Coment√°rios para:

Esse homem cordial

VER COMENT√ĀRIOS EM Ruy Castro

Comente*

* Apenas para assinantes

coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Nilton Silva

    Sempre existiram aqueles jornais matinais que se fossem torcidos pingavam sangue. Só que agora a notícia é quase em tempo real.

    Responda
  2. Raymundo de Lima Lima

    Tvs dos países da Europa não vi programas sobre crimes. Será censura ou pq eles não tem tantos crimes como no Brasil? Como a onda bolsofrênica e bolsopata os psicosociopatas saíram d armário, para aparecer nas TVs. Odiai uns aos outros é slogan desta gang, e disparam fake news em nome de J. Além d crimes hediondos citados há outros: dos antivacinas, d contra uso de máscara sanitaria, contra democracia, estamos mal.

    Responda
  3. RAULAND BORBA BATISTA

    Ruy, o brasileiro sempre foi violento, meu av√≥ (nascido em 1900), foi visita seu irm√£o , moravam zona rural do agreste PE, encontrou seu sobrinho (meu tio) pendura por uma perna no galho √°rvore (era assim que se matava bode) , perguntou o que voc√™ est√° fazendo a√≠ , foi meu pai e onde est√° ele, ele foi amolar um faca para me sangrar, meu av√ī cortou a corda e meu tio nunca mais apareceu na casa do seu pai, meu tio foi um excelente caminhoneiro , tinha um FORD V8.

    Responda
    1. Flavio Camilo

      Adorei teu relato! Se me permite... √Čs provavelmente um figura√ßo rs, um abra√ßo cordial!

  4. Nerisvaldo José Santos

    Está faltando uma manchete aí: "Ex-presidente causa morte de quase 700 mil pessoas por causa de doença e continua solto".

    Responda
  5. Antonio Augusto Freitas

    Perfeito!!!

    Responda
  6. Marcos Benassi

    Bão, caro Ruy, "cordial" faz referência ao coração, né não? Pois o miocárdio da galera anda repleto de ideias torpes, confusão e rancor. No caso do cabra que queria assaltar o busão de PM, também teve muito, muito azar.

    Responda
  7. Zelis Pereira S Junqueira P F

    Qdo soltaram Lula a turma do Petrolao, Odebrecht e seus comparsas o Brasil ficou desmoralizado. O povo de Atibaia que o diga.

    Responda
  8. Cleomar Ribeiro

    ... os humanos sao portadores vozes internas! ... Vozes internas brutas, rudes, cru√©is e gentis! ... As conversas entre estas vozes internas entrarao em resson√Ęncia com as vozes internas dos humanos de fora ( from the inner to the outer)!... A resson√Ęncia ser√° soberana nas a√ß√Ķes destes humanos!... Sempre foi assim, √© assim e ser√° assim sempre!N√£o h√° como escapar deste sistema din√Ęmico complexo!!!... Sistemas din√§micos complexos Sao dif√≠ceis de explicar mas sempre s√£o f√°ceis de navegar!...

    Responda
  9. Cleomar Ribeiro

    ... para eu responder a questão colocada pelo Sr. R. Castro, pessoal, só lendo minha mente!!!.. read my mind, good friends!!!...

    Responda
  10. Cleomar Ribeiro

    ... vide Cor meum!...

    Responda
    1. Cleomar Ribeiro

      ...'Nosce te ipsum: conhece-te a ti mesmo e conseguir√° responder a tuas perguntas!!!... Renda-se a id√©ia sagrada de que t√ļ √©s bruto-cruel-rude-gentil, igual , como tuas irm√£s e teus irm√£os!...e o que os fantasmas-ABL que habitam os corredores da ABL ( de dia e de noites) t√™m a acrescentar √†s suas perguntas, good friend???...

    2. Cleomar Ribeiro

      ...Vide c um ratione mea!...

    3. Cleomar Ribeiro

      ¬ďCorde intuere, sed etiam ratione.¬Ē

  11. alex schirm

    Seu artigo traz fatos, só o título é fantasioso. Nunca existiu essa cordialidade, pergunte pra qqr mulher como são tratadas na noite, em Barretos os caras laçam mulheres, quer mais?

