. Marina Gutierrez

    Israel é o resultado de um projeto colonial, um processo contínuo de anexação de terras, através do qual os habitantes nativos são removidos e os colonos de outros lugares são trazidos para ocupar as terras. Isso vem acontecendo há 75 anos com o apoio das potências ocidentais e apesar de o atual primeiro ministro ter uma taxa de aprovação baixa, a maioria do povo israelense apoia o projeto colonial e ignora o sofrimento do povo nativo.

    Responda
  16. gilberto schoncer

    ca de i a é pouco p ele !

    Responda
  17. yussef mahmud m mustafa

    N√£o quero perder a esperan√ßa de ver a paz acontecer entre palestinos e judeus,j√° se passaram 57 anos como crian√ßa vi uma guerra ,e de l√° pra c√° s√≥ piorou,mortes,pris√Ķes,segrega√ß√£o,assassinatos,sequestros,e agora a barb√°rie em Gaza. Tem que surgir lideran√ßa de ambos os lados que falem em paz ,mas um paz justa de reconhecimento m√ļtuo de reconhecimento que os palestinos s√£o um povo da terra chamada palestina e os judeus s√£o um povo da terra chamada Israel

    Responda
  18. Jos√© Ant√īnio

    Boa, Hélio! E o Brasil do Inominável. Eles são do mesmo 'time'! Abaixo o(a)s camisas amarelas nacionais e internacionais!

    Responda
  19. filipe moura lima

    o tribunal penal internacional seria uma solução para o tirano.

    Responda
  20. PATRICIA FERREIRA

    H√©lio, por favor, n√£o escreva bobagens. Netanyahu comprometido com a solu√ß√£o de dois Estados? O avan√ßo dos colonos no territ√≥rio da Cisjord√Ęnia n√£o te diz nada? E o financiamento de conhecimento p√ļblico do Hamas para dividir a for√ßa pol√≠tica da Autoridade Palestina? Pelo amor de Deus!

    Responda
  21. PATRICIA FERREIRA

    Que artigo enviesado √© esse, meu Deeeeeus! Netanyahu comprometido com a solu√ß√£o de Estados??? Kkkkk... √Č de conhecimento p√ļblico que ele mesmo financiou o Hamas justamente para minar essa possibilidade enfraquecendo a Autoridade Palestina.

    Responda
  22. Lourenço Manfredini

    √ďtima an√°lise. Sugiro que voc√™ tente organizar uma passeata em TelAviv , por exemplo, contra o Netanyahu.

    Responda
    1. Leonilda Pereira Simoes

      Os parentes dos sequestrados fazem passeatas e manifesta√ß√Ķes direto em todos os lugares. Mas alguns deles dizem que preferem ver seus parentes mor tos do que Israel aceitar um acordo com os palestinos (n√£o com o Hamas, com a Autoridade Palestina). Se Israel n√£o tivesse durante anos se recusado a aceitar a op√ß√£o do Estado palestino, n√£o haveriam tantas mortes de ambos os lados, sendo muito mais dos palestinos. Netanyahu levou um ex tremis ta a matar Rabin, j√° devia estar longe do poder h√° tempos.

  23. Klaus Serra

    Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

    1. Klaus Serra

      Colegas comentaristas, n√£o estou a defender lado A ou B, muito menos o fim literal de um desses povos, o que quis dizer √© que jamais existir√° paz entre eles e que a √ļnica maneira desse conflito um dia terminar em tese seria a n√£o exist√™ncia ou de I. , ou da P. No fim das contas v√£o continuar em guerra pra sempre.

    2. Daniel Liaz

      Nossa Klaus, vc escreveu isso mesmo? Vc é sócio do Bibi? Pq o que vc está defendendo aí é exatamente o genocídio que ele tem perpetrado por lá

    3. Raymundo de Lima Lima

      Mauro Viana. Sugiro registrar seu coment√°rio como ironia. Talvez mais q ironia. Para evitar interpreta√ß√Ķes literais, pr√≥ gaz Z e outras coisitas na z is

    4. José Eduardo Bittar

      Qual o fim de um dos povos voc√™ prop√Ķe? Fuzilamento? Campos de exterm√≠nio?

