Comente*

* Apenas para assinantes

comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. fausto almeida

    e por falar nisso, o ex-ministro da justiça e atual ministro do supremo tribunal federal, enquanto senador da república, apresentou um projeto de lei em que busca acabar com a tal aposentadoria compulsória de magistrado, e, no entanto, ninguém toca nesse assunto. seria bom a mídia cobrar do presidente do congresso nacional para colocar tal projeto na pauta de votação.

    Responda
  2. Pietro Saldanha

    Os intocáveis. Eles sabem disso. Por isso vão ficando impunes e se o cerco apertar... licença de toda sorte ou aposentadoria. Quero crer que os familiares dessas " coisas" sentem vergonha e decepção. Na França, a mãe desses delinquente.s daria uma tapa na cara em público. Seria muito legal!

    Responda
  3. Maria da Graça Pimentel

    Há podridão em todas as esferas... e há gente boa em todas também.. com em todo lugar.. o que tem que ter é justiça em todas as esferas e para isso precisa de gente com coragem para ir atrás...

    Responda
  4. Natália Molina Romano

    E como punição (ou prêmio), se é que virá, uma gorda aposentadoria compulsória. Que vida difícil, em?

    Responda
  5. Renato Almeida

    Acho que não existe no mundo uma casta tão privilegiada quanto o judiciário brasileiro. São intocáveis e corporativistas ao extremo. Precisaríamos de um executivo e legislativo corajosos para mexer nesse vespeiro e impor alguma regra para esse grupo.

    Responda
    1. Maria da Graça Pimentel

      Não generalize... há podridão em todas as esferas... e há gente boa em todas também.. com em todo lugar.. o que tem que ter é justiça em todas as esferas e para isso precisa de gente com coragem para ir atrás...

    2. LORENA PARDELHAS

      A suprema corte dos eua, por exemplo, atualmente é tão, ou quase, ruim quanto esses.

  6. João Ramos de Souza

    Como é possível que um sujeito como esse, misógino, machista; enfim, um desqualificado, que procede na contramão do que deve ser o comportamento público de um magistrado, ainda permaneça exercendo funções de desembargador? Para a sociedade, fica a impressão de que recebe proteção de seus iguais, nas diferentes esferas do Judiciário. Por muito menos, cidadãos comuns são expulsos do serviço públicos e outros são condenados. O CNJ está tardando.

    Responda
  7. antonio mateos

    Raramente há punições, salvo (e mesmo assim nem sempre) por questões de corrupção. Aquele desembargador paulista respondera mais de 50 procedimentos disciplinares e somente foi punido porque seus abusos foram filmados. Acho até que o caso do paranaense é pior: soou como deboche à vítima e ocorreu em um julgamento!

    Responda
  8. ADONAY ANTHONY EVANS

    Achei ótimo o firme posicionamento do TJ PR, de que não coaduna com as falas relativas às mulheres.Jura? Que modernos. Só faltava endossar, né mané. Ambos, Noronha e Espíndola tem perfil de extrema direita. Prá quem abusar do próximo é direito absoluto. Noronha protegeu Flávio Bolsonaro em apurações e emplacou a criação do Tribunal Regional de MG. Poço de dinheiro público, e em fevereiro de 23 retirou a proteção do sustento salarial na execução de dividas. Flores do Pântano.

    Responda
    1. fausto almeida

      calma, muita calma. será que o(a) exequente também não precisa de uma proteção para seu sustento?

  9. Igor Ribeiro Sucupira

    Queria muito entender por que ainda não se fazem avaliações de psicopatia para determinadas funções.

    Responda
  10. SUELI Iossi

    Essa corregedoria não cumpre o seu papel de punir e disciplinar os seus pares, ao contrário , qdo arquiva praticamente todas as denúncias, fortalece ainda mais os juízes criminosos e abusadores de poder que agem tranquilamente, sob o manto protetor da lei.

    Responda
  11. Dalton Matzenbacher Chicon

    Patético. Não se dão ao respeito mínimo.

    Responda
    1. Antonio Carlos Cunha

      Na verdade, esses doutos togados estão trabalhando pela prostituição da justiça no Brasil. Desnecessário, pois a justiça ja se prostitui sozinha.

  12. Cleomar Ribeiro

    ... que Yo Le dicho!!!... Ladrões-honestos no topo da adm pública!!!... Operador de Sistemas de escravidåo!!!....

    Responda
  13. roberto foz filho

    As absolvições fazem parte da imoralidade cotidiana da magistocracia. Parabéns à corregedoria.

    Responda
  14. Cleomar Ribeiro

    Aos Mandis e desmandos os anhangueras-togados seguem voando e pousando livres!!!...cidadãos da relação de compadrio cometem seus crimes e depois correm para debaixo das saias dos togados DA família, da relação de compadrio!!!... Sao inimputáveis!!!...

    Responda
  15. Sam Duart

    Paraná? Juiz com desvio de conduta? Nada surpreendente. Parece que lá essas atitudes são regras e não exceção.

    Responda
  16. Cleomar Ribeiro

    ... as autoridades constituídas do Sul estão operando desibediência civil, desacato, insurreição, ameaça grave iminente ao pacto federativo!... SC, RSe PR apresenta recorrenentes reacoes hostis às autoridades federativas!!!... Falta grave,!... Eu voto pela intervenção Federal no PR. Estes cidadãos do PR estão assanhados demasiado!!!... Choque federativo de realidade nestes cidadãos do PR.

    Responda
  17. silvano duarte

    E aqui, no interior do estado, não menosprezando nossa situação geográfica, mas destacando nossa inferioridade e impotência, nós, simples mortais, é que sentimos essa avalanche de desmandos e descaramento daqueles que deveriam ter a honradez e profissionalismo para nos defender. É uma pena, senhores desembargadores, alçados a tão importantes cargos, prestarem-se a tão baixas atitudes !!!

    Responda
  18. paulo werner

    Três décadas julgando destino alheio. Judiciário paranaense

    Responda
  19. Ana Maria Beghetto Pacheco

    A força bruta da injustiça no poder judiciário do estado do Paraná.

    Responda
  20. José Roberto Pereira

    Creio que em alguns anos iremos olhar com inveja para o sistema de castas da Índia, pois o nosso está ficando cada vez mais cruel e bizzaro.

    Responda