    Responda
  12. carlos campos

    O bozo trouxe a tona o q de pior há no ser humano, destilando ódio td dia, tripudiando pobres, praticando política economica exclusiva q só contemplava os + ricos, elite, f. lima, agro, fiesp e similares, q se acostumaram c/ as benesses e agora q tem q dividir, mesmo q pouco c/os + carentes, partem pro confronto e exalam ódio, influenciando tais atitudes, mesmo de quem delas não faça parte. Polícias matam sem punição, o exemplo serve de inspiração. Hj somos um país de castas, infelizmente.

    Responda
  13. Pedro Cardoso da Costa

    Pior de tudo é que esses são os casos mais destacados nas mídias. Para saber de nossa cordialidade, bastaria dizer que, desde 1997, mais de 40 mil brasileiros são homicídios todos os anos. O auge ocorreu em 2017 com mais de 65 mil. Além dessas, desde 1979, mais de nove mil mortes violentas por causas não identificadas são registradas por ano.

    Responda
  14. Adauto Lima

    Um povo é reflexo do exemplo de suas lideranças. Os valores no andar de cima são: Farinha pouca, meu pirão primeiro. O que passa para o andar de baixo é que o crime compensa. E essa história de andar de cima e de baixo deve-se à herança da escravidão.

    Responda
  15. bagdassar minassian

    ... é a clara resposta ao Cazuza; ".. Brasil, mostra a sua cara...", taí.

    Responda
  16. Marcelo Innecco

    Era uma vez um a√ß√ļcar branco que todo mundo achava que era met√°fora para homem branco doce. Esse a√ß√ļcar branco era alimenta√ß√£o comum e vinha sendo modificado por anos e anos. Ningu√©m percebia o dano que causava. Era imposs√≠vel de estudar porque todo mundo achava que era imposs√≠vel de ser retirado da mesa porque tinha receitas fant√°sticas. Esse a√ß√ļcar branco n√£o era natural, como √© o de beterraba branca: feito em pa√≠ses onde quem n√£o bebe √°lcool n√£o √© afetado emocionalmente. Acusar √© mais f√°cil?

    Responda
  17. Maria Antonia Di Felippo

    O Brasil regrediu. Hoje não é mais um país civilizado.

    Responda
    1. alex schirm

      E qdo foi?

  18. Rogerio Lima Afonso

    Concordo com Simons Silva...agregue-se as vota√ß√Ķes do Congresso de apoio ao armamento civil e a desfa√ßatez de n√£o punir fake news eleitorais...

    Responda
  19. José Augusto Bernabé

    A soltura do André do Rap e do Lula, réus confessos e a devolução e anulação das multas da Odebrecht institucionalizaram a impunidade liberando o que é de pior na natureza humana por aqui. Só isso.

    Responda
    1. alex schirm

      Barnabé, ( se fingindo) o incalto.

    2. carlos campos

      Quanta falta de noção!!!!

    3. Maria Antonia Di Felippo

      Perdeu mané, vc continua amolando?

    4. Daniel Liaz

      Barna, não precisa veicular fake de que Lula é réu confesso só pq ele rouubou seu coração

  20. Daniel Liaz

    Sendo o Ruy quem é estranho ele não saber que k "homem cordial brasileiro" do Holanda não se refere ao homem cordado, bondoso mas sim ao homem movido pelo coração , pela paixão seja amorosa, seja agressiva

    Responda
  21. SIMONS SILVA

    O bolsonazifascismo trouxe √† tona a desinibi√ß√£o da idiotia, da maldade e da crueldade. Estamos assistindo ao vivo na trag√©dia do RS como o √≥dio e a desfa√ßatez tomam o espa√ßo da empatia e solidariedade, sobretudo nas redes sociais. L√≠deres evang√©licos e at√© mesmo um padre nos √ļltimos dias fazem incita√ß√£o ao √≥dio religioso e regional. A pol√≠tica nunca foi t√£o abjeta como a que √© representada pelo atual congresso, que representa o povo que o elegeu.

    Responda
    1. alex schirm

      O povo e o congresso, me parece com a pergunta de milhão, " Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha". Aos 61 anos sintomas esperanças indo embora com outras coisas inerentes a velhice, sorte de quem não tem filhos pra deixar por aqui.

