Comente*

* Apenas para assinantes

comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Nilton Silva

    E esses caipiras americanos, guardiões da moralidade, são os mesmos que abusam de seus filhos e filhas e fingem que problemas só existem da porta de casa pra fora? Hipocrisia na veia.

    Responda
  2. Devanir A Merengué

    EUA profundo, Brasil profundo existem. Pessoas que são usados e abusados por gente que os desprezam mas "acolhem" suas demandas. Nunca houve inocência nos regimes extremistas, apenas abuso, massacre para o gozo e o privilégio das "elites".

    Responda
    1. Paulo Santos

      Existe abuso e massacre em ambos os lados. O argumento do Pondé é justamente este: um lado quer ser mais puro que o outro. E o seu comentário, Devanir, é de quem realmente não entendeu inteiramente a realidade (e o texto)

  3. E Tavares

    Universo já encerra a questão. O fato de uma pessoa ser o que é não implica condenação. O que se deve pensar é se sua ação (comportamento, costume, o que for) é útil para a humanidade. Se não, acaba a razão para o estímulo, ainda que se deva o respeito. Mas, para ser Universo, muitos seremos pobres. Desigualdade é discurso populista. Não há poder sobre a terra que torne a igualdade um fato, como disse H.B. (séc. XVIII).

    Responda
  4. MARCELO DAWALIBI

    Como de hábito, Pondé começa bem o artigo, com uma ideia correta: os círculos intelectuais da esquerda se desconectaram da classe média, que está empobrecida e se sente abandonada. Mas também como de hábito, Pondé fecha o artigo pessimamente, afirmando que o amor à democracia é uma farsa. Será que o ilustre filosofo está entre os que acham que Democracia é coisa de esquerda?

    Responda
  5. Fernando Alves

    Pondé é um gênio. Ele quer expandir o mito da caverna do Platão e provar que gente de baixíssimo QI mesmo fora da caverna, vê uma parede, volta a se escravizar. Veja essa coluna: a direita é dominada por pastores que pregam abertamente: ou você vota no candidato de extrema direita que é contra minorias, aborto, lgbt+, ou vai pro inferno. Ele vem e fala que é a esquerda que é assim, só esperando os de baixíssimo QI escreverem que a coluna é perfeita, que o Pondé salva a folha, e comprovar a tese.

    Responda
  6. Max Morel

    Reli o artigo e fiquei ainda mais convencido da importância e da profundidade do que ele nos diz. Pondé, repito, é uma luz numa escuridão política e social em que nos chafurdamos. Obrigado Pondé, e espero o próximo artigo que deverá ser tão importante e oportuno quanto este.

    Responda
  7. O Raffa

    Pondé sempre escreve um monte de besteiras, pra tentar justificar o direito das pessoas serem "escrotas" sem serem incomodadas! Dessa vez, não foi diferente! Só mais um artigo de péssima qualidade de um puxa saco da Direita, utilizado para tentar suavizar todo tipo de comportamento estúpido, arrogante, mesquinho e etc! Tenta passar o ar de intelectual mas não consegue, escreve sem conexão de ideias, sem contextualizar nada e possui péssimo raciocínio lógico!

    Responda
  8. elcio matos

    Como sempre o Pondé fazendo condenações à esquerda e relativizando as ideias extremamente radicais da direita. Nessa matéria, onde ele defende os interioranos dos EUA e sua causa conservadora, ele não cita que foram exatamente esses ideais conservadores o vetor da criação da KKK nos EUA. Pois é, ainda acho que se o Pondé tivesse sido um alemão na época da República de Weimar, certamente ele teria abraçado a causa de um certo austríaco de bigodinho esquisito.

    Responda
  9. Enir Antonio Carradore

    Há um problema maior a ser enfrentado: a polarização mundial está mal representada, cada um ao seu modo sequer entende o que apregoa. Tanto é assim que as pautas mudam de lado e sequer há um senso histórico desse fenômeno. O cabo de guerra vai girando e só se estabiliza quando ambos os grupos ficam de costas para o abismo. Não há solução possível. Não vai demorar para se concluir que a paz deve ser evitada, o conflito é a regra; a história já ensinou e desenhou isso.

    Responda
  10. João carlos Gonçalves de souza

    Enfim Pondé encontrou a conexão entre a América profunda e o Brasil profundo. Eles tem o direito a opressão e não podem ser incomodados.