    5. Roberto Reis

      A. t i uma citação real: "Por que não te calas?"

    6. ISAIAS DA SILVA

      Taí gostei. Tanto que vou levar para o campeonato brasileiro. Vamos promover o fim de todos os palmeirenses e voltaremos a ter um campeonato equilibrado. Ou para a política brasuca, com o fim de 50% da população. Só pode ser brincadeira.

    7. Marina Gutierrez

      Historico da Palestina, nos anos 1.800s,lá viviam 86% de palestinos muulmanos, 10% de palestinos cristaos e 4% de judeus, era uma sociedade multicultural e todos viviam em harmonia. De 19 47 a 49, antes, durante e depois da criação do estado de Israel em 19 48, grupos judeus armados cometeram pelo menos 33 massacrs de palstinos cristãos e muçulmanos e expulsaram cerca de 750 mil palstinos de suas casas, negocios,sitios, cidades e vilas.Como vemos diariamente, os massacrs continuam...

    8. Mauro Viana

      √ďtima solu√ß√£o, o genoc√≠dio. √Č s√≥ usar Ziklon B e pronto. Constr√≥i-se um sem n√ļmero de cremat√≥rios, distribui-se m√°scaras pra disfar√ßar o odor desagrad√°vel de carne queimada e depois √© s√≥ plantar √°rvores onde se vivia todo um povo. Genial.

  24. Sergio Siqueira

    Perfeita análise Sr. Hélio.

    Responda
  25. Frederico de Souza Cruz

    Netanhyahu e Hamas contrataram um conflito eterno. Esta guerra destruiu a possibilidade de um estado e ou dois estados. Os assentamentos na Cisjord√Ęnia j√° impossibilitam dois estados. O final desta guerra s√£o as ru√≠nas de Gaza e internamente ser√° o fracionamento total em Israel. Uma mudan√ßa real de governo jamais ter√° apoio dos assentados, armados e fanatizados. Os fantasmas de Rabin estar√£o rondando qualquer governo que n√£o pense como Netanhyahu.

    Responda
    1. Leonilda Pereira Simoes

      Yitzhak Rabin era a favor da paz, apertou a mão de Arafat, não apoiaria Netanyahu de jeito nenhum. Os discursos e xal ta dos de Netanyahu levaram um ex tre mista ju deu a matar Rabin e impossibilitar novas tentativas de nego cia ção por muito tempo. O espírito de Rabin estaria a favor de qualquer um que não agisse como o premiê que só pensa em si mesmo, nunca no país.

  26. FLAVIO CALICHMAN

    Como de costume, muitos coment√°rios saturados de √≥dio e/ou de ideologia, que mostram profundo desconhecimento da Hist√≥ria e um maniqueismo aterrador, onde israelenses s√£o todos dem√īnios sanguin√°rios e palestinos, anjos de bondade e de do√ßura. Pessoas que saem a palpitar sem ter no√ß√£o real alguma do tema. D√° um des√Ęnimo imenso.

    Responda
    1. Daniel Liaz

      Curioso Fl√°vio. N√£o li absolutamente nenhum coment√°rio com as caracter√≠sticas e conte√ļdo que vc menciona.

    2. Marina Gutierrez

      No meu coment√°rio leia-se: os √ļnicos coment√°rios saturados de √≥dio s√£o o do leitor que propos... e o seu coment√°rio.

    3. Marina Gutierrez

      F.Calichman, o √ļnicos coment√°rios saturados de √≥dio √© o do leitor que propos a solu√ß√£o final para o palestino e o seu coment√°rio. Ninguem demonizou o povo israelense e muito menos afirmou que s√£o sanguin√°rios, quem escreveu isso foi voc√™. Ninguem descreveu os palestinos como anjos. Todos tem o direito de opinar e quem n√£o gosta de opini√Ķes contr√°rias pode refut√°-las com coment√°rios razo√°veis em vez de acusar outros de desconhecer a Hist√≥ria da regi√£o e do conflito.

    4. Ronaldo Almeida

      E qual seria esse "desconhecimento da história"? Que no início do século XX judeus eram menos de 10% da população da Palestina e em 1947 ocupavam 6% das terras? Que através de uma sórdida campanha de colonização por povoamento e de massacres foram expulsando a população originária?