    2. Fernando José Nicoli

      Perfeita an√°lise deste pobre texto do Ruy.

  22. André Baptista

    Esses crimes sempre existiram, mas antes eles eram publicados apenas no Notícias Populares e outros jornaizinhos; nunca na Folha de São Paulo.

    Responda
    1. Fernando José Nicoli

      Mas a FSP, também não é um jornalzinho?

  23. Javert Lacerda

    Ou, como era aquele quadro do saudoso J√ī Soares: " Brasileiro √© T√ÉO bonzinho..."

    Responda
  24. Tadêu Santos

    Caro R.Castro, fa√ßo duas observa√ß√Ķes oportunas, percebi que Santa Catarina aparece duas vezes nesta sinistra contabilidade de mortos e lembro que crimes bizarros sempre ocorreram, mas depois de 2018 aumentou consideravelmente com a chegada do p√≠fio dep, o cara do idiota gesto da arminha e libera√ß√£o de armas, batendo recordes de vendas. Outra observa√ß√£o √© de que SC foi o estado que mais votou no "ineleg√≠vel" que est√° quase preso com um p√© na cadeia. Que a minha SC √© o estado + nazista do Brasil.

    Responda
  25. Marenildes Pacheco da Silva

    Acho que sempre fomos perversos, s√≥ que antigamente os b√°rbaros tinham um pouco de temor as leis, hoje, sabem que √© uma avacalha√ß√£o, muitos n√£o acreditam mais nas institui√ß√Ķes, talvez por influencia da capacidade da extrema direita induzir a isso, ou por realmente as institui√ß√Ķes terem perdido o rumo. A justi√ßa s√≥ atinge quem tem endere√ßo fixo e liquidez, o resto √© essa cordialidade fac√≠nora.

    Responda
  26. roberto barbosa de castro

    Essas barbaridades n√£o come√ßaram agora. A prova √© que essa cr√īnica (certamente n√£o intencionalmente) √© mera atualiza√ß√£o de outra publicada h√° alguns anos, pelo mesmo autor. Busque em seus arquivos, Rui.

    Responda
  27. Giulliano Roman

    Mas nem parece o autor da biografia de Nelson Rodrigues escrevendo. J√° esqueceu ?

    Responda
  28. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Ah Castro! Quer saber também porque os homens e mulheres estão deixando de ser cordiais? Leia a coluna hoje do Frederico Vasconcelos neste mesmo jornal: "Tribunal gasta R$ 557,1 mil com ginástica e meditação". Cara, não tem cordialidade que resista a uma esculhambação destas. Um "Retiro Espiritual" no Tribunal! Ah! Vou dar um spoiler: Sabe quem vai levar o equilíbrio para o pessoal? O Leandro Karnal e a Monja Colhem (trocadilho precioso). Na verdade é um Carnaval fora de época no Tribunal.

    Responda
  29. VAGNER Fernandes

    Desculpe, já faz tempo que o brasileiro não é cordial.

    Responda
  30. Fabrício Schweitzer

    Quando não se tem Educação de qualidade, a violência ocupa esse espaço, inclusive na política.

    Responda
    1. Maria Antonia Di Felippo

      Perfeito.

  31. NACIB HETTI

    O homem cordial é reflexo das suas lideranças. Veja quem é seu líder.

    Responda
  32. M√°rcia Shimae Tokashima Nishiye

    Cordialidade e fala mansa, tamb√©m, nos empalam. S√£o escolhas da maioria das pessoas do mundo todo. √Č a barb√°rie campeando, a passos largos, a nossa modernosa sociedade, repleta de efemeridades.

    Responda
  33. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    "O que está acontecendo com o brasileiro, que não sai das manchetes por crimes abomináveis?". Este brasileiro não sai da frente do seu smartphone recebendo notícias ruins e fake news de tudo quanto é lado e reproduzindo, ou então está na frente da tv vendo um programa de violência (na hora do almoço, café da tarde/noite). O "homem" ou mulher "cordiais" q você menciona, são apenas o reflexo do q ele vê nas mídias, sejam elas as digitais ou as tradicionais, e empregam muitos(as) jornalistas.