    Responda
  11. Alexandre Oliveira

    Nossa, sou um ser humano melhor depois de ler o profeta da direita moderninha, limpinha que quer transformar o mundo! Faça-me o favor, embuste do pensamento, prefiro a cervejinha progressista ao conhaquinho com charuto de vossa excelência!!!

    Responda
  12. Emerson César Campos

    Rolando Lero, quando eu penso que não conseguirás escrever hipo crisias mais do que costumeiramente já fazes, vens com uma as neira mor! Hipo crita é pouco pra ti. Até Edmund Burke, o maior do conser vadores pare um liberal de 17 anos. Vergonha alheia a FSP continuar publicando esse amontoado de asne iras. Até entendo, FSP perdeu a vergonha faz tempo. E não venhas com essa de que não lês os comentários aqui. Todos sabemos o que fizeste no verão passado.

    Responda
  13. Alexandre Pereira

    Aproveitando, qual é a pauta trabalhista da esquerda mesmo?kkkk

    Responda
  14. Julhiano Cesar Avelar

    O difícil mesmo é aceitar o outro. Até porque nossas teses e ideias, são o novo e o melhor! Essas duas premissas estão no texto e moveram os bolcheviques, os facistas, os nazistas e movem a direita e a esquerda de hoje....

    Responda
  15. Luís Santana

    Eles, da América do Norte profunda ou do Brasil profundo, podem até se sentir ameaçados, enxergando demônios e infernos onde não os há. Mas quem verdadeiramente atua para esmagar seus opostos são eles, por meio de seus pastores do apocalipse e de seus políticos negacionistas. Para essa turma, até um político como o FHC é considerado "comunista".

    Responda
    1. Alexandre Pereira

      Kkkk é, deve se mesmo. Voltou de Marte agora?

  16. Nelson de Paula

    Pelo que entendi deveríamos compreender melhor os apedrejadores.

    Responda
  17. André Luís Alves Silva

    A esquerda é um monolítico, sempre, nos textos desse pedeante; agor pede para que nuancemos a extrema direita. Problematizar o que leva às respostas de esquerda, nunca; problematizar quem tá chocando o ovo da serpente, é válido. Bidu!

    Responda
  18. Ricardo Knudsen

    É ridículo ver Pondé "denunciar" que "O projeto é esmagar quem não concorda comigo". Qta hipocrisia. Logo ele, incapaz de escrever um texto discutindo idéias com civilidade. Sempre trata como estúpidos aqueles q discordam dele. Desprezo e desconstrução do outro não faltam. São inteligentinhos, esquerda nutela ou caviar, feministas azedas, gangue, agremiação teenager, a moçada riquinha dos direitos humanos etc, qdo não parte pro puro xingamento. Todos indignos do brilhante "fisólofo".

    Responda
    1. SILVIA KLEIN DE BARROS

      Não esqueceu, Botto, a "categoria" está citada lá na resposta do Knudsen. Que, aliás, são ótimas. Passo os olhos nas diatribes extrema-destras do Pondé e sempre corro pros comentários dele. Parabéns Ricardo Knudsen.

    2. Ricardo Botto

      Você esqueceu dos inteligentinhos...

  19. Franco Oliveira

    A análise é sensata. Converse com os nossos caipiras, principalmente aqueles que fazem parte da classe média, ou seja, pequenos empresários, comerciantes, profissionais liberais pastores e professores do Brasil profundo. Eles estão simplesmente perdidos com as rápidas mudanças da sociedade que não pertecem (cosmopolita, universitária, corporativa, progressista…). Eles querem conservar o modo de seus antepassados mesmo que entre eles houvesse escravocratas, estupradores, pervertidos, agiotas…

    Responda
    1. Franco Oliveira

      Ricardo entendo seu ponto, mas para fina didáticos a análise do Pondé faz todo sentido. Os conservadores do Brasil Profundo, os radicais de direita do Brasil Cosmopolita e a elite do agronegócio das grandes e médias cidades do interior comungam da mesma saída para necessidades completamente diferentes. As demandas da bancada da Bíblia, da Bala e do Boi são diferentes, mas se agrupam no espectro politico de direita.

    2. Ricardo Knudsen

      Visão bastante fora da realidade. A extrema direita e o conservadorismo estão por toda a parte. Vc se esqueceu q o Bozo e sua pauta de costumes fo ram muito bem votados em gdes cidades e nos estados mais ricos de sul e sudeste? Que acabou por eleger a maior bancada ultraconservadora no Congresso desde a redemocratização?

