Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. newton penna

    N√£o! Precisamos falar mais sobre o massacre de Gaza sem artigos como este, que pretendem confundir o leitor.

    Responda
  2. newton penna

    Lamentável que este jornal dê muito mais espaço para artigos como este, totalmente insidioso ao tentar confundir antisemitismo com antissionismo (muitos judeus são antissionistas!), em detrimento de especialistas sérios que tratam da atual situação do Oriente Médio.

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Newnton, fiz uma r√°pida contagem de artigos pro governo de Isreael aqui na Folha, apenas hoje s√£o uns dez! Uma defesa acirrada do indefens√°vel! Nenhum artigo sobre a situacao real, eu vi israelenses dan√ßando de alegria enquanto jogavam as caixas de ajuda humanit√°ria para o povo de Gaza dos caminh√Ķes, a maior farra com produtos que poderiam salvar vidas. Repugnante, senti vontade de vomitar.

  3. Rubens Ventura

    Certo! houve uma bárbara violência do Hamas muito pela falha da segurança de Israel, aí Israel vai ataca os domicílios de palestinos e sacrifica mais de 35 mil palestinos, o humano sempre reage contra o mais forte, Judeus terão de fazer muito para receber o respeito de novo.

    Responda
  4. Ricardo Ferreira

    E o cara tem o desplante de dizer que existe uma visão pró Palestina? Quantos árabes escreveram colunas ou foram nas tvs narrarem o sofrimento do povo palestino? Já entre a galera da C onib, estes sim, tem assento garantido nas mídias.

    Responda
  5. Ricardo Knudsen

    Calar não é uma alternativa, diz o coach. Resta saber pq optou por calar-se sobre o genocídio em Gaza.

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Concordo, calar não é uma alternativa e por isso faz uns 10 anos que denuncio os governos de Isreael pela limpeza étnica do povo palstino.

  6. Ricardo Ferreira

    Não confunda antisemitismo, com antisionismo. Vocês ardilosamente fazem essa conexão, mas já não cola mais.

    Responda
  7. Ricardo Ferreira

    Ardilosamente, os ju d eus sempre lan√ßam m√£o do "antisemitismo", quando na realidade √© antisionismo. As pessoas entendem perfeitamente que 1sra hell rouba terras palestinas h√° d√©cadas, e faz de tudo para inviabilizar a Cisjord√Ęnia, montando colonias de modo a negar aos palestinos terras cont√≠nuas. E ainda reclama de olha "pr√≥-palestino"? Olha a quantidade de j ud eus que comentam a quest√£o de Gaza (que n√£o √© guerra e sim massacre), e at√© agora eu n√£o vi nenhum √°rabe escrever uma coluna.

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Antissemitismo é o escudo do sioniistas para justificarem seus crimes.

  8. Hélio Teixeira Duarte

    E nenhuma palavrinha do massacre imensur√°vel ao povo palestino, crian√ßas inclusive, em Gaza. Criticar pontualmente as a√ß√Ķes do ex√©rcito e de Netanyahu, n√£o √© antissemitismo, n√£o h√° ofensa ao milenar povo hebraico.

    Responda
  9. Jaciara coelho

    A censura dos patr√Ķes da FSP √© ris√≠vel. Vou resumir ent√£o o que escrevi e n√£o foi publicado: √© preciso responsabilizar os sionistas bilion√°rios.

    Responda
  10. JORGE CESAR BRUNO

    Nenhuma palavra sobre as 35 mil mortes de inocentes palestinos!

    Responda
    1. Marcelo Moraes Victor

      Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

  11. JORGE CESAR BRUNO

    Nenhuma palavra sobre as 35 mortes de inocentes palestinos!

    Responda
  12. Tadeu Roberto Corbi

    Ent√£o todos os 7u deus que protestam contra a pol√≠tica gen√ī ssida de bibi s√£o anti 5emitas? Confundir 5emitismo com 5io nismo faz parte da desinforma√ß√£o.

    Responda
  13. Ricardo Knudsen

    √Č preconceito odioso do colunista a generaliza√ß√£o de q a Palestina deseja q Israel desapare√ßa. T√£o odioso qto o antissemitismo q ele diz querer combater. √Č evidente q boa parte dos palestinos aceita a solu√ß√£o de dois estados. A coluna apoia o discurso racista da extrema-direita q demoniza todos os palestinos como criminosos. Aqueles q cantam q n√£o h√° civis inocentes em Gaza.