    Responda
  34. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    A viol√™ncia emprega muita gente, assim como a vale emprega muita gente, assim como o petr√≥leo emprega muita gente, a polui√ß√£o emprega muita gente, o capitalismo selvagem emprega muita gente. √Č assim...

    Responda
  35. Rodrigo Castro

    Praticamente todos os comentaristas colocando a barb√°rie de sempre na conta do Bolsonaro, convenientemente escondendo que o n√ļmero de vidas perdidas pela viol√™ncia foi de 60 mil em 2014 (sob Dilma e depois de 12 anos de PT) e caiu pra 47 mil em 2022, no governo anterior. Antes de culpar o mais conveniente, seria bom conferir os fatos...

    Responda
  36. Marcos Araujo

    O Brasil não é para amadores e organizado aqui é o crime. O Estado, quando têm, é bagunçado e arbitrário

    Responda
  37. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Caro Ruy Castro, como j√° escrevi aqui um dia, a grande m√≠dia vive do recorte do pior ampliado e destacado em moldura: cat√°strofes, trag√©dias. Not√≠cias boas n√£o rendem leitura ou acesso. O q vende jornais ou proporciona audi√™ncia (Ibope) s√£o not√≠cias como essas q voc√™ descreveu. Tal procedimento faz parecer q toda a nossa sociedade √© "isso da√≠" (205 milh√Ķes). Mas n√£o √©. A maioria √© gente do bem, disse do bem e n√£o ¬ďde bem¬Ē, se n√£o estar√≠amos perdidos, n√£o √© mesmo? Quem iria ler sua coluna?...

    Responda
    1. RAFAEL VICENTE FERREIRA

      Olá Márcia Alves, obrigado pelo comentário. Mas gostaria de dizer que minha intuição me faz crer que notícias ruins alimentam notícias ruins, e fazem parecer que as coisas são muito piores do que estão, criando um estado social psicótico e maniqueísta que na verdade só produz imobilidade, pessimismo, blindagem ao convívio com o outro(a) (daí a opção cada vez maior pelos pets), solidão e por fim distopia e desesperança. No mais concordo contigo.

    2. Marcia Alves de Pinho

      Oi Rafael, concordo com voc√™, por√©m, precisamos ficarmos atentos para onde estamos indo¬Öas pessoas est√£o preferindo os pets √† conviver com o outro. Sim, √© mais lidar com bichos, do que com o ser humano. A intoler√Ęncia, o fanatismo tem estado bastante presente. Estamos atravessados por uma situa√ß√£o social delicada. Quem nos inspira? Os EUA, o Jap√£o? Ser√° que s√£o estas sociedades que queremos? Como est√° nossa contribui√ß√£o de s√≥cios? Como Freud escreveu:¬Ē O mal estar na civiliza√ß√£o ¬ď tem sido imens

  38. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Not√≠cias de viol√™ncia e assassinatos fazem parecer q todos estamos matando todo dia; Not√≠cias sobre viol√™ncia sexual fazem parecer - a depender dos olhos q olham ou leem, ou mesmo ouvidos q ouvem - q todos os homens s√£o estupradores contumazes, √† exce√ß√£o, claro, do marido, do filho do irm√£o (s√≥ os do meu sangue s√£o todos ¬ďb√£os¬Ē); Not√≠cias sobre Porsches chocando em velocidade assassina, fazem parecer q todos somos alco√≥latras irrespons√°veis ao volante, indiferentes √†s vidas q v√™m do outro lado;

    Responda
  39. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    E se n√£o tiver uma enchente no Rio Grande do Sul para cobrir toda a grade da programa√ß√£o televisiva e do jornalismo durante um m√™s, ou um Brasileir√£o de futebol, os rep√≥rteres, focas, jornalistas, colunistas t√™m de ¬ďfutucar¬Ē, ¬ďcavucar¬Ē a not√≠cia ruim onde ela estiver e agigant√°-la ao m√°ximo para elev√°-la ao limite do dram√°tico. √Č isso, √©, e n√£o podemos esquecer de Datenas ou os ¬ďCorta Pra Mim¬Ē, e s√£o esses desgra√ßados q depois viram candidatos a resolver todo o problema da viol√™ncia.