  20. Robson Ramos

    Compreensível, professor. Mas o que senhor sugere? Voltarmos a atacar gays, lésbicas, maltratar minorias como negros e indígenas? Para satisfazer nossa necessidade, como disse o senhor, de ser como somos? Essas pessoas nunca foram impedidas de viver como vivem e como acham que é correto viver. Ao contrário disso, criaram correntes de pensamento que querem destruir tudo aquilo que acham amoral e que ao contrário do que dizem, nunca foi imposto a elas.

    Responda
    1. Alexandre Pereira

      Suponho que tenha uma proposição. Qual?

  21. José Cardoso

    Fundamental para entender esse tipo de fenômeno nos países ricos é decifrar a charada de porque eles são ricos. Isso não está claro para mim. A maior parte das profissões como médico, dentista, professor, motoristas etc. tem a mesma produtividade lá e aqui. Cargas nos portos e galpões industriais são transportadas por guindastes e pontes rolantes lá como aqui. No entanto é fato que eles são cerca de 4 vezes mais ricos.

    Responda
  22. Max Morel

    Excelente e oportuno. Pondé é uma luz no meio da escuridão política que vivemos. Obrigado por expressar muito do que eu mesmo pensava a respeito dos Estados Unidos e seus rincões.

    Responda
    1. Ricardo Knudsen

      Pondé ë a luz da tocha medieval, passando pano pra autoritários, fanáticos e preconceituosos q massacram inocentes com seus preconceitos. Te sugiro comprar uma lâmpada LED pra ver se a sua escuridão se ilumina melhor.

  23. marcio jose albino

    Sempre um texto excelente.

    Responda
  24. Ricardo Knudsen

    Pondé passando o pano para racistas, homofóbicos, machistas e fanáticos religiosos ou de extrema direita. Qual a novidade? Ele mesmo é um machista misógino. E obviamente defende o tipo de gente q o admira e lhe dá renda. Aqueles q o apoiaram qdo ele afirmou ser falso q a Terra é redonda. Terraplanistas unidos jamais seråo jogados da borda do planeta.

    Responda
    1. Ricardo Knudsen

      Aliás Morel, por uma questão de lógica: é impossível haver alguém q "perde o tempo de todos". É impossível q eu perca o seu tempo, só posso perder o meu e vc o seu. Talvez vc tenha desejado dizer "desperdiça o tempo". Mas tbém não o fiz, pq não te obriguei a ler meu texto, vc leu pq quis. Tente estudar um pouco de lógica pra não passar por esses embataços públicos.

    2. Ricardo Knudsen

      Morel não suporta críticas ao Pondé, q é a luz da sua vida. Pondesista típico, com seus argumentos irracionais. Diz q estou errado, mad não diz pq. Diz q desperdicei o tempo de todos. Quem lê esta seção separou seu tempo para ler o q concorda e o q discorda. Lê quem quer Morel! Vc escoheu "desperdiçar" seu tempo, não culpe os outros.

    3. Max Morel

      Para não variar, o Knudsen erra feio naquilo que expressa. Uma pena, perde o precioso tempo de todos.

    4. Ricardo Knudsen

      Entre a muitas obviedades do artigo está a brilhante descoberta de q fascistóides são seres humanos. Nåo surpreende, pois, q sejam nuançados. Os carrascos nazigermânicos tbém eram muitas vezes considerados bons pais e amigos em suas comunidades. Mas e daí? Seus crimes foram menos hediondos por causa disso? Seus preconceitos ficam mais aceitáveis? Não pra mim.

  25. roberto foz filho

    Mas o ser como sempre foram pode denotar um modus operandi que remonta ao caça as bruxas com fogueira e tudo mais. O texto faz uma análise equilibrada e escancara que a solução para o momento atual é muito difícil.

    Responda
  26. Hercilio Silva

    Está até correto. Só não cita que a fúria tem como causa central a insistência no neoliberalismo que tira a segurança e ameaça o básico da sobrevivência. Não vemos isso porque nossa extrema direita ainda acha chique capitalismo selvagem. Vai ver se a extrema direita europeia tá nessa, ganha voto de esquerda falando contra o neoliberalismo.

    Responda
  27. adenor Dias

    O texto me chamou atenção no ponto que cita os boys, que querem que sejamos o que eles não são. No Brasil, como exemplo, se ver muitos imorais cobrando moralidade dos outros. Acho que os imorais, não gosta da concorrência...

    Responda