    Responda
    1. Ricardo Knudsen

      Cara inc√≥gnita KM, q viola as regras do site da FSP n√£o se identificando, mas q curiosamente n√£o √© censurada (o meu ser√°, por escrever Israel!), a Autoridade Nacional Palestina, liderada por M. Abbas do partido Fatah, aceita a solu√ß√£o de dois estados, como resultado do reconhecimento do estado de Israel pela OLP no acordo de Oslo, h√° 3 d√ęcadas. Quem n√£o aceita a solu√ß√£o de dois estados √© o governo Netanyahu, o q vc certamente sabe mas desconsidera.

    2. Angélica KM

      Cite uma liderança Pales tina que defenda a solução de dois estados. Só uma.

  14. Felipe José Fernandes Macedo

    o que cresce é o ódio ao governo de extrema direita de Israel, sob a liderança de Benjamin Netanyahu. Não tente distorcer as coisas, sr colunista.

    Responda
  15. Felicio Antonio Siqueira Filho

    O autor é mais um que confunde a repulsa ao geno cídio imposto pelo governo Neta nyahu de Is rael ao povo palestino com antiss emitismo. E vamos concordar que a medida que o tempo passa, e aumentam as mortes e o sofrimento dos palestinos, a observação de Lula vai assumindo mais contornos de verdade. Em tempo: Não defendo nem justifico os ataques do ha mas e não sou antiss emita. Paz, e não vingança.

    Responda
  16. Ricardo Knudsen

    Os coachs de executivos q conheci eram muito articulados, dogmáticos, com gde ego e pequena experiência executiva. Em seu Linkedin, o colunista se apresenta "Sou um artesão que provoca as pessoas, tricotando palavras e sentimentos. Ajudo as pessoas a encontrar o significado profundo de suas vidas, a viver seu propósito, a construir sua história genuína e a resolver seus problemas". Será q ele é coach do Netanyahu?

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      RIcardo, apenas outro "coach zionist " tentando defender o indefens√°vel.

    2. Ricardo Knudsen

      A imbromation do coach n√£o esconde o seu preconceito ao afirmar q a Palestina quer o fim de um certo pa√≠s. Trata-se de um preconceito t√£o odioso qto aquele q diz combater. √Č √≥bvio q muitos palestinos s√£o a favor da solu√ß√£o de dois estados. O coach reproduz o discurso preconceituoso dos q cantam q n√£o h√° civis inocentes em Gaza.

  17. Marcelo Brum

    Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

    1. Ricardo Knudsen

      Ningu√©m "abaixo" mostrou preconceito, mas rep√ļdio pelo genoc√≠dio promovido por Netanyahu e pelas IDF. Quem apoia tal crime ou √© palestinof√≥bico ou islamof√≥bico. Parece ser o seu caso.

  18. José Felipe Ledur

    Isolou, José! Nem uma palavra acerca da matança de milhares de crianças e pessoas indefesas diante dos ataques israelenses? Jogou fora a oportunidade de oferecer argumentos para frear o antissemitismo.

    Responda
  19. Ricardo Knudsen

    O antissemitismo tem q ser combatido, sem d√ļvida. Mas o artigo √© mais uma defesa das a√ß√Ķes do governo Netanyahu do q um chamamento contra preconceitos. Netanyahu e seus ministros querem q a Palestina seja uma democracia? Mentira, se op√Ķem √† exist√™ncia de um estado palestino e querem expulsa-los. Esse √© o objetivo √ļltimo das a√ß√Ķes em Gaza e do incentivo aos colonos radicais, q assassinam e expulsam palestinos na Cisjord√Ęnia com apoio velado das IDF.

    Responda
  20. Ricardo Knudsen

    O autor insinua q os criticos do genoc√≠dio em Gaza sejam ignorantes e desconhe√ßam q o Hamas √© um grupo terrorista q dominou Gaza. √Č falso. Ap√≥s o 7 de outubro houve gde como√ß√£o e solidariedade por Israel em todo o mundo. Esses sentimentos foram erodidos pelo uso da fome como arma e o bombardeio indiscriminado de mulheres e crian√ßas pelas IDF, entre outros crimes. Pq n√£o falar tb√©m em racismo e islamofobia contra os palestinos, vistos por muitos como terroristas apenas por serem palestinos?