    Responda
  40. RAFAEL VICENTE FERREIRA

    Precisamos de jornalismo s√©rio, com pesquisas espec√≠ficas sobre onde est√° acontecendo a viol√™ncia e sobre quem est√° cometendo a viol√™ncia, qual a sua influ√™ncia, o que ele(a) ouve no r√°dio, o que ele(a) assiste na tv, se l√™, qual a forma√ß√£o, qual a regi√£o, qual a sua influ√™ncia religiosa, qual a sua renda e por a√≠ vai. S√≥ assim ser√° poss√≠vel combater a viol√™ncia do tal ¬ďhomem ou mulher cordiais¬Ē, n√£o com mais viol√™ncia e sensacionalismo, e sim com muita educa√ß√£o e raz√£o.

    Responda
  41. Paulo Araujo

    Num pa√≠s onde as lei privilegiam cr imi nos os, pq seria diferente? No mais recente epis√≥dio, foi preciso o Congresso para eliminar o veto do presidente √† elimina√ß√£o da saidinha de cr im ino sos. Algu√©m conhece algu√©m que est√° preso pq m a to u algu√©m no tr√Ęnsito? A √ļnica cidade onde motorista respeita faixa de pedestres √© Bras√≠lia. E por a√≠ vai...

    Responda
    1. NACIB HETTI

      √Č isso. Desonestidade j√° n√£o √© mais um tema recorrente para o brasileiro comum.

  42. CLAYTON MARCELO PRADO DE CAMPOS

    O "cordial" √© uma flex√£o do sentido focal do termo "cordis", que significa "cora√ß√£o" e representa, metaforicamente, as paix√Ķes. Sendo assim, o brasileiro n√£o √© "cordial" no sentido de cordialidade, e sim no sentido de passionalidade. Assassina de forma passional. Resta saber se se arrepende, ou se delibera e n√£o se arrepende desses assassinatos.

    Responda
  43. CARLOS ALBERTO CERETTA

    Porque a surpresa Ruy? Em 2018 tivemos um presidente eleito cuja principal e √ļnica imagem era se mostrar segurando um rifle ou pistola. E o pior, foi eleito e seu principal feito foi ter aumentado absurdamente os CACs.

    Responda
    1. Daniel Liaz

      Rodrigo, espero que vc faça essa afirmação de "considerar todo bahndido como vítima da sociedade" por ingenuidade ou falta de conhecimento, pois isso é uma mehntira enorme criada justamente pela turma da arminha. Espero mesmo e que vc não diga isso em sã consciência visando apenas propagar fakes que estimulam o ódio.

    2. Rodrigo Castro

      Trocamos por outro que acha que todo bandido √© v√≠tima da sociedade e que, portanto, n√£o tem alternativa a n√£o ser fazer o que faz... lembrando que s√≥ nos √ļltimos 22 anos, tivemos 15 de governos de esquerda ("coincidentemente" quando batemos recorde de vidas perdidas de forma violenta)

  44. luiz fonseca

    A palavra cordial, tal como empregada por Sérgio Buarque de Holanda, não tinha o significado corrente indicando cordialidade. Significava que o brasileiro agia com o coração=cordis, daí cordial ou seja, com a emoção, e não com a razão, de maneira diferente dos nórdicos, por exemplo. Nesse sentido, os vários horrendos crimes citados na matéria têm sim, a ver com o coração, ou seja, com a emoção, e não se afastam da designação de ser o brasileiro cordial, no sentido dado por Sérgio Buarque.

    Responda
  45. Helio Cardoso

    Mas piorou muito depois da banaliza√ß√£o exaustiva da viol√™ncia hedionda e gratuita propalada pelo ineleg√≠vel. Nunca ante t√≠nhamos ouvido de um presidente essas aberra√ß√Ķes: "o erro da ditadura foi torturar e n√£o matar, te encho a boca de phorrada, n√£o ter estupro porque n√£o merece, sou militar s√≥ sei ma-tar, cancelar cpf, mulher ganha menos porque engravida" E se acha cordial!

    Responda
    1. Rodrigo Castro

      Piorou? Sob Dilma, em 2014, 60 mil vidas perdidas de forma violenta, sob Bozo, 47 mil em 2022. Poderia fundamentar seu comentário que não seja por "vozes da minha cabeça" ou por "antipatia ao opositor do meu político de estimação"?!