  27. Gilberto Rosa

    Agora que o estrago já está quase terminado, e o mundo não pode mais ser enganado, a imagem tá horrível, começaram a personalizar o genocídio, tudo culpa do Netanyahu. Tiramos ele, passamos um óleo de peroba e tentamos fazer de conta que não apoiamos o genocídio, criticamos o Lula e tudo mais. 12 mil crianças, mais de mil mutiladas segundo a Cruz Vermelha, não vai ser esquecido.

    Responda
    1. Gilberto Rosa

      Sim Bento, mas estão avaliando os custos benefícios de continuar, já estão fazendo assim faz 80 anos.

    2. Bento Brito Teixeira

      Gil. O estrago ainda está em curso. Enquanto o Ocidente, em peso, especificamente os EUA, não contiverem a sanha do Bibi e comparsas, a tragédia humanitária vai prosseguir.

    3. Rocia Oliveira

      E a grande midia, interlocutora da direita, que fala tanto em autocritica para o PT? Deveria seguir os próprios conselhos e pedir arreglo. A fala do Lula foi o ponto de virada! Ele falou e ele disse!

    4. Rocia Oliveira

      E a grande midia que fala tanto de a esquerda fazer auto critica. Porque nao seguem ses proprios conselhos? A fala do Lula foi um ponto de virada. Ele falou e disse!

  28. Gilberto Rosa

    Esse Helio, como se tivéssemos esquecido as colunas anteriores. Sim, I. está comprometido com os dois estados, chamou Espanha, Noruega e Irlanda, pra ajudarem.

    Responda
    1. PATRICIA FERREIRA

      Nessa frase eu parei de ler... affffffff!!! Só rindo mesmo.

  29. Ladislau Leite de Oliveira

    O mundo seria ficaria muito melhor com a saída de cena desse Netanyahu.

    Responda
  30. Alexandre Pereira

    Uma coisa de cada vez. Primeiro, o Hamas.

    Responda
  31. Ronaldo Almeida

    Já passou da hora de os ju Deus se livrarem do Zion nis mó.

    Responda
  32. wilson mazza junior

    Ué?! So agora descobriu?! Kkk a turma do hebraica nao vai gostar...

    Responda
  33. Marcos Araujo

    √Ē Helio, est√° louco? Quer perder o emprego? O patr√£o vai mandar te demitir, viu?

    Responda
  34. LUIZ LEAL

    O articulista ladinamente entra na manobra j√° em curso de colocar toda a culpa da situa√ß√£o insustent√°vel nos territ√≥rios ocupados em Netanyahu. Muito c√īmodo. Joga-se o primeiro ministro aos le√Ķes e continua-se com a ocupa√ß√£o que j√° dura d√©cadas, e na mesma toada: finge-se negociar uma solu√ß√£o de dois estados enquanto vai-se aumentando os assentamentos ilegais e inviabilizando essa solu√ß√£o. A alternativa de um estado s√≥ tamb√©m n√£o interessa a Is, pois deveriam dar direitos iguais para todos.

    Responda
    1. Daniel Liaz

      Agradeço seu comentário Luiz. Ia fazer um bastante semelhante, mas vc me poupou o trabalho

    2. Marina Gutierrez

      Luiz Leal, exatamente, eu escrevi um comentário longo a respeito mas foi para a moderação, aliás, esse é o segundo ou terceiro comentário meu sobre esse artigo que foi censurado.

  35. Natan Rauba

    J√° passou da hora dos palestinos se livrarem do hamas!!

    Responda
  36. Galdino Formiga

    N√£o permitem comentar.

    Responda
    1. João Vergílio

      O desafio que a FSP coloca a quem comenta √© falar sobre jota√ļ deus sem usar a palavra "ueduj". Solange Hernandez venceu!

    2. Gilberto Rosa

      √Č um jogo sionazista, se chama como burlar a censura.

    3. Ernesto Pichler

      N√£o permitem que se usem as palavras corretas, cientificamente abalizadas. Naxiohismo, por exemplo.