    Responda
  21. Joaquim Branco

    A censura da Folha para comentários referentes à potência ocupante é vergonhosa, pois manda para moderação comentários sem qualquer agressividade. O configurador desse filtro deve ser um agente do serviço secreto. Rs.

    Responda
    1. Joaquim Branco

      Numa boa, a atitude da Folha é tão repugnante que estou pensando em cancelar a assinatura como fiz anteriormente como outro jornal, na época da lavajato.

    2. Felicio Antonio Siqueira Filho

      Tem toda raz√£o Joaquim. Como comentar um artigo como este sem falar Is rael, antiss emitismo, Neta nyahu, geno c√≠dio para ficar em algumas palavras que o rob√ī moderador barra em coment√°rios sobre ju deus. Rid√≠ culo. Somos tratados como idi otas pelo jornal e o pior √© que insistimos em comentar. Temos tempo, fazer o que. Ponto de interroga√ß√£o tamb√©m √© barrado pelo que percebi.

  22. Joaquim Branco

    Quanto aos trinta e cinco mil palestinos mortos, os bloqueios de alimentos, água, eletricidade e combustíveis nada disse. Ora, uma análise séria deveria ressaltar que durante todos os mandatos Netanyahu usou e apoio o Hamas para torpedear a unidade palestina e impedir a criação de um estado para esse povo.

    Responda
  23. Fernando Soares D Almeida

    Deus fez BiBI

    Responda
    1. Luiz Alberto Brettas

      Lamentavelmente, Deus fez o Hamas também... E, por aí, vamos...

  24. ademir sampaio de campos

    E quanto ao ex@ter#mí#nio covarde de mulheres e crianças p l st nas e o roubo de suas terras?? Vão ficar caladinhos e ainda querendo se fazer de vítimas???

    Responda
  25. José Cardoso

    Concordo na parte referente ao oriente médio, mas não na referente ao Brasil. Postagens em redes sociais como indicador de anti-semitismo? Parece o Alexandre de Moraes combatendo quixotescamente os moinhos de vento da internet.

    Responda
  26. Francisco Jose Longo

    O oprimido n√£o aprendeu nada. Virou opressor

    Responda
    1. Luiz Almeida

      Sempre tive essa sensação. O muro de Israel é o mesmo gueto da segunda guerra.

  27. Laercio Correa De Barros

    Assim como gentileza gera gentileza, √≥dio gera √≥dio. As crian√ßas palestinas que sobreviverem ao genoc√≠dio promovido por Netanyahu, crescer√£o com √≥dio no cora√ß√£o e "explodir√£o" na idade adulta. √Č s√≥ uma quest√£o de tempo.

    Responda
  28. Laudgilson Fernandes

    Come√ßa sentando o pau daquele que foi o primeiro a dizer que o rei est√° n√ļ. Hoje o mundo todo o diz. N√£o citou uma linha sequer sobre o genoc√≠dio que ocorre em Gaza. Que tenhamos uma conversa sobre o antissemitismo sim, mas que seja uma conversa s√©ria, respons√°vel e humanit√°ria. N√£o ser√° com esta vis√£o sionista e fascista que teremos a Paz. Devolva os territ√≥rios ocupados, estendam as m√£os e a Paz ser√° poss√≠vel e duradoura.

    Responda
    1. ademir sampaio de campos

      Pa@les#ti#na livre!!!

  29. Lineu Raymundo Graeff

    Sionismo puro.

    Responda
  30. João Vergílio

    Parab√©ns, professor Nicol√°s! √Č preciso coragem para denunciar isso. A pol√≠cia, por exemplo, n√£o pode ver algu√©m com o Tor√° na m√£o, que logo grita "m√£o na parede". Ningu√©m d√° empregos a peju pedeus. Quando d√£o, √© em fun√ß√Ķes subalternas. Se uma menina anunciasse em casa que est√° namorando um peju pedeu, seria um esc√Ęndalo. Na escola, √© f√°cil reconhecer a crian√ßa peju pedia, pois √© hostilizada por todos. Pare de falar peb√ī peb√° peg√©ns, pepr√ī pef√™ pessor! Sou contra pe√° pepar petheid, s√≥ isso.