    2. Marcelo Ribeiro

      E ainda idólatras sociopatas o chamam de mito e quase o elegeram. Que país é esse?

  46. Paulo Roberto Dufrayer de Oliveira

    Coitado, por quê?

    Responda
  47. neli faria

    O Brasileiro, a cada dia que passa, se torna mais bronco. N√£o respeita o pr√≥ximo. Isao independe de grau escolar ou social. Quer levar vantagem em tudo. Culpa? Dos Oportunistas pol√≠ticos, todos, sem nenhuma exce√ß√£o que conseguiram acabar com o Brasil. Todos! Torram dinheiro p√ļblico em propaganda autopromocional, visando a pr√≥xima elei√ß√£o e n√£o Educam o povo a respeitar o pr√≥ximo. Leia os coment√°rios na Folha e percebe que n√£o respeitam nem a opini√£o diferente. Se n√£o idolatra o meu √© outro.

    Responda
    1. neli faria

      Sr José, leia a Constituição: propagandas de caráter Educativo.

    2. neli faria

      Tem sim, senhor Padilha. Via propagandas. As propagandas servem apenas para enaltecer o Oportunista. O lula, por exemplo. Na ditadura militar mas tinha uma propaganda ensinando o povo a n√£o jogar reciclagens nas ruas, Sujismundo. Educou a minha gera√ß√£o. Agora?O Oportunista faz propaganda para iludira sua boiada. Hoje ele, lula ,est√° no poder h√° quase dezessete anos e nada fez para educar o povo. E o snowflaque n√£o percebe.Dever do Poder P√ļblico, ter propagandas de Car√°ter Educativo!

    3. JOSE PADILHA SIQUEIRA NETO

      Pol√≠ticos n√£o tem a fun√ß√£o de educar o povo mas de representa-lo nas discuss√Ķes e decis√Ķes pol√≠ticas. Nesse sentido n√£o h√° como condena-los, cumprem o seu papel representando o populacho que os elegeu.

  48. Jos√© Rubens Barbosa J√ļnior

    Por favor, gostaria de saber que significa stalker. Procurei no Houaiss e não encontrei. Não sei se a palavra é alemã, polonesa ou sueca. No Brasil falamos português! Lamentável que o imortal utilize termos estrangeiros.

    Responda
    1. Maria Antonia Di Felippo

      O brasileiro n√£o gosta de estudar.

    2. manuel rodrigues

      deixa de ser xato !! Rubinho.

  49. geraldo yamassaka

    Nos dias atuais, é muito melhor se fazer de bobão/trouxa/ covarde ou, qualquer coisa do tipo, para não morrer por um simples vacilo, mesmo que a culpa não seja sua. Não é ser avestruz, é só uma questão de sobrevivência.

    Responda
  50. Alexandre Marcos Pereira

    S√©rgio Buarque de Holanda, em seu cl√°ssico ¬ďRa√≠zes do Brasil¬Ē, usa o termo cordial n√£o no sentido comum de gentileza ou amabilidade, mas no sentido de que as rela√ß√Ķes no Brasil s√£o guiadas pelo cora√ß√£o, pela afetividade e pelas emo√ß√Ķes, em detrimento das normas impessoais e racionais que deveriam reger a vida p√ļblica. O homem cordial √©, portanto, aquele que mistura o p√ļblico e o privado, o que leva a uma s√©rie de comportamentos e valores que podem ser paradoxais. Nada a ver com viol√™ncia.

    Responda
    1. Alexandre Marcos Pereira

      Geraldo, obrigado pelo gentil comentário. Um grande abraço.

    2. JOSE PADILHA SIQUEIRA NETO

      Sim, mas o senso comum sempre considerou o brasileiro muito acolhedor e afetuoso em suas rela√ß√Ķes pessoais, o que pode ser verdade em um certo sentido, mas n√£o corresponde aos sentimentos profundos deste povo ¬ďpacato¬Ē, que √© capaz de gestos de solidariedade mas tamb√©m de grande perversidade.

    3. geraldo yamassaka

      Boa aula Alexandre, obrigado.