    Responda
    1. Ricardo Knudsen

      Vou postar o link de um vídeo em linguagem de sinais, pra ver se passa. O triste é q é provável q só a Micheque entenda!

    2. João Vergílio

      Se não der certo, vou tentar o código Morse.

    3. Luiz Alberto Brettas

      João, apelar para a "língua do Pê" para escapar do crivo da F é demais, mas funcionou... Kkkkk

  31. Jaciara coelho

    Pensei que fosse ler algo com profundidade, mas é mais do mesmo. Quanto mais tentamos silenciar o que se pensa, mais força é dada para movimentos semelhantes ao antissemitismo. Há mais de uma década vem se pesquisando esses movimentos. Não reconhecer a inaceitável violência do exército de Israel contra civis palestinos, é o que impede de também se denunciar o inaceitável ataque do HAMAS e as práticas de suas lideranças. Chamem à responsabilidades os sionistas bilionários.

    Responda
  32. LUIZ LEAL

    Esse texto foi redigido pela conib ou veio direto de Tel Aviv? Por que n√£o admitem que o aumento do antes emitismo √© motivado pelas atro cidades cometidas por Is a Hell e apoiado por v√°rias institui√ß√Ķes ju daicas (Nem todas).

    Responda
    1. Marina Gutierrez

      Luiz Leal, textos como esse j√° estao preparados aguardando a publica√ß√£o, quanto mais o governo de Isreael for denunciado, artigos como serao publicados por meios de comunica√ß√Ķes desonestos em uma campanha acirrada para defender o indefens√°vel.

  33. Domingos S√°vio Oliveira

    O neonazismo cresce no Brasil ! √Č esse o enfrentamento que precisa ser feito, o resto √© cortina de fuma√ßa. Anti-sionismo n√£o tem nada haver com antisemitismo, afinal √°rabes e judeus s√£o povos semitas.

    Responda
  34. Domingos S√°vio Oliveira

    O neonazismo cresce no Brasil ! √Č esse o enfrentamento que precisa ser feito, o resto √© cortina de fuma√ßa. Anti-sionismo n√£o tem nada haver com antisemitismo, afinal √°rabes e judeus s√£o povos semitas.

    Responda
  35. Franco Oliveira

    ¬ďIsrael desejaria que a Palestina fosse uma democracia. Palestina deseja que Israel desapare√ßa.¬Ē Caro articulista n√£o me parece que seja a Palestina que deseja que Israel desapare√ßa e sim os movimentos extremistas como o Hamas, assim como n√£o √© Israel que deseja que a Palestina seja uma democracia e sim uma parte moderada e humanista de Judeus israelenses. Generaliza√ß√Ķes s√£o muito perigosas.

    Responda
    1. Ricardo Knudsen

      Pois é, o coach supostamente quer reduzir o preconceito, mas faz uma generalização preconceituosa e difamatória contra os palestinos. Suspeito q seja um caso de islamofobia, ou talvez simplesmente tenha a ver com agradar a sua clientela.

  36. omar assaf

    Enquanto lemos esse texto , sem surpresas , forças da ocupação mais moral do mundo intensificam os ataques sobre civis indefesos apesar da decisão da corte internacional de justiça . Milhares de alimentos se deterioram com o bloqueio de ajuda humanitária imposto ,levando todo gueto a indigência. O anti-semitismo ( se assim querem classificar) cresce no mundo todo sim , graças ao ge no cí dio em curso e a décadas de atrocidades e injustiças impostas pela ocup $ contra os nativos.

    Responda
  37. Fatima Marinho

    √ďdio aumenta √≥dio. Infelizmente os descendentes dos perseguidos e mortos pelo √≥dio nazista se revelam genocidas de outro povo. Muita tristeza em ver isso acontecendo.

    Responda
    1. omar assaf

      Seu texto foi removido porque infringe as regras de uso do site.

  38. LUIZ GUILHERME DE OLIVEIRA

    Anti semitismo sim, anti judaísmo não. Simples.

    Responda
    1. omar assaf

      Exatamente, ele quis dizer anti sionismo.

    2. Edson Tanhoffer

      Acho que vc quis dizer anti-sionosm o "sim", antissemitism o "n